Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26147
Title: Autocuidado do usuário com diabetes na Atenção Primária à Saúde
Authors: Silva, Heloiza Talita Adriano da
Keywords: Enfermagem;Autocuidado;Diabetes Mellitus;Atenção Primária à Saúde
Issue Date: 29-May-2018
Citation: SILVA, Heloiza Talita Adriano da. Autocuidado do usuário com diabetes na Atenção Primária à Saúde. 2018. 86f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O diabetes mellitus está entre as doenças crônicas de maior impacto mundial na saúde. No Brasil é uma das principais causas de mortalidade, reflexo do atual padrão de população com crescimento exponencial de idosos, resultante das mudanças demográficas, com alta prevalência e baixas taxas de controle, na população adulta. Assim, há necessidade de maior ênfase nas ações de controle, prevenção e detecção precoce dos casos, a fim de reduzir complicações. Neste sentido, o autocuidado possibilita que o usuário torne-se agente modificador de sua condição de saúde por meio da compreensão de alguns fatores que envolvem a doença. O objetivo deste estudo é analisar as ações de autocuidado realizadas pelos usuários com diabetes mellitus, atendidos na atenção primária à saúde. Estudo do tipo descritivo, exploratório, transversal, com abordagem quantitativa, realizado no período de outubro de 2017 a abril de 2018. O local de realização, as Unidades Básicas com Estratégia Saúde da Família (ESF), dos Distritos Sanitários Norte e Sul do município de Natal. Utilizou-se uma amostra aleatória, estratificada, com intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 5%, correspondendo ao quantitativo de 379 usuários diabéticos, e um total de 387 usuários pesquisados. Os sujeitos tinham diagnóstico de diabetes a partir de 18 anos de idade, cadastrados nas Unidades de Saúde pesquisadas. Fez-se uso do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, conforme a Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde. Utilizaram-se dois formulários: o primeiro, sobre a caracterização da unidade, e um segundo para o usuário, este dividido em duas partes: uma, com as variáveis socioeconômicas e a outra, sobre as atividades de autocuidado com o diabetes (QAD). Utilizou-se a análise estatística descritiva, com média, mediana, desvio padrão, e o teste paramétrico t de Student para um nível de significância de 5%, na comparação dos itens do QAD por região. Os dados foram analisados através do software SPSS, versão 20.0. Os resultados por região de estudo indicaram que a maior parte dos entrevistados (91,73%) foi do distrito Norte; a faixa etária predominante foi maior que 60 anos (53,23%); além de prevalecerem: sexo feminino (71,06%), casados (49,87%), com mais de cinco anos de diagnóstico de diabetes (53,75%), que não frequentavam reunião de apoio ao diabetes (90,44%) porque não existia reunião na unidade de saúde (32,29%). A maioria (50,13%) afirmou conhecer sobre o autocuidado e realizava ações de autocuidado com o diabetes (68,22%). Quanto aos resultados do autocuidado com o diabetes (QAD) baseado nos sete dias da semana, os itens relacionados à medicação tiveram maior número de dias de ações executadas (6,39), enquanto que as ações relacionadas à atividade física (1,10) e controle da glicemia (0,97) foram às ações menos executadas. Quando comparados os distritos sanitários de saúde pesquisados, há evidências de diferença estatística entre os usuários; observou-se que os diabéticos da zona sul apresentaram maior número de dias com relação a seguir uma dieta saudável (4,94; valor -p: 0,010), ingerir carne vermelha e/ou derivados do leite integral (3,34; valor -p: 0,044) e realizar atividades físicas por pelo menos 30 minutos (2,56; valor -p: 0,048). A identificação das ações de autocuidado pelos portadores da doença e suas principais dificuldades, bem como a caracterização das unidades de saúde da atenção primária à saúde quanto às ações realizadas junto a esses usuários, permitiram identificar a maneira como o autocuidado era desenvolvido e a necessidade de protocolos assistenciais voltados ao autocuidado do usuário do serviço com a doença. Desta forma, os resultados podem contribuir para uma assistência melhor ao usuário com diabetes no que se refere às ações para o autocuidado apoiado, na atenção primária à saúde.
Abstract: Diabetes mellitus is among the chronic diseases that cause an impact on world health. In Brazil, this is one of the main mortality causes, it may be a reflex of the current population pattern resulting from demographic changes, with high prevalence and low control rates, regarding the adult population. Bearing this in mind, one needs to have a larger emphasis on actions of control, prevention and early detection with respect to the cases, with the goal of reducing complications. Thus, there is a need for greater emphasis on the actions of control, prevention and early detection of cases in order to reduce complications. In this sense, self-care allows the user to become a modifying agent of their health condition by understanding some factors that involve the disease. The objective of this study is identify the self-care actions accomplished by the users with diabetes mellitus on the primary health attention field. Type study descriptive, exploratory study with a quantitative approach, carried out from October 2017 to April 2018, on the Basic Health Units, with the family health strategy care model, on North and South’s health district in the city of Natal. The stratified random sample, with reliability interval of 95% and error margin of 5%, calculated is from 379 diabetic patients, and a total of 387 users searched. The subjects with diabetes from 18 years old will take part on the study, registered by the researched units through the signature of a Term of free and clarified consent in accordance with Resolution 466/12 from the National Health Council. Two research instruments were used used: one with socioeconomic variables and another, guided toward the patients’ self-care activities. Descriptive statistical analysis was used, with mean, median, standard deviation and the parametric Student T test for a significance level of 5%, in the comparison of the PAF by region. Data were analyzed using SPSS software, version 20.0. The results by region of study indicated that the majority of respondents (91.73%) were from the North district; the predominant age group was older than 60 years (53.23%); in addition to prevailing: female (71.06%), married (49.87%), with more than five years of diagnosis of diabetes (53.75%), which did not attend a diabetes support meeting (90.44% ) because there was no meeting at the health unit (32.29%). The majority (50.13%) claimed to know about self-care and carried out actions self-care with diabetes (68.22%). Regarding the results of diabetes self-care based on seven days of the week, medication-related items had a greater number of days of actions performed (6.39), while actions related to physical activity (1.10) and blood glucose control (0.97) were the least executed actions. When compared to the health districts surveyed, there is evidence of statistical difference between users; it was observed that the diabetics from the south showed a greater number of days in relation to following a healthy diet (4.94, value -p: 0.010), ingesting red meat and / or derived of the whole milk (3.34, p: 0.044) and performing physical activities for at least 30 minutes (2.56; p-value: 0.048). The identification of the actions self-care by the patients with the disease and their main difficulties, as well as the characterization of the health units of the primary health care to the actions carried out with these users, allowed to identify the way in which self-care was developed and the need for assistance protocols focused at self-care of the service user with the disease. In this way, the results can contribute to better assistance to the user with diabetes with regards to actions for self-care supported, in primary health care.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26147
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Autocuidadousuáriodiabetes_Silva_2018.pdf1,65 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.