Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23952
Título: Desenvolvimento de geotêxtil revestido com látex como elemento de proteção em superfícies aquecidas
Autor(es): Souza, Clara Silvestre de
Palavras-chave: Geotêxtil;Fibra de bananeira;Látex;Material sustentável;Isolante térmico
Data do documento: 24-Abr-2017
Citação: SOUZA, Clara Silvestre de. Desenvolvimento de geotêxtil revestido com látex como elemento de proteção em superfícies aquecidas. 2017. 145f. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: A lot is being researched nowadays about renewable sources of energy and sustainable materials that aim to decrease the impact caused on the environment. Materials rejected that once had the trash as destination, currently are seen in another way. This present paper had as purpose the confection of a geotextile using banana tree leaves, in particular, fibers extracted from the stem of the banana tree leaves, which presently, are recognized as one of the strongest cellulosic fibers. As a natural geotextile matrix, latex was used and, subsequently, possible applications for the geotextile were analysed through previous material characterization based on literature. Samples were weaved and coated in latex, and, soon after, a verification and analyses of physical, chemical, mechanical and thermal properties were made. Such properties were obtained throughout tests like: Tensile Strength, Flammability, Analysis Thermogravimetric (TG), Water and Humidity Absorption, Aging by Cycle and by Water, Abrasion, Linear Density, Grammage, Biodegradation, Environmental Degradation and Thermal Conductivity. According to the analysis results, it was possible to conclude that the geotextile can be used as surfaces coating, because beside being high tensile strength, even heated, the goetextile presented a low thermal conductivity (0,214W/mK). That fact means that the material is a thermal insulator. Also, it was conclude that the natural composite acquire the properties such as thermal and mechanical strength from the banana tree fibers combined with the elongation from thermoplastic elastomer latex. Such result did not compromise the hygroscopicity of the fiber. Finally, it could be concluded that the material is sustainable, does not damage the environment and fulfil the coating function, a characteristic expected.
metadata.dc.description.resumo: Muito se pesquisa hoje sobre fontes renováveis de energia e materiais sustentáveis, visando diminuir os impactos causados no ambiente. Rejeitos de materiais que antigamente tinham como destino o lixo, atualmente são vistos de outra forma. O presente trabalho teve por objetivo confeccionar um material geotêxtil utilizando folhas de bananeira, em particular, a fibra extraída do caule da folha de bananeira que é reconhecida atualmente como uma das mais fortes fibras celulósicas. Como matriz desse geotêxtil natural, utilizou-se o látex e, posteriormente, foram analisadas as aplicações para o geotêxtil mediante caracterização do material prévia baseada na literatura. Os corpos de prova foram tecidos e revestidos em látex e em seguida, foi realizada verificação e análise das principais propriedades físico-químicas, mecânicas e térmicas. Tais propriedades foram obtidas através de testes como: Resistência à tração, Flamabilidade, Termogravimetria, Absorção de água e de umidade, Envelhecimento por ciclo e por umidade, Fricção, Densidade Linear, Gramatura, Biodegradação e degradação ambiental e Condutividade Térmica. Com base nos resultados das análises, foi possível concluir que o geotêxtil pode ser utilizado como revestimento para superfícies, pois além de resistente à tração mesmo quando aquecido, o geotêxtil apresentou baixa condutividade térmica (0,241W/mK), fato que o torna isolante térmico. Foi ainda concluído que o compósito natural conseguiu aliar as propriedades de resistência térmica e mecânica da fibra da bananeira com o alongamento do elastômero, látex. Tal resultado não comprometeu a higroscopicidade da fibra. Pôde-se concluir finalmente que o material é sustentável, não agride o meio ambiente e cumpre a função esperada.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23952
Aparece nas coleções:PPGEM - Doutorado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ClaraSilvestreDeSouza_TESE.pdf6,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.