Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23516
Title: Análise da expressão imunoistoquímica de regy e de proteínas envolvidas na regulação da apoptose em carcinomas epidermoides de língua oral
Authors: Brasileiro Júnior, Vilson Lacerda
Keywords: Carcinoma epidermóide oral;Carcinoma epidermóide de língua oral;Apoptose;Ativadores do proteassoma;Proteína supressora de tumor p53
Issue Date: 23-Feb-2017
Citation: BRASILEIRO JÚNIOR, Vilson Lacerda. Análise da expressão imunoistoquímica de regy e de proteínas envolvidas na regulação da apoptose em carcinomas epidermoides de língua oral. 2017. 121f. Tese (Doutorado em Patologia Oral) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O câncer na cavidade oral é uma das lesões malignas mais frequentes na população mundial. Como o processo de desenvolvimento das neoplasias malignas remete a danos que promovem um desequilíbrio na regulação da divisão e morte celular, nos últimos anos, diversos estudos foram realizados com o intuito de verificar a influência desses danos no comportamento global das células e na evolução da doença. Nesse contexto, pesquisas recentes mostraram que alterações na expressão de REGg podem desempenhar um importante papel na progressão tumoral de várias neoplasias malignas, por interferir na regulação da apoptose. Diante disso, o presente trabalho propõe investigar a expressão imunoistoquímica dos marcadores REGg, p53, MDM-2, Bcl-2 e Bax em carcinomas epidermóides de língua (CELs) oral, com a finalidade de promover uma análise comparativa da imunoexpressão destas proteínas com os parâmetros clínico-patológicos de agressividade da lesão, no intuito de identificar se o REGg contribui para a progressão do tumor e se interfere na expressão das proteínas relacionadas a apoptose. Para tanto, foram coletadas informações clínicas de 58 pacientes acometidos por CELs. Em seguida, foi realizada análise histopatológica e imunoistoquímica dos marcadores supracitados, em amostras de material biológico parafinado da lesão. Os resultados mostraram que os tumores sem metástase nodal e de baixo grau histopatológico de malignidade apresentavam percentuais significativamente maiores de REGg (p<0,05). Em adição, o confronto dos padrões de expressão de p53, MDM-2 e Bax com os parâmetros clínico-patológicos avaliados nesse trabalho, não revelou diferenças significativas nos percentuais de imunopositividade desses marcadores. Com relação ao Bcl-2, foi visto que tumores de alto grau de malignidade e com óbitos relacionados a doença apresentavam percentual significativamente menor de positividade dessa proteína (p<0,05). Por fim, o teste de correlação de Spearman demonstrou existir fraca correlação positiva, estatisticamente significativa, entre os percentuais de REGg e das proteínas MDM-2 e Bcl-2. Baseado nesses achados, pode-se concluir que o aumento da expressão de REGg não parece contribuir para a progressão do CEL oral, todavia, pode influenciar na expressão das proteínas relacionadas a regulação da apoptose.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23516
Appears in Collections:PPGPO- Doutorado em Patologia Oral

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
VilsonLacerdaBrasileiroJunior_TESE.pdf4,35 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.