Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24758
Title: O efeito de jogos realizados em um calendário congestionado na carga interna e na IgA salivar em jovens futebolistas
Other Titles: The effect of matches carried out in a congested fixture schedule in the internal load and salivar IgA in young soccer players
Authors: Oliveira, Romerito Sóstenes Canuto de
Keywords: Imunoglobulina A;Educação física e treinamento;Carga interna
Issue Date: 3-Aug-2017
Citation: OLIVEIRA, Romerito Sóstenes Canuto de. O efeito de jogos realizados em um calendário congestionado na carga interna e na IgA salivar em jovens futebolistas. 2017. 55f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: O objetivo desse estudo foi de investigar o efeito de jogos competitivos em um calendário congestionado sobre a imunidade da mucosa em jovens jogadores de futebol. Para o desenvolvimento desta pesquisa foi realizado um estudo observacional, de caráter descritivo, transversal, com uma abordagem quantitativa. Participaram dessa pesquisa doze jovens jogadores de futebol de campo do sexo masculino, pertencentes a uma mesma equipe (idade: 16,6±0,51 anos; estatura: 175±8cm; massa corporal: 65±7,9kg), da categoria sub 17, que jogaram quatro jogos competitivos (J1, J2, J3 e J4) com 24 horas de intervalos entre os jogos. Para quantificação da imunoglobulina A salivar (S-IgA), esse foi expresso como concentração absoluta de IgA (s-IgAabs), taxa de secreção de IgA (s-IgAtaxa) e fluxo salivar (FS). Para a carga interna competitiva, a mesma foi determinada pela Percepção Subjetiva de Esforço da sessão (PSE). O tempo de jogo de cada atleta participante durante os quatro jogos foi registado para determinar a carga interna competitiva pela PSE da sessão, assim como a monotonia e o esforço competitivo. Os dados estão apresentados em de média e desvio padrão. Verificou-se a normalidade das variáveis dependentes com o teste de Shapiro Wilk (p > 0,05). Utilizou-se o teste t de Student para análise do IgA salivar e taxa de fluxo salivar no primeiro e no quinto jogo da competição. ANOVA de medidas repetidas comparou a PSE da sessão e a carga interna ao longo dos jogos, o post hoc de Bonferroni foi utilizado para identificar as diferenças entre as medidas. O “d” de Cohen foi utilizado para estimar a magnitudes das diferenças (tamanho do efeito - TE) entre todas as comparações. Foi utilizado o coeficiente de correlação de Spearman para analisar a correlação entre o índice de monotonia e o esforço competitivo com o SIgA absoluto. Os valores de PSE da sessão não foram diferentes ao longo dos jogos F(4,33) = 1,680, p < 0,1902, η²: 0,72. Os valores de carga interna diferiram ao longo da competição F(4,33) = 6,299, p = 0,001, η²:0,66. Sendo observado diferenças nos jogos 2 e 4 em comparação com o 3 (p<0,05). As concentrações de IgA salivar absolutos e relativos diminuíram após a competição quando comparado com o momento pré competição (IgA absoluto t (11) = 2,744 p = 0,01 e IgA relativo (t (11) = 2,744, p = 0,04). Diferentemente, a taxa de fluxo salivar pré jogos foi semelhante ao momento pós t (11) = 0,1010, p = 0,921). A associação entre os valores do delta de variação do IgA salivar absoluto com a monotonia da competição, verificou-se que houve uma alta correlação significante com um (r = 0,62: p=0,031). Além disso foi encontrada uma correlação quase significante entre o esforço competitivo e o delta de variação do IgA absoluto (r = 0,57: p=0,051). Os dados demonstraram que jogos competitivos em um calendário congestionado diminuíram a imunidade da mucosa em respostas ao aumento da carga interna percebida.
Abstract: The purpose of this study was to investigate the effect of competitive games on a congested schedules on mucosal immunity in young soccer players. For the development of this research, an observational, descriptive, cross-sectional study was conducted with a quantitative approach. Twelve young male soccer players from the same team (age: 16.6 ± 0.51 years, height: 175 ± 8cm, body mass: 65 ± 7.9kg), from the sub category 17, who played four competitive games (J1, J2, J3 and J4) with 24-hour breaks between games. For quantification of salivary immunoglobulin A (S-IgA), this was expressed as absolute concentration of IgA (s-IgAabs), IgA secretion rate (s-IgAtaxa) and salivary flow (FS). For the competitive internal load, it was determined by the Subjective Effort Perception of the session (PSE). The playing time of each participating athlete during the four games was recorded to determine the competitive internal load by the PSE of the session, as well as the monotony and the competitive effort. Data are presented as mean and standard deviation. Normality of the dependent variables was verified with the Shapiro Wilk test (p> 0.05). Student's t-test was used to analyze salivary IgA and salivary flow rate in the first and fifth games of the competition. Repeated measures ANOVA compared the session PSE and the internal load throughout the games, the Bonferroni post hoc was used to identify the differences between the measures. Cohen's "d" was used to estimate magnitudes of differences (effect size - TE) among all comparisons. The Spearman correlation coefficient was used to analyze the correlation between the monotony index and the competitive effort with the absolute SIgA. The PSE values of the session were not different throughout the games F (4,33) = 1,680, p <0,1902, η²: 0,72. The internal load values differed throughout the competition F (4,33) = 6.299, p = 0.001, η²: 0.66. Differences were observed in games 2 and 4 compared to 3 (p <0.05). Absolute and relative salivary IgA concentrations decreased after competition when compared to the pre-competition time (absolute IgA t (11) = 2.744 p = 0.01 and relative IgA (t (11) = 2.744, p = 0.04) The salivary flow rate pre-set was similar to the post-t (11) = 0.1010, p = 0.921). The association between the values of the absolute salivary IgA variation delta and the monotony of the competition showed that there was a significant high correlation with one (r = 0.62: p = 0.031). In addition, a quasi-significant correlation was found between the competitive effort and the absolute IgA variation delta (r = 0.57: p = 0.051). The data demonstrated that competitive games in a congested schedules decreased mucosal immunity in response to increased internal perceived load.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24758
Appears in Collections:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RomeritoSostenesCanutoDeOliveira_DISSERT.pdf837.24 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.