Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24874
Title: "Mamães ativas": etnografia de um grupo mulheres, da gestação à maternidade
Authors: Segata, Juliara Borges
Keywords: Gravidez;Maternidade;Grupos urbanos;Novas tecnologias digitais
Issue Date: 22-Nov-2017
Citation: SEGATA, Juliara Borges. "Mamães ativas": etnografia de um grupo mulheres, da gestação à maternidade. 2017. 125f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: This is an ethnography about a “group of pregnant”. It has as an analytical clipping the study of the urban middle strata, in the particular context of the city of Natal/RN. From a empirical fieldwork realized between April 2015 and April 2016, I describe the daily life of a group of women, as from of pregnancy to motherhood. My insertion in the field during the pregnancy, the use of WhatsApp messenger, consumption, suffering, subjectivity, woman, mothering, gender and the feminist critique are issues that constitute what present throughout the work. From them, what I try to show is that ethnographic research allows us to perceive important nuances, contradictions and transformations, such as those that constitute debates about ideal and real motherhood, childbirth policies, professional careers and maternity, pain and the joy, are part of negotiable ambivalences and that gain particular senses context researched.
Portuguese Abstract: Esta é uma etnografia de um “grupo de gestantes”. Ela tem como recorte analítico o estudo das camadas médias urbanas no contexto particular da cidade de Natal/RN. A partir de uma pesquisa de campo realizada entre abril de 2015 e abril de 2016, eu descrevo o cotidiano de um grupo de mulheres, desde a gestação até a maternidade. A minha inserção em campo durante a gravidez, o uso do aplicativo de mensagens WhatsApp, consumo, sofrimento, subjetividade, mulher, maternidade, gênero e a crítica feminista são temas que constituem o que apresento ao longo do trabalho. A partir deles, o que procuro mostrar é que a pesquisa etnográfica permite perceber importantes nuances, contradições e transformações, como aquelas que configuram debates em torno da maternidade ideal e real, as políticas de parto, a carreira profissional e a maternidade, a dor e a alegria, são parte de ambivalências negociáveis e que ganham sentidos bem particulares no contexto pesquisado.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24874
Appears in Collections:PPGAS - Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MamaesAtivasEtnografia_Segata_2017.pdf10,1 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.