Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24445
Title: Diminuição da expressão dos receptores de melatonina MT1 e MT2 em áreas especificas do sistema nervoso central de roedores submetidos a um tratamento crônico com Reserpina
Authors: Silva, Kayo Diógenes de Azevedo
Keywords: Doença de Parkinson;Receptores de melatonina;NE;VLPO;SN;ZSPV
Issue Date: 31-Jul-2017
Citation: SILVA, Kayo Diógenes de Azevedo. Diminuição da expressão dos receptores de melatonina MT1 e MT2 em áreas especificas do sistema nervoso central de roedores submetidos a um tratamento crônico com Reserpina. 2017. 75f. Dissertação (Mestrado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: Parkinson's disease (PD) is a neurodegenerative disorder that mainly affects males with advancing age. PD is characterized by several motor symptoms such as tremors, bradykinesia, stiffness and postural changes. In addition to these, cognitive symptoms such as attention and memory deficits, dementia and mood changes are also present. It is also possible to notice a marked change in the sleep architecture of patients with PD. The hormone melatonin synthesized mainly by the pineal gland located in the thalamus is considered one of the hormones that induce the sleep phase of the organisms. Its action occurs after binding to specific receptors, MT1 and MT2. In the present study, 15 male Wistar rats (10 months) were divided into two groups called Control (CTR) and Reserpine (RES). These animals were submitted to a chronic protocol of 20 injections of reserpine, in order to create symptoms similar to PD. During the experimental protocol the animals were evaluated by catalepsy test. At the end of the treatment the animals were sacrificed and submitted to an immunohistochemical procedure to identify the MT1 and MT2 receptors in 5 areas of the central nervous system related directly to the sleep cycle and with more evident symptoms of PD, VLPO, SN and ZSPV. Our results showed that during the period of treatment the animals of the reserpine group presented a considerable and progressive motor deficit that were accentuated on days seven, eight, nine and ten of injections. Our immunohistochemical analyzes have shown that there is a significant reduction in the expression of melatonin receptors in the reserpine animals in all evaluated nuclei, however, new studies are necessary to better understand the real reason for this decrease in receptor expression and whether this decrease has a significant effect on Observed in patients with PD.
Portuguese Abstract: A doença de Parkinson (DP) é uma patologia neurodegenerativa que acomete principalmente indivíduos do sexo masculino com o avançar da idade. A DP se caracteriza por diversos sintomas motores como tremores, bradicinesia, rigidez e alterações posturais. Além destes, sintomas cognitivos como déficits de atenção e memória, demência e alterações de humor também estão presentes. É possível perceber marcada mudança na arquitetura do sono de pacientes com DP. O hormônio melatonina sintetizado principalmente pela glândula pineal localizada no Epitálamo é considerado um dos hormônios que induzem a fase de sono dos organismos. Sua ação ocorre após se ligar a receptores específicos, MT1 e MT2. No presente estudo foram utilizados 15 ratos machos de meia idade (10 meses) da espécie Wistar, divididos em dois grupos denominados de Controle (CTR) e Reserpina (RES). Esses animais foram submetidos a um protocolo crônico de 20 injeções de reserpina, com o intuito de criar sintomatologias semelhantes a DP. Durante o protocolo experimental os animais foram avaliados através de teste de catalepsia. Com o fim do tratamento os animais foram sacrificados e submetidos a procedimento imunistoquimico para identificação dos receptores MT1 e MT2 em 5 áreas do sistema nervoso central relacionadas diretamente com o ciclo do sono e com sintomas mais evidentes da DP, sendo elas, NE, NSQ, VLPO, SN e ZSPV. Nossos resultados mostraram que durante o período de tratamento os animais do grupo reserpina apresentaram considerável e progressivo déficits motores que se acentuaram nos dias sete, oito, nove e dez de injeções. Nossas analises imunoistoquímicas mostraram que ocorre significativa redução da expressão de receptores de melatonina nos animais reserpina em todos os núcleos avaliados, entretanto, novos estudos são necessários para uma melhor compreensão do real motivo dessa diminuição de expressão de receptores e se esta diminuição tem efeito significativo nas alterações do sono verificadas nos pacientes com DP.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24445
Appears in Collections:PPGPSICO - Mestrado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KayoDiogenesDeAzevedoSilva_DISSERT.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.