Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24468
Título: Thérèse, êxtase de um corpo ofertado: travessia mitodológica de uma artista de f(r)icção
Autor(es): Silva, Karla Lidiane Costa Martins
Palavras-chave: Santa Teresinha;Mito;Rito;Performance;Mitodologia em arte;Artetnografia;Artista de f(r)icção
Data do documento: 22-Fev-2017
Citação: SILVA, Karla Lidiane Costa Martins. Thérèse, êxtase de um corpo ofertado: travessia mitodológica de uma artista de f(r)icção. 2017. 194f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: This dissertation, entitled Thérèse, ecstasy of an offered body: the mythodological journey of a f(r)iction artist, travels over the grounds of art and holiness, discussed here by means of a practical/theoretical research embraced by the artist-researcher Karla Martins about her guide-myth: Saint Therese of the Child Jesus. The French saint, also known as the Holy Face, manifests itself in this investigation through the scope of the artist-researcher’s personal mythology and unveils herself through a performative experience. In order to carry such experience on, the research was based on the Mythodology in Art and the Artethnography, practices/concepts upheld by Prof. Ph.D. Luciana Lyra (UERJ), which, in turn, are connected to the fields of Anthropology of Experience (Anthropology of Performance), led by anthropologist Victor Turner, and Anthropology of the Imaginary, led by sociologist Gilbert Durand, which by their turn involve rites of passage, image, myth and ritual. The application of these mythodological procedures cause the most intimate of the artist-researcher’s pulsions to erupt and pervade her writing, as well as the creation of the performance Thérèse itself.
metadata.dc.description.resumo: A presente dissertação, intitulada Thérèse, êxtase de um corpo ofertado: travessia mitodológica de uma artista de f(r)icção, trafegou sobre os solos da arte e do sagrado, aqui abordados por meio de uma pesquisa prática/teórica encampada pela artista-pesquisadora Karla Martins acerca do seu mito-guia: Santa Teresinha do Menino Jesus. A santa francesa, também conhecida como da Sagrada Face, manifestou-se nesta investigação a partir do campo da mitologia pessoal da artista-pesquisadora e foi desvelada por uma experiência performática. Para a construção desta experiência, lançou-se mão da Mitodologia em Arte e da Artetnografia, práticas/conceitos capitaneados pela Prof. Ph.D. Luciana Lyra (UERJ / UFRN), que, por sua vez, estão ligados aos campos da Antropologia da Experiência (Antropologia da Performance), do antropólogo Victor Turner, e da Antropologia do Imaginário, do sociólogo Gilbert Durand, que em si transitam acerca de ritos de passagem, da imagem, do mito e do ritual. A partir da aplicação dos procedimentos mitodológicos, viu-se eclodir as pulsões mais íntimas da artista-pesquisadora, que perpassaram a escrita e a criação da performance Thérèse.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24468
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KarlaLidianeCostaMartinsSilva_DISSERT.pdf14,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.