Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25068
Título: Agenciamentos polono-brasileiros em movimento: descrições sociotécnicas de polonidades em ação
Autor(es): Sousa, Joab Monteiro de
Palavras-chave: Descendentes de poloneses;Polonidades;Etnicidades;Teoria ator-rede
Data do documento: 17-Nov-2017
Citação: SOUSA, Joab Monteiro de. Agenciamentos polono-brasileiros em movimento: descrições sociotécnicas de polonidades em ação. 2017. 295f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: The topic of integrative processes of grouping and ethnic assemblages carried out by descendants of immigrants that have settled in Brazil has been an gaining visibility within the social sciences in Brazil. The objective of this thesis was to trace a network of relationships (of ethnic, political, religious or scientific nature, etc.) among Poles, their descendants (Polish-Brazilians) – and so many other human and non-human actors – who have demonstrated repertories of Polish ethnic mobilization in action (polities) through multiple socio-technical networks. In terms of methodology, I opted to use a qualitative approach that correlates ethnographic perspective techniques to ANT (Bruno Latour’s Actor-Network Theory) and to studies on ethnicity. The research process counted on building socio-technical descriptions and made visible – in effect a diverse network of negotiations and recognized ethnic activities – at the interface of diverse environments such as strategic actions from heterogeneous actors, who are also mediators of polities, that promote ethnic processes in the midst of a multifaceted and plural composition of collectivities in Brazil.
metadata.dc.description.resumo: Processos constitutivos de agrupamentos e agenciamentos de cunho étnico empreendidos por descendentes de imigrantes ambientados em solo brasileiro têm sido tema corrente no âmbito das ciências humanas desenvolvidas no Brasil. O objetivo desta tese consiste no rastreamento de uma rede de relações (associadamente de ordem étnica, política, religiosa, científica etc.) entre poloneses, seus descendentes (polono-brasileiros) – e tantos outros actantes humanos e não humanos – que têm apresentado repertórios de mobilização étnica polonesa em ação (polonidades) através de múltiplas redes sociotécnicas. Em termos metodológicos, optou-se por uma abordagem qualitativa que correlaciona técnicas pertinentes à perspectiva etnográfica aos pressupostos teóricos da TAR (teoria ator-rede de Bruno Latour) e estudos da etnicidade. A trajetória da pesquisa proporcionou a confecção de descrições sociotécnicas e visibilizou - como efeito de uma rede diversificada de negociações e atuações reconhecidamente étnicas - a interface de ambientações diversas como ações estratégicas de heterogêneos actantes, igualmente mediadores de polonidades, que promovem processos de etnicidade em meio à composição multifacetada e plural de coletividades no Brasil.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25068
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
JoabMonteiroDeSousa_TESE.pdf5,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.