Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24634
Title: Conhecimento de preceptores da residência multiprofissional em saúde sobre metodologias de ensino
Other Titles: Knowledge of preceptors of multiprofessional residency on health about teaching methodologies
Authors: Sousa, Núbia Maria Lima de
Keywords: Preceptoria;Capacitação em serviço;Aprendizagem
Issue Date: 23-Nov-2017
Citation: SOUSA, Núbia Maria Lima de. Conhecimento de preceptores da residência multiprofissional em saúde sobre metodologias de ensino. 2017. 66f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A preceptoria em saúde, em hospitais universitários, tornou-se uma prática pedagógica e muitos profissionais do serviço foram inseridos como preceptores, porém a maioria deles não teve formação em educação. Esse fato pode levá-los a encontrar dificuldades em adotar estratégias de ensino-aprendizagem que aproximem o conhecimento científico à realidade prática na formação de profissionais da área da saúde. O presente estudo objetivou analisar o conhecimento das metodologias de ensino pelos preceptores no processo ensino/aprendizagem de residentes multiprofissionais em saúde. Trata-se de um estudo transversal, descritivo, com abordagem qualitativa, composto por 50 preceptores, que atuavam há mais de um ano na residência multiprofissional em saúde de um hospital-escola. A coleta de dados foi realizada de setembro a dezembro de 2016, por meio de um roteiro semiestruturado para caracterização dos sujeitos do estudo e com a aplicação da técnica de associação livre de palavras. Os dados foram analisados pelo software Ensemble de Programmes Permettant L’Analyse des Evocations (EVOC), versão 2000, e discutidos com base no referencial teórico da Teoria do Núcleo Central. Teve aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, sob o nº 1.663.421/16. Os dados foram divididos em três unidades temáticas: conhecimento dos preceptores sobre estratégias de ensino, sobre metodologia tradicional e metodologias ativas e suas respectivas categorias: elementos conceituais; uso teórico prático, aprofundamento do conteúdo e aplicabilidade. Foram considerados como elementos do núcleo central as palavras que tiveram menor ordem media de evocação (MOE), com parâmetro de 2,0, 2,3 e 2,5 e maior frequência(F) com parâmetro de 10. Na unidade temática referente à estratégia de ensino destacaram-se as palavras “método de ensino” (OME, 1,4- F29). “dinâmica” (OME 1,6 - F 13) e “aulas” (OME 2,0 - F17). A metodologia tradicional foi representada por “ensino arcaico” (OME 1,7 – F 45) e “centrado no professor” (OME 1,8 F 22). Para as metodologias ativas destacaram-se “proatividade” (OME 1,7 – F 23), “construtivismo” (OME1, 9 F 61) e “Feedback “(OME 2,1 F10). O estudo apontou que os preceptores compreendem as estratégias de ensino com métodos que favorecem o ensino aprendizado, evidenciando-se o conhecimento sobre as metodologias tradicionais como “ensino arcaico” e “metodologia conteudista”, e as metodologias ativas como “proatividade”, “construtivismo” e “feedback”, embora a maioria aponte a não utilização desta no ensino da residência multiprofissional em saúde. Por fim, acredita-se que para a formação de profissionais na área da saúde deve haver um caráter interdisciplinar, com uso de metodologias ativas que despertem no aluno o seu potencial crítico-reflexivo, tornando-o agente transformador no processo de cuidar dos sujeitos nos diferentes cenários de atuação profissional proposto pelo Sistema Único de Saúde. Como produto desse estudo, foi criada uma proposta para capacitação dos preceptores da residência multiprofissional de saúde, campo do estudo, em metodologias ativas de ensino.
Abstract: Preceptory in health in university hospitals has become a pedagogical practice and many service professionals were inserted as preceptors, but most of them did not have education training. Finding difficulties in adopting teaching-learning strategies that bring scientific knowledge closer to practical reality in the training of health professionals. This study aims to analyze the knowledge of teaching methodologies by preceptors (teachers) in the teaching/learning process of multiprofessional residents in health. It is a descriptive, cross-sectional study with a qualitative approach, composed with 50 preceptors who had been working for more than one year in the multiprofessional health residency of a school hospital. Data collection was carried out from September to December 2016, through a semistructured script to characterize the subjects of study and with the application of the word-free association technique. Data were analyzed by the Ensemble software of Permettant L'Analyse des Evocations (EVOC), version 2000, and discussed based on the theoretical framework of the Core Nucleus Theory. It was approved by the Research Ethics Committee under no. 1.663.421 / 16. Data were divided into three thematic units: knowledge of preceptors about teaching strategies, about traditional methodology and active methodologies and their respective categories: conceptual elements; practical theoretical use, deepening of content and applicability. The items with the lowest mean order of evocation (MOE), with a parameter by 2.0, 2.3 and 2.5 and higher frequency (F) with a parameter by 10, were considered with elements of the central nucleus. In the thematic unit referring to teaching strategy, the words stood out the words, such as "teaching method" (MOE, 1,4- F29). "Dynamic" (MOE 1.6 - F 13) and "lessons" (MOE 2.0 - F17). The traditional methodology was represented by "archaic teaching" (MOE 1.7 - F 45) and "teacher-centered" (MOE 1.8 F 22). For the active methodologies "proactivity" (MOE 1,7 - F 23), "constructivism" (MOE1, 9 F 61) and "feedback" (MOE 2.1 F10) stood out. The study pointed out that preceptors have understood the teaching strategies with methods that have favored learning teaching. Moreover, it has evidenced the knowledge about traditional methodologies, such as "archaic teaching" and "content methodology" and active methodologies, such as "proactivity", "constructivism" and "feedback", although most points out the non-use of this in the teaching of multiprofessional residency in health. Finally, it is believed that for the training of professionals in the area of health, there must be an interdisciplinary character, using active methodologies that awaken in the student his/her reflexive-critical potential, making him/her a transforming agent in the process of caring for the subjects in the different scenarios of professional activity proposed by Unified Health System. As a product of this study, a proposal was created to train the preceptors of the multiprofessional health residency, field of study, in active teaching methodologies.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24634
Appears in Collections:MPEENSA - Mestrado Profissional em Ensino na Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NubiaMariaLimaDeSousa_DISSERT.pdf1,72 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.