Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25311
Title: Identificação das cargas de trabalho de enfermeiras na Estratégia Saúde da Família
Other Titles: Identification of the nurses´ workload in the family health strategy
Authors: Ferreira, Danielle Rezende
Keywords: Enfermagem;Cargas de trabalho;Estratégia Saúde da Família
Issue Date: 22-Feb-2017
Citation: FERREIRA, Danielle Rezende. Identificação das cargas de trabalho de enfermeiras na Estratégia Saúde da Família. 2017. 104f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: A carga de trabalho está inserida no contexto laboral e no processo de trabalho, que interagem entre si e com o corpo do trabalhador, o que pode causar mudanças no seu estado biopsíquico e, consequente, desgaste físico e psíquico. O presente estudo objetivou identificar as cargas de trabalho de enfermeiros(as) que atuam na Estratégia Saúde da Família em um município de do Nordeste Brasileiro. A pesquisa é vinculada a um projeto maior intitulado “Inovação tecnológica não material em saúde: cargas de trabalho e satisfação”, do grupo de pesquisa Praxis – Núcleo de estudos sobre trabalho, cidadania, saúde e enfermagem, do Programa de Pósgraduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina. Trata-se de um estudo exploratório, descritivo, de abordagem qualitativa do tipo pesquisa de campo, orientada pelas teorias do Materialismo Histórico-Dialético e das cargas de trabalho. A amostra foi composta por 14 enfermeiras da Estratégia Saúde da Família (ESF), distribuídas nos cinco distritos sanitários do município de Natal (Norte I, Norte II, Sul, Leste e Oeste). A coleta de dados se deu por meio de entrevistas semiestruturadas destinadas a cada enfermeiro atuante na ESF. A análise dos dados foi realizada com base na análise de conteúdo temática de Bardin. O projeto teve aprovação pelo Comitê de Ética e Pesquisas (CEP) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sob o parecer nº 1.880.221 e CAAE: 62021516.7.0000.5537. O estudo foi realizado com base nos princípios da ética, estabelecidos pela resolução 466/12. A população entrevistada é do sexo feminino (100%), com mais de 5 anos de experiência profissional (100%) e na ESF (100%), a maioria entre 50 e 59 anos, com especialização/residência (50%), efetivo/concursado, com jornada de trabalho de 40 horas (85,71%) e somente um emprego (85,71%). Dentre os fatores que aumentam as cargas de trabalho, estão o excesso de demanda, as falhas na gestão, os problemas na resolutividade, a insegurança, o fato de responsabilizar-se pelo trabalho dos demais profissionais, o excesso de demanda, o déficit de materiais. Os fatores que ajudam a reduzir as cargas de trabalho são vínculo, trabalho em equipe, apoio da gerência, gosto por trabalhar na ESF. As cargas de trabalho são influenciadas pela inter-relação do trabalho com o profissional de saúde, e essa relação dialética pode ocasionar o adoecimento do enfermeiro membro da ESF.
Abstract: The workload is inserted in the work context and in the work process interacting with each other and with the worker's body. They can cause changes in their biopsychic state and, consequently, physical and psychological exhaustion. This study aimed to identify the nurses´ workload working in the Family Health Strategy in a municipality in the Northeast of Brazil. The research is linked to a larger project entitled “Nonmaterial technological innovation in health: workloads and satisfaction”, from the research group Praxis - Center for studies on work, citizenship, health, and nursing, of the Post-Graduate Program in Nursing of the Federal University of Santa Catarina. This is an exploratory, descriptive, qualitative study of a research type, guided by theories of Historical-Dialectical Materialism and workloads. There was a sample of 14 nurses from the Family Health Strategy (ESF), distributed in the five health districts of the city of Natal (North I, North II, South, East, and West). Data collection was done through semi-structured interviews with each nurse working at the FHS. Data analysis was performed based on the thematic content analysis of Bardin. The project was approved by the Ethics and Research Committee (CEP) of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) under the opinion nº 1.880.221 and CAAE: 62021516.7.0000.5537. The study was conducted based on the principles of ethics established by resolution 466/12. The interviewed people were female (100%), with more than 5 years of professional experience (100%) and in the ESF (100%), most between 50 and 59 years old, with specialization/residency (50%), effective/public servant, with a workday of 40 hours (85.71%) and only one job (85.71%). excess demand, management failures, problems in solvency, insecurity, taking responsibility for the work of other professionals, excess demand, and the lack of materials are among the factors that increase workload. The factors that help reduce workload are bonding, teamwork, management support, and I like working at ESF. The workload is influenced by the interrelation of work with the health professional, and this dialectical relationship can cause sickness of the ESF member.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25311
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DanielleRezendeFerreira_DISSERT.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.