Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25373
Title: Efeitos crônicos do método de pré-exaustão versus treinamento de força tradicional sobre a composição corporal e hipertrofia muscular
Other Titles: Chronic effects of pre-exhaustion versus traditional strength training on body composition and muscle hypertrophy
Authors: Trindade, Thiago Barbosa
Keywords: Hipertrofia muscular;Ultrassonografia;Quadríceps;Força máxima;Volume muscular;Massa corporal magra
Issue Date: 28-Feb-2018
Citation: TRINDADE, Thiago Barbosa. Efeitos crônicos do método de pré-exaustão versus treinamento de força tradicional sobre a composição corporal e hipertrofia muscular. 2018. 62f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Pré-exaustão é uma estratégia de treinamento de força em que dois ou mais exercícios são executados sucessivamente, com o objetivo de maximizar ganhos de força e hipertrofia do músculo alvo. O objetivo deste estudo foi comparar os efeitos de dois programas de treinamento de força – tradicional versus pré-exaustão – sobre composição corporal, força e hipertrofia muscular em homens jovens. Trinta e cinco sujeitos destreinados foram distribuídos aleatoriamente em três grupos: Tradicional (n= 12; 31,42 ± 5,53 anos; 81,68 ± 13,83 Kg; 174,43 ± 7,41 cm), Pré-exaustão (n= 12; 31,33 ± 7,30 anos; 79,81 ± 13,79 Kg; 174,46 ± 4,22 cm) e controle (n= 11; 30,75 ± 8,04 anos; 84,85 ± 13,98 Kg; 176,55 ± 4,57 cm). Todos realizaram testes de uma repetição máxima (1RM) nos exercícios leg press e cadeira extensora; ultrassonografia nos músculos do quadríceps e glúteo máximo; e absorciometria de feixe duplo, antes e após um programa de treinamento de força para membros inferiores, com 9 semanas de duração: 2 dias por semana; 3 séries no Leg Press 45°, com 75% de 1RM, até a falha muscular momentânea; 1 minuto de repouso entre as séries. Imediatamente antes (≤ 10 segundos) de cada sessão de treinamento, o grupo Pré-exaustão realizou uma série adicional de extensão isolada de joelho, até a falha muscular momentânea, com 20% de 1RM. O volume total de treinamento foi monitorado durante o programa. A análise estatística foi realizada de forma descritiva pela apresentação de média, desvio padrão e Intervalo de confiança de 95%. Foram utilizados os testes ANOVA One Way e Two Way, além da análise do Tamanho do Efeito para verificar diferenças entre as magnitudes de modificação de cada grupo. Adotou-se um nível significância de p < 0,05. A Pré-exaustão resultou em um menor volume total de treinamento e um aumento mais expressivo no teste de 1RM em cadeira extensora, sendo equivalentes os resultados apresentados pelos grupos treinados para 1RM no leg press, hipertrofia de músculos de coxa e massa livre de gordura. Somente o treinamento tradicional resultou na hipertrofia do glúteo máximo e na perda do percentual de gordura. A Pré-exaustão é uma estratégia útil e eficaz para ganhos de força e hipertrofia muscular, com menor volume de treino.
Abstract: Pre-exhaustion is a strength training strategy where two or more exercises are performed in succession, with the goal of maximizing strength and muscle hypertrophy. The aim of this study was to compare the effects of two strength training programs – traditional vs. pre-exhaustion – on body composition, strength and muscle hypertrophy in young males. . Thirty-five untrained subjects were randomly allocated in two groups: traditional (n= 12; 31,42 ± 5,53 years; 81,68 ± 13,83 Kg; 174,43 ± 7,41 cm), pre-exhaustion (n= 12; 31,33 ± 7,30 years; 79,81 ± 13,79 Kg; 174,46 ± 4,22 cm) and control (n= 11; 30,75 ± 8,04 years; 84,85 ± 13,98 Kg; 176,55 ± 4,57 cm). All subjects performed one-repetition maximum tests (1RM) in the leg press and seated knee extension exercises, ultrasound scans in the quadriceps and gluteus maximus muscles, and DEXA scans before and after a lower limb strength training program, which lasted for 9 weeks: twice a week; 3 sets of 45° Leg Press at 75% of 1RM until momentary muscular failure; 1 minute of rest between sets. The pre-exhaustion group performed one additional set of seated knee extension at 20% of 1RM, until momentary muscular failure, immediately before (≤ 10 seconds) each training session. Total training volume was monitored during the whole program. Statistical analysis was performed descriptively through mean values, standard deviation and a confidence interval of 95%. One and two-way analysis of variance tests (ANOVA) were used, as well as an effect size analysis to verify differences between the magnitudes of change in each group. Statistical significance was assumed for P values < 0,05 Pre-exhaustion resulted in a lower total training volume and a more expressive increase in the 1RM seated knee extension tests, while the results were not different for both groups in the 1RM leg press test, as well as for thigh and hip muscle hypertrophy and lean mass. Only traditional training resulted in gluteus maximus hypertrophy and total body fat loss. Pre-exhaustion is a useful and efficient training strategy for hypertrophy and strength gains, with a lower training volume.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25373
Appears in Collections:PPGEF - Mestrado em Educação Física

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ThiagoBarbosaTrindade_DISSERT.pdf1.54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.