Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25326
Title: Análise comparativa da imunoexpressão de twist e da podoplanina entre carcinomas de células escamosas de língua oral e de lábio inferior
Authors: Rolim, Larissa Santos Amaral
Keywords: Carcinoma de células escamosas;Proteína 1 relacionada a twist;Transição epitelial-mesenquimal;Patologia bucal
Issue Date: 23-Feb-2018
Citation: ROLIM, Larissa Santos Amaral. Análise comparativa da imunoexpressão de twist e da podoplanina entre carcinomas de células escamosas de língua oral e de lábio inferior. 2018. 102f. Dissertação (Mestrado em Patologia Oral) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Introdução: O Carcinoma de Células Escamosas Oral (CCEO) é um grande problema de saúde pública em todo o mundo. Acredita-se que o mecanismo responsável pela progressão tumoral seja baseado na invasão coletiva ou de células individuais, chamado de Transição Epitelial-Mesenquimal (TEM), onde ocorre uma diminuição da expressão de biomarcadores epiteliais e aumento da expressão de biomarcadores mesenquimais, como Twist. A Podoplanina (PDPN), uma glicoproteína transmembranar, está envolvida na motilidade das células neoplásicas que estão passando pela TEM para orientar o complexo celular durante a invasão. Objetivo: Realizar uma análise comparativa entre a imunoexpressão da PDPN e do Twist em 40 casos de CCEs de lábio inferior (CCELI) e 36 casos de língua oral (CCELO), para analisar possíveis associações com parâmetros clínicos-patológicos (tamanho do tumor primário, metástase linfonodal regional e à distância, estadiamento clínico, grau histológico de malignidade e padrão histológico de invasão). Métodos: Para avaliação do grau histopatológico de malignidade, utilizou-se o sistema proposto por Brandwein-Gensler et al (2005). Para os dois marcadores, quatro tipos de análises imuno-histoquímica foram realizados: análise do front de invasão, das áreas compressivas do tumor, das grandes ilhas tumorais (>15 células neoplásicas) e dos ninhos/células dissociadas (<15 células neoplásicas). Para a análise das relações entre os parâmetros clínicos e histopatológicos e as imunoexpressões de PDPN e Twist, foi utilizado o teste não paramétrico de Mann-Whitney. Para verificar possíveis correlações entre as imunoexpressões de PDPN e Twist, foi realizado o teste de correlação de Spearman (r). Para todos os testes estatísticos, foi estabelecido um nível de significância de 5% (p < 0,05). Resultados: Não foram encontradas diferenças estatisticamente significativas na imunoexpressão de PDPN e Twist em relação ao tamanho do tumor, metástase e estadiamento clínico de CCELI (p > 0,05). Porém foram encontradas diferenças estatisticamente significativas na imunoexpressão citoplasmástica de PDPN em relação aos padrões de invasão tipo 4 e 5 (p = 0,032) de Brandwein-Gensler et al. (2005). Também não foram observadas diferenças estatisticamente significativas na imunoexpressão de PDPN e Twist em relação ao tamanho do tumor, metástase e estadiamento clínico de CCELO (p > 0,05). Observou-se diferenças estatisticamente significativas entre a expressão citoplasmática (p = 0,006), membranar (p = 0,030) e geral (p = 0,025) de PDPN nos CCELO com os padrões de invasão tipo 4 e 5 de Brandwein-Gensler et al. (2005). Além disso, foram observadas correlações negativas estatisticamente significativas entre a expressão membranar da PDPN e as expressões geral (r = -0,356; p = 0,024) e citoplasmática do Twist (r = -0,336; p = 0,034) nos CCELI. Conclusões: A expressão da PDPN está inversamente relacionada com o Twist em CCELI, além de demonstrar que ambas proteínas estão associadas com um pior padrão de invasão nos CCELI e CCELO. Também, levantou-se a hipótese de que a relação da PDPN com o Twist em CCELI e CCELO possa estar mais envolvida com uma transição parcial do fenótipo epitelial para o mesenquimal do que uma transição completa coordenada pela PDPN.
Abstract: Introduction: Oral Squamous Cell Carcinoma (OSCC) is a major public health problem worldwide. It is believed that the mechanism responsible for tumor progression is based on collective invasion of cell groups or individual cells, called Epithelial-Mesenchymal Transition (EMT), where there is a decrease in the expression of epithelial biomarkers and increased expression of mesenchymal biomarkers as Twist. Podoplanin (PDPN), a transmembrane glycoprotein, is assumed to be involved in the motility of neoplastic cells that are undergoing through EMT to guide the cell complex during an invasion. Objective: To perform a comparative analysis of the immunoexpression of PDPN and Twist among 40 cases of lower lip CCEs and 36 cases of oral tongue, (primary tumor size, regional and distal lymph node metastasis, clinical staging, histological grade of malignancy and histological pattern of invasion). Methods: To evaluate the histopathological grade of malignancy, the system proposed by Brandwein-Gensler et al. (2005) was used. For the two markers, four types of immunohistochemical analysis were performed: analysis of the invasion front, tumor compressive areas, large tumor islands (> 15 neoplastic cells) and nests/dissociated cells (<15 neoplastic cells). The non-parametric Mann-Whitney test was used for the analysis of the relationships between the clinical and histopathological parameters and the PDPN and Twist immunoexpressions. To verify possible correlations between the PDPN and Twist immunoexpressions, the Spearman (r) correlation test was performed. For all statistical tests, a significance level of 5% (p <0.05) was established. Results: No statistically significant differences were found between PDPN and Twist immunoexpression and tumor size, metastasis, and clinical staging on lower lip SCC (p > 0.05). However, statistically significant differences were found between the cytoplasmic immunoexpression of PDPN and the invasion patterns type 4 and 5 (p = 0.032) of Brandwein-Gensler et al. (2005). Also, no statistically significant differences were found between PDPN and Twist immunoexpression and tumor size, metastasis and clinical staging on oral tongue SCC (p > 0.05). Statistically significant differences were observed between the cytoplasmic (p = 0.006), membrane (p = 0.030) and general (p = 0.025) PDPN expression in oral tongue SCC with the invasion patterns type 4 and 5 of Brandwein-Gensler et al. (2005). In addition, the Spearman correlation test demonstrated statistically significant negative correlations between PDPN membrane expression and Twist general expression (r = -0.356, p = 0.024) and Twist cytoplasmic expression (r = -0.336; p = 0.034) in the lower lip SCCs. Conclusions: PDPN expression is inversely related to Twist in lower lip SCC, it was demonstrated that both proteins are associatved with a worse invasion pattern in SCC. It has also been hypothesized that the relationship of PDPN with Twist in OSCC may be more involved with a partial transition from the epithelial to the mesenchymal phenotype than a complete transition coordinated by PDPN.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25326
Appears in Collections:PPGPO- Mestrado em Patologia Oral

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LarissaSantosAmaralRolim_DISSERT.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.