Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24457
Title: Ecologia e história natural de lagartos Gymnophthalmidae em área serrana do semiárido brasileiro
Authors: Ribeiro, Matheus Meira
Keywords: Gymnophthalmidae da caatinga;Ecologia térmica e dieta de Vanzosaura e Anotosaura;Distribuição de lagartos na caatinga
Issue Date: 26-Jun-2015
Citation: RIBEIRO, Matheus Meira. Ecologia e história natural de lagartos Gymnophthalmidae em área serrana do semiárido brasileiro. 2015. 57f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Abstract: The Gymnophtalmidae family is distributed from South Mexico to North Argentina, also occurring in the Caribbean region and in some continental islands of Central and South Americas; currently, 87 species from this family occur in Brazil, 15 of which have a known distribution along the Caatinga. Among the Caatinga species, some have a wide distribution in the different phytophysiognomies, particularly in more rustic environments, Vanzosaura multiscutata for example, while others are known for having a relictual distribution in areas with milder climate, generally in mountain environments where arboreal vegetation is predominant, as is the case for Anotosaura vanzolinia. Considering that during eleven years of studies on the Caatinga herpetofauna stricto sensu on the Northern Hinterland Depression in Rio Grande do Norte, only V. multiscutata was recorded and with the expansion of these works to Mountain areas and/or with arboreal vegetation and milder climate (exception areas or Caatinga lato sensu) in Paraíba and Rio Grande do Norte, A. vanzolinia was recorded, this work aimed to expand and deepen knowledge on the ecology and natural history of these species in order to identify possible factors that may justify their distribution. Two 20 days expeditions were conducted to each Mountain Caatinga area in Rio Grande do Norte, during the months of March and September 2014. Using active search and pitfall traps, 38 specimens of V. multiscutata and 18 of Anotosaura vanzolinia were collected. Considering the difference in samples, space use (habitat and microhabitats), thermal ecology and diet were analyzed for each species. Habitat use was similar, but V. multiscutata was found in environments with exposed grounds. For both species, positive correlations were found between body temperature and substrate and air temperatures, while negative correlations were found between body temperature and relative humidity percentages. Vanzosaura multiscutata and A. vanzolinia showed similarities regarding diet, with both feeding predominantly of insects, with greater importance rates for Hymenoptera/Formicidae (Ix= 29.6 e Ix= 40.1; respectively). Highest prey consumption volumes by V. multiscutata was Blattaria (36.8%) and by A. vanzolinia was Hymenoptera/Formicidae (22.8%). This works results partially confirmed the distribution patterns known for both species, aside from expanding and deepening knowledge on various aspects regarding ecology and natural history of gymnophthalmids lizards in the Brazilian semiarid region.
Portuguese Abstract: A família Gymnophthalmidae está distribuída desde o sul do México ao norte da Argentina, ocorrendo também em regiões do Caribe e algumas ilhas continentais da América Central e do Sul; atualmente, 87 espécies desta família ocorrem no Brasil e 15 destas com distribuição conhecida para a Caatinga. Dentre as espécies da Caatinga, algumas têm ampla distribuição nas diferentes fitofisionomias, especialmente em ambientes mais rústicos, a exemplo de Vanzosaura multiscutata, enquanto outras são reconhecidas como tendo distribuição relictual em áreas de clima mais ameno, geralmente em ambientes serranos com predominância de vegetação arbórea, como é o caso de Anotosaura vanzolinia. Considerando que, durante onze anos de estudos sobre a herpetofauna de área de Caatinga stricto sensu da Depressão Sertaneja setentrional no Rio Grande do Norte, foi registrada apenas V. multiscutata, e que, com ampliação desses trabalhos para áreas Serranas e/ou com vegetação arbórea e clima mais ameno (áreas de exceção ou Caatinga lato sensu) da Paraíba e Rio Grande do Norte, registraram-se também A. vanzolinia, este trabalho buscou ampliar e aprofundar o conhecimento sobre a ecologia e história natural destas espécies para identificar possíveis fatores que justifiquem suas distribuições. Foram realizadas duas expedições, com duração de vinte dias cada, à área Serrana de Caatinga no Rio Grande do Norte, nos meses de março e setembro de 2014. Utilizando busca ativa e armadilhas de interceptação e queda, foram coletados 38 espécimes de V. multiscutata e 18 de Anotosaura vanzolinia. Devido à diferença nas amostras, foram analisados o uso do espaço (habitat e microhábitats), ecologia térmica e dieta para cada espécie. A utilização do habitat foi similar, mas V. multiscutata foi encontrada em ambientes com solo exposto. Para ambas as espécies constataram-se correlações positivas entre as temperaturas corporais e as do substrato e do ar, enquanto correlações negativas entre as temperaturas corporais e as porcentagens de umidade relativa. Vanzosaura multiscutata e A. vanzolinia demonstraram similaridade quanto à dieta, com ambas se alimentando predominantemente de insetos, com maiores índices de importância para Hymenoptera/Formicidae (Ix= 29,6 e Ix= 40,1; respectivamente). Os maiores volumes das presas consumidas por V. multiscutata foi Blattaria (36,8%) e por A. vanzolinia foi Hymenoptera/Formicidae (22,8%). Os resultados deste trabalho justificam parcialmente os padrões de distribuição conhecidos para estas espécies, além de ampliar e aprofundar o conhecimento sobre vários aspectos da ecologia e história natural de lagartos gimnoftalmídeos no semiárido brasileiro.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24457
Appears in Collections:PPGCB - Mestrado em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EcologiaHistóriaNatural_Ribeiro_2015.pdf2,21 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.