Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26013
Title: Formulação de cimentos de oxicloreto de magnésio solúveis em ácido para aplicação em poços de petróleo
Authors: Braga, Glauco Soares
Keywords: Cimento oxicloreto de magnésio;plug temporário;cimento solúvel
Issue Date: 3-Oct-2011
Citation: BRAGA, Glauco Soares . Formulação de cimentos de oxicloreto de magnésio solúveis em ácido para aplicação em poços de petróleo. 2011. 81f. Dissertação (Mestrado Em Ciência E Engenharia De Petróleo) - Centro De Ciências Exatas E Da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Portuguese Abstract: O setor petrolífero e suas atividades têm impulsionado o desenvolvimento de materiais cimentícios específicos às diversas necessidades encontradas desde a perfuração, completação e produção de petróleo. Dentre estes materiais, podemos destacar o cimento oxicloreto magnesiano para produção de plugs temporários de perfuração a partir de matérias-primas e tecnologia de preparação nacional. Atualmente produtos para esta finalidade não são encontrados no mercado brasileiro. O cimento oxicloreto magnesiano é normalmente constituído de misturas estequiométricas de óxido de magnésio (MgO) e soluções aquosas de cloreto de magnésio (MgCl2.6H2O). Juntos, eles formam cimentos oxicloreto magnesianos, também conhecidos por cimento Sorel (MgO.MgCl2.6H2O). Este tipo de cimento é empregado para realizar operações quando se precisa (I) desviar uma perfuração e/ou iniciar uma operação direcional; (II) tamponar uma zona ou um poço; (III) resolver um problema de perda de circulação durante as fases de perfuração; (IV) prover uma âncora para testes de poço aberto. Cimentos solúveis a base de magnésio são uma alternativa para poços que necessitem do uso do plug que posteriormente não empreguem sonda de perfuração para sua remoção, já que a proposta é dissolvê-lo em ácido, gerando menor volume de inventários, menor custo de perfuração. Neste trabalho, foram preparadas composições de cimento de oxicloreto de magnésio, submetidas a testes segundo as normas API para cimentação de poços, tais como, reologia e parâmetros reológicos, resistência a compressão mecânica e por ultrassom, teste de consistometria e filtrado. Ainda neste sentido, o cimento foi caracterizado pela técnica de raios-x (DRX), análise térmica TG/DTA e FTIR. Investigou-se, em especial, o processo de pega desses cimentos em função de sua composição e aditivos.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26013
Appears in Collections:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CimentoOxicloretoMagnesioPocosPetroleo_Braga_2011.pdf2,38 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.