Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25234
Título: Atividade imunomoduladora de diferentes extratos obtidos da espécie Plukenetia volubilis Linneo (Euphorbiaceae stricto sensu)
Título(s) alternativo(s): Immunomodulatory activity of different extracts obtained from the species Plukenetia volubilis Linneo (Euphorbiaceae stricto sensu)
Autor(es): Nascimento, Ana Karina de Lima
Palavras-chave: Resposta inflamatória;Citocinas;Óxido nítrico;Células RAW;Ensaios in vivo;qRT-PCR;Amendoim inca
Data do documento: 21-Dez-2017
Referência: NASCIMENTO, Ana Karina de Lima. Atividade imunomoduladora de diferentes extratos obtidos da espécie Plukenetia volubilis Linneo (Euphorbiaceae stricto sensu). 2017. 99f. Tese (Doutorado em Bioquímica) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: Inflammation is a response from the organism to aggression and injuries. This process may be finely regulated to prevent the emergence of diseases. Due to the importance of this field, the research of potential plants with immunomodulators activities has receiving an important role. Considering this aspect, in this work it was analyzed the effect of different plant extracts from Plukenetia volubilis L. (Euphorbiaceae stricto sensu ss) for the immunomodulatory activity. In vitro tests were performed using RAW 264.7 macrophages and in vivo tests using BALB/C mice. The results of the present work has shown that the extracts of P. volubilis stimulated the activity of MTT reduction by the mitochondrial dehydrogenases of the macrophages and that there was no cytotoxicity at the concentrations used (100, 250 and 500 μg / mL). Macrophages stimulated with LPS and treated with the different extracts presented a significant reduction in the production of nitric oxide (NO), in comparison with a control group. The percentages of NO production for methanolic (ME), aqueous (AE), hexane (HE), ethanolic (EE) and chloroform (CE) extracts were 56%, 64%, 64.1, 65% and 72% , respectively. Regarding to the cytokine dosage and the quantification of the relative expression of their genes, there has been verified a reduction of the synthesis and expression, exception for TNF-α which presented relative expression above the control after treatment with extracts HE, CE and AE. This extracts probably act by inhibiting COX-2 and iNOS via inhibition of the NfΚB transcription factor, whereas TNF-α mechanism of action is supposed to happen by another independent pathway. AE and EE extracts inhibited the migration of leukocytes to the peritoneal cavity of mice induced to peritonitis, in the in vivo assay. Therefore, the conclusion is that the compounds present in leaf extracts of P. volubilis are promising agents in the development of new alternative forms for the treatment of inflammatory diseases, since they act modulating the inflammatory response by the synthesis of cytokines.
Resumo: A inflamação é um mecanismo de resposta do hospedeiro contra agressões e injúrias e que deve ser finamente regulada para evitar o desequilíbrio homeostático do organismo, prevenindo também o surgimento de doenças. Em virtude da ocorrência de efeitos adversos associados aos imunomoduladores sintéticos, tais como problemas cardiovasculares e gastrointestinais, a busca por imunomoduladores de fontes naturais, especificamente de origem vegetal, tem se tornado uma boa alternativa no desenvolvimento de novos agentes terapêuticos. Dentro desse contexto, a espécie Plukenetia volubilis L., pertencente à família Euphorbiaceae stricto sensu (ss), se enquadra como uma representante do reino vegetal de alto valor biológico. Há ocorrência de relatos etnobotânicos de sua utilização no tratamento de lesões de pele, sendo necessária uma comprovação científica destes dados. Deste modo, o objetivo do presente trabalho foi avaliar a atividade imunomoduladora in vitro e in vivo de extratos de folhas da espécie Plukenetia volubilis Linneo. Para isto, foram realizados testes in vitro utilizando macrófagos da linhagem RAW 264.7 e in vivo utilizando camundongos BALB/C. Os resultados do presente trabalho mostram que os extratos de P. volubilis estimularam a atividade de redução do composto MTT pelas desidrogenases mitocondriais dos macrófagos com ausência de citotoxicidade nas concentrações utilizadas (100, 250 e 500 μg/mL). Macrófagos estimulados com LPS e tratados com os diferentes extratos apresentaram redução significativa na produção de óxido nítrico (NO), em comparação com o controle. As porcentagens de produção de NO para os extratos metanólico (EM), aquoso (EA), hexânico (EH), etanólico (EE) e clorofórmico (EC) foram de 56%, 64%, 64,1%, 65% e 72%, respectivamente. Com relação à dosagem de citocinas e à quantificação da expressão relativa de seus genes, verificou-se que para a maioria houve uma redução da expressão, com exceção de TNF-α que apresentou expressão relativa acima do controle após tratamento com os extratos EH, EC e EA. Os extratos EH, EC e EA, provavelmente, agem inibindo COX-2 e iNOS via inibição do fator de transcrição NfΚB, enquanto que para TNF-α seu mecanismo de ação supostamente ocorre por outra via independente. No ensaio in vivo os extratos EA e EE inibiram a migração de leucócitos para cavidade peritoneal de camundongos induzidos a peritonite. Desta forma, conclui-se que os compostos presentes nos extratos de folhas de P. volubilis são agentes promissores no desenvolvimento de novas formas alternativas para o tratamento de doenças inflamatórias, uma vez que agem modulando a resposta inflamatória por meio da modulação na síntese das citocinas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25234
Aparece nas coleções:PPGB - Doutorado em Bioquímica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AtividadeImunomoduladoraDiferentes_Nascimento_2017.pdf3,01 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.