Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25925
Title: Produção de sentidos sobre diversidade sexual por jovens rurais
Authors: Primo, Izabelle Cristina de Medeiros
Keywords: Produção de sentidos;Diversidade sexual;Juventude rural
Issue Date: 28-Mar-2018
Citation: PRIMO, Izabelle Cristina de Medeiros. Produção de sentidos sobre diversidade sexual por jovens rurais. 2018. 196f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A escola é uma instituição historicamente construída para atender às demandas sociais de onde está inserida e, por isso, tanto reproduz quanto produz seu contexto histórico-social. Dessa forma, é crescente a demanda de jovens estudantes sobre temas associados a gênero e diversidade sexual que acolho como psicóloga no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), no interior do Estado, instituição que atinge principalmente jovens de pequenos municípios e de comunidades rurais. Esta pesquisa almejou investigar os sentidos produzidos por jovens de comunidades rurais estudantes do IFRN-Campus São Paulo do Potengi (SPP) sobre diversidade sexual, além de analisar como as ruralidades mediam a produção de sentidos em questão, conhecer como a família e a comunidade se interpõem no modo como a juventude rural produz sentidos sobre a diversidade sexual e identificar como o IFRN-SPP permeia essa produção de sentidos. Realizamos quatro grupos de discussão, com jovens entre 15 e 29 anos, estudantes do IFRNSPP, moradores da zona rural, que aceitaram participar da pesquisa, mediante autorização prévia. Considerando a adesão dos estudantes e o tempo de vínculo com o campus, o material produzido por um grupo foi analisado em profundidade, a partir de eixos categorizados preliminarmente: diversidade sexual, ruralidades, família e comunidade, IFRN-SPP, fundamentando-se nas perspectivas teóricas sobre construcionismo social, ruralidades e diversidade sexual. Os resultados apontam para sentidos construídos sobre a diversidade sexual, que revelam diferenças da vida urbana e rural entre jovens, enfatizando uma dominância de valores tradicionais familiares e comunitários no meio rural que restringem as possibilidades em torno da diversidade sexual, tornando o seu reconhecimento mais desafiador nesse contexto. Por outro lado, a vinculação dos jovens com o IFRN-SPP tem possibilitado a incorporação de novos repertórios discursivos, de modo a ampliar seus sentidos em torno da diversidade sexual, com vistas a um exercício de alteridade promovido pela instituição.
Abstract: The school is an institution historically constructed to meet the social demands of where it is inserted and, therefore, both reproduces and produces its historical-social context. In this way, the demand of young students on topics related to gender and sexual diversity that I welcome as a psychologist at the Federal Institute of Education, Science and Technology of the State of Rio Grande do Norte (IFRN), within the State, is growing. especially young people from small municipalities and rural communities. This research aimed to investigate the senses produced by youngsters from rural communities of IFRN-Campus São Paulo do Potengi (SPP) on sexual diversity, as well as to analyze how the ruralities mediate the production of the senses in question, to know how the family and the community interpose in the way rural youth produces meanings about sexual diversity and to identify how the IFRN-SPP permeates this production of meanings. We conducted four discussion groups, with 15- to 29-year-old students, IFRN-SPP students, rural residents, who agreed to participate in the study, with prior authorization. Considering the students' adhesion and the time of bonding with the campus, the material produced by a group was analyzed in depth, based on preliminary categories: sexual diversity, ruralities, family and community, IFRN-SPP, based on perspectives theories about social constructionism, ruralities and sexual diversity. The results point to meanings built on sexual diversity that reveal differences in urban and rural life among young people, emphasizing a predominance of traditional family and community values in rural areas that restrict the possibilities around sexual diversity, making their recognition more challenging in this context. On the other hand, the attachment of young people to the IFRN-SPP has allowed the incorporation of new discursive repertoires, in order to broaden their senses around sexual diversity, with a view to an exercise of otherness promoted by the institution.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/25925
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Produçãosentidossobre_Primo_2018.pdf1,27 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.