Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23726
Title: A influência do self reality show online na apropriação de práticas de saudabilidade no Instagram
Authors: Othon, Renata Alves de Albuquerque
Keywords: Celebridade;Midiatização;Saúde;Teoria fundamentada;Instagram
Issue Date: 16-Mar-2017
Citation: OTHON, Renata Alves de Albuquerque. A influência do self reality show online na apropriação de práticas de saudabilidade no Instagram. 2017. 152f. Dissertação (Mestrado em Estudos da Mídia) - Centro de Ciências Humanas, Letras E Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Este estudo tem como objetivo discutir o papel do self reality show online - conceito desenvolvido na pesquisa que trata da autoexposição de microcelebridades na internet - na apropriação de práticas de consumo alimentar saudável entre usuários do Instagram. Nesse ponto, analisa-se o papel e o trabalho de influenciadores digitais, um novo modelo de negócio que vem ditando tendências e articulando mentes, a partir da observação da expansão do constructo de saudabilidade, da gastronomização e do estudo das tendências alimentares contemporâneas. Para tanto, adota-se conceitos centrais que fazem a ponte entre sociedade, mídia e saúde: midiatização, à luz dos estudos de Hjarvard (2012), Muniz Sodré (2012), Fausto Neto (2006, 2008) e Verón (2014); sociabilidade em rede, embasada nas pesquisas de Castells (2003, 2010) e Recuero (2009); visibilidade e exibicionismo, sob a ótica de Debord (1964), Rocha e Castro (2009), Rocha (2006), Goffman (2002) e Sibilia (2007, 2008); consumo contemporâneo e tendências da alimentação, baseados em Lipovetsky (2007), Barbosa (2009), Espírito Santo Neto (2009) e Jacob (2013). Metodologicamente, por meio da da Teoria Fundamentada, comentários gerados em publicações relacionadas à alimentação saudável, pertencentes aos perfis @carolbuffara e @mimisfranzoni, são analisados de acordo com o processo de codificação da TF e sistematizados em categorias e memos, intitulados codificação aberta, axial e seletiva. Entrevistas via questionário Google Docs com seguidores dos perfis analisados também são consideradas como suporte para a interpretação dos dados. O estudo teórico e a análise apontam para a transformação da opinião de microcelebridades em critério de legitimidade, fenômeno ancorado pela representatividade e visibilidade presentes nas redes sociais na internet, que as transformam em uma referência e espécie de manual de estilo de vida sintonizado com a saudabilidade e a gastronomização, tendências ainda pautadas pela mídia e pelas indústrias alimentícia e da beleza. Interpreta-se os resultados como reflexos de uma sociedade que tem como forte tendência de comportamento o culto ao corpo e de uma cultura hedonista imaginativa que institucionaliza a busca de sensações, experiências e emoções por intermédio do consumo, sob a ótica do consumo de imagens.
Abstract: This study aims to discuss the role of the online self reality show - a concept developed in the research that deals with the self exposition of microcelebrities on the internet - in the appropriation of healthy food consumption practices among Instagram users. At this point, the part played by digital influencers - a new business model that has been dictating trends and articulating minds - and their work is analyzed, based on the observation of the expansion of the healthyness construct, the gastronomization and the study of contemporary food trends. To do so, core concepts that bridge the gap between society, the media and health are adopted: mediatization, in the light of the studies of Hjarvard (2012), Muniz Sodré (2012), Fausto Neto (2006, 2008) and Verón (2014); networked sociability, based on Castells (2003, 2010) and Recuero (2009); visibility and exhibitionism, from the perspective of Debord (1964), Rocha and Castro (2009), Rocha (2006), Goffman (2002) and Sibilia (2007, 2008); contemporary consumption and food trends, based on Lipovetsky (2007), Barbosa (2009), Espírito Santo Neto (2009) and Jacob (2013). Through the methodology of the Grounded Theory, comments generated in publications related to healthy eating, belonging to the profiles @carolbuffara and @mimisfranzoni, are analyzed according to the decoding process of TF and systematized in categories and memos, called open, axial and selective codification. Interviews applied via Google Docs with followers of the analyzed profiles are also considered as support for the interpretation of the data. The theoretical study and the analysis and interpretation of the data point to the transformation of the microcelebrities’ opinions into a standard of legitimacy, a phenomenon anchored by the representativeness and visibility present in the social networks in the internet, that transform these digital influencers into a reference of lifestyle tuned with the healthiness and gastronomization, trends still based on the media and the food and beauty industries. The results are interpreted as reflections of a society that has as a strong behavioral tendency the cult of the body and of an imaginative hedonistic culture that institutionalizes the search of sensations, experiences and emotions through the consumption, from the point of view of the consumption of images.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23726
Appears in Collections:PPGEM - Mestrado em Estudos da Mídia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RenataAlvesDeAlbuquerqueOthon_DISSERT.pdf4.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.