Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25735
Título: Estudo do sistema Fe-cyclam com ligantes carboxilatos e avaliação do efeito spin crossover e atividade antibacteriana do complexo (Fe(cyclam)ox)PF6
Autor(es): Oliveira, Verônica da Silva
Palavras-chave: Ferro-cyclam;Íons carboxilatos;Fotoquímica;Atividade antibacteriana
Data do documento: 28-Fev-2018
Referência: OLIVEIRA, Verônica da Silva. Estudo do sistema Fe-cyclam com ligantes carboxilatos e avaliação do efeito spin crossover e atividade antibacteriana do complexo (Fe(cyclam)ox)PF6. 2018. 166f. Tese (Doutorado em Química) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: The aim of the present work is to obtain complexes of the Fe-cyclam system with carboxylate ligands, such as salicylate (sal), phthalate (ph), benzoate (ben) and oxalate (ox), synthesized from cis-[Fe(cyclam)Cl2]Cl (1) to form the complexes [Fe(cyclam)sal]PF6 (2), [Fe(cyclam)ph]PF6 (3), cis-[Fe(cyclam)(ben)2]PF6 (4) e [Fe(cyclam)ox]PF6 (5). The characterization was performed using elemental, spectroscopic (IR and UV-Vis) and electrochemical analysis (CV and DPV). The IR spectrum of the compounds showed vibrational modes in the range of 3446-2869 cm-1 , referring to the N-H and C-H of the cyclam macrocyclic, as well as as(OCO) at 1705-1570 cm-1 , and s(OCO) at 1359-1348 cm-1 , attributed to the carboxylates acting as bidentate ligands, except for benzoate. However, the UV-Vis spectra in the aqueous medium presented IL transitions in the more energetic regions, whereas the LMCT transitions were observed at lower energies, verified in 520 (2), 320 (3), 326 (4) and 292 and 355 nm for the complex (5). The voltammograms exhibited a reduction in E1/2 (Fe3+/2+) compared to complex (1), being dependent on the nature of the oxygenated ligands. In addition, the complex (5) was evaluated by Mössbauer spectroscopy and its photochemical and antibacterial activity were investigated. The Mössbauer spectrum in 300K showed a doublet (D1) with =0.42 mm/s and ∆EQ=0.40 mm/s, typical of Fe3+ with high spin configuration. However, with the lowering of the temperature, it was observed the gradual reduction of the intensity of D1 and the appearance of a second doublet (D2), with =0.30 mm/s and ΔEQ=1.72 mm/s to 12 K, typical Fe3+ low spin. This behavior characterized the existence of the crossover spin effect dependent on the temperature. The photochemical reactivity of the complex (5) was shown to be relevant in the synthesis of new compounds of the Fe-cyclam system and in the antibacterial activation. Through the photochemical reaction of the complex the binuclear [((cyclam)Fe)2(μ-SO4)](PF6)2.H2O was obtained, whose structure was identified by X-ray diffraction and its voltammogram showed two redox processes, with E1/2 =169 mV and -10.5 mV, with Kc =1.1x103 . Antibacterial activity was evaluated against Pseudomonas aeruginosa (Pa), Staphylococcus aureus and Escherichia coli. The best results were obtained for Pa, with MIC of 294 μmol L-1 . However, exposure of the compound to white or blue light for 90 min, potentiated the inhibitory activity around 59% against Pa, reducing MIC values to 118.6 μmol L -1 (white light) and 119.5 μmol L-1 (blue light). Therefore, the photochemical activity of the complex under study represents a promising alternative in the combat of bacterial
Resumo: O presente trabalho tem como finalidade a obtenção de complexos do sistema Fecyclam com ligantes carboxilatos, tais como salicilato (sal), ftalato (ph), benzoato (ben) e oxalato (ox), sintetizados a partir do cis-[Fe(cyclam)Cl2]Cl (1), para formação dos complexos [Fe(cyclam)sal]PF6 (2), [Fe(cyclam)ph]PF6 (3), cis-[Fe(cyclam)(ben)2]PF6 (4) e [Fe(cyclam)ox]PF6 (5). A caracterização foi realizada empregando-se análise elementar, espectroscópica (IV e Uv-Vis) e eletroquímica (CV e DPV). Os espectros de IV dos compostos apresentaram modos vibracionais na faixa de 3446-2869 cm-1 , referentes ao N-H e C-H do macrocíclico cyclam, bem como as(OCO) em 1705-1570 cm-1 , e s(OCO) em 1359-1348 cm1 , atribuídos aos carboxilatos atuando como ligantes bidentados, com exceção do benzoato. Já os espectros Uv-Vis em meio aquoso apresentaram transições IL nas regiões mais energéticas, enquanto que as transições LMCT foram observadas em menores energias, verificadas em 520 (2), 320 (3), 326 (4) e 292 e 355 nm para o complexo (5). Os voltamogramas exibiram uma redução no E1/2 (Fe3+/2+) comparativamente ao complexo (1), sendo dependente da natureza dos ligantes oxigenados. Adicionalmente o complexo (5) foi avaliado através da espectroscopia Mössbauer e teve sua atividade fotoquímica e antibacteriana investigada. O espectro Mössbauer em 300K apresentou um dubleto (D1) com  = 0,42 mm/s e EQ = 0,40 mm/s, típico de Fe3+ com configuração alto spin. Entretanto, com o abaixamento da temperatura, constatou-se a gradual redução da intensidade de D1 e o surgimento de um segundo dubleto (D2), com  = 0,30 mm/s e ΔEQ = 1,72 mm/s a 12 K, típico de Fe3+ baixo spin. Caracterizando a existência do efeito spin crossover dependente da temperatura. A reatividade fotoquímica do complexo (5) se mostrou relevante na síntese de novos compostos do sistema Fe-cyclam e na ativação antibacteriana. Através da reação fotoquímica do complexo obteve-se o binuclear [((cyclam)Fe)2(µ-SO4)](PF6)2.H2O, cuja estrutura foi identificada por difração de raios-X e o seu voltamograma mostrou dois processos redox, com E1/2= 169 mV e -10,5 mV, com Kc = 1,1x 103. A atividade antibacteriana foi avaliada frente a Pseudomonas aeruginosa (Pa) (ATCC 9027), Staphylococcus aureus (ATCC 29213) e Escherichia coli (ATCC 25922). Os melhores resultados foram obtidos para a Pa, com concentração inibitória mínima (CIM) igual a 294 µmol L-1 . Entretanto, a exposição do composto à luz branca ou azul durante 90 min, potencializou a atividade inibitória em torno de 59% frente a Pa, reduzindo os valores de CIM para 118,6 µmol L-1 (luz branca) e 119,5 µmol L-1 (luz azul). Portanto, a atividade fotoquímica do complexo em estudo representa uma alternativa promissora no combate bacteriano.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25735
Aparece nas coleções:PPGQ - Doutorado em Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VeronicaDaSilvaOliveira_TESE.pdf4,85 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.