Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25452
Title: Os discursos fotográficos de Canindé Soares: entre o turismo e a devoção (2004-2007)
Authors: Silva, Sylvana Kelly Marques da
Keywords: Discurso;Fotografia;Paisagem;Turismo;Enquadramento espetacularizado
Issue Date: 29-Nov-2017
Citation: SILVA, Sylvana Kelly Marques da. Os discursos fotográficos de Canindé Soares: entre o turismo e a devoção (2004-2007). 2017. 381f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Portuguese Abstract: Esta tese analisa os discursos fotográficos impressos nas paisagens turísticas registradas no interior do estado do Rio Grande do Norte pelo repórter fotográfico Canindé Soares. A escolha do objeto justifica-se pelos recortes fotográficos estarem inseridos em um cenário político de incentivo ao turismo religioso no estado, como um espaço de confluências sociais mediatizadas pela instituição do turismo no Nordeste brasileiro. Nosso objetivo foi compreender os discursos enquadrados em fotografias que se configuram em aspectos culturais priorizados como parte dessas paisagens. Apreendemos a fotografia como imagem crítica para englobar os significados que legitimam e divulgam esses espaços religiosos em seu processo de caracterização enquanto atrações turísticas. Para viabilizar a pesquisa foram selecionadas as fotografias arquivadas no banco de dados de órgãos oficiais, em livros e fotojornalismo do autor. Também foram realizadas entrevistas semiestruturadas com o referido fotógrafo, secretários políticos e demais agentes envolvidos no cenário turístico. A metodologia se dá através da arqueologia da impressão expressa na confluência da tríade: fotografia, paisagem e turismo definida nesta tese por enquadramento espetacularizado, categoria de análise balizada pelas reflexões de George Didi-Huberman e Guy Debord. O enquadramento espetacularizado trata-se de um discurso permeado pela cumplicidade entre os elementos que elaboram a paisagem e favorecem a perpetuação de visualidades que desenham o espaço transformando-o em espetáculo. Desse eixo, desmembram-se questões que operam com a produção imagética capaz de nortear o entendimento dos discursos que padronizam paisagens, naturalizando as relações socioespaciais. Consideramos que as paisagens elaboradas estão atreladas a ícones passados referenciadores da região que condicionam as visualidades no presente. Em tese verificamos que as paisagens potiguar, enquadradas no discurso fotográfico, dinamizadas a partir das políticas de turismo estão culturamente engendradas por um sintoma de visualidades pretéritas que espetacularizadas favorecem a manutenção de discursos hegemônicos em detrimento dos interesses plurais e democráticos. O que ocorre dá visibilidade a estereótipos pré-estabelecidos e afasta-se da possibilidade de um desenvolvimento baseado na economia interpretativa, capaz de favorecer a valorização do capital cultural local e a inclusão dos indivíduos locais.
Abstract: This thesis analyzes the discourse of the Catholic tourism events landscapes photographed by Canindé Soares in the State of Rio Grande do Norte. To conduct this research we selected the photographs at the database of official tourism organizations, the books and the site of Canindé Soares, did interviews and visited these landscapes. The choice of the object is justified because the photo register is inserted in the political scene of tourism development in Brazil. Moreover to understanding how the landscapes of Rio Grande do Norte are mediated by the National Tourism Policy to the institution of economic development in the Northeast of Brazil. Our goal was to understand the cultural aspects prioritized in these landscapes by photographic discourse. We read the photography as a critical image conception developed by Didi-huberman to understand these religious landscapes spaces in their characterization process as a show place. The methodology is a reflection about the present status of the image as a form of visual knowledge through the archeology. The relationship about photography, landscape and tourism points to what is defined in this thesis by a spectacularized framework, a category that we articulate by the reflections of George Didi-Huberman and Guy Debord. The spectacularized framework is a relationship between the discourses and the social relationships that draw the news landscaps but maintain olds images and turns then into a spectacle. The reflection about the image favors comprehension of the discourses that standardize landscapes and naturalizing the socio-spatial relations. We consider that the landscapes are naturalized by relations linked to the past icons referenciadores of the region and condition the visualities in the present. In this thesis we verified that the landscapes photographed, dynamited from the tourism policies are culturally engendered by a symptom of past visuals that spectacularized favor the maintenance of hegemonic discourses against the democratic interests. This situation prior sharing of pre-established stereotypes between image and discourse and keeps away of a social development based on the interpretive economy, able to valorize the local cultural and the social inclusion.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25452
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DiscursosFotográficosCanindé_Silva_2017.pdf10.92 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.