Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26150
Title: O endividamento brasileiro no contexto da financeirização: da década de 1990 aos dias atuais
Authors: Leite, Paulo Victor Castelo Branco
Keywords: Dívida pública;Estado brasileiro;Financeirização
Issue Date: 30-Jul-2018
Citation: LEITE, Paulo Victor Castelo Branco. O endividamento brasileiro no contexto da financeirização: da década de 1990 aos dias atuais. 2018. 71f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: The present work seeks to discuss in general terms the aspects related to the changes in economic indebtedness in the capitalist system in recent years and the changes of capitalism in Brazil.. More specifically, the paper aims to expose Brazilian indebtedness, its origins and the consequences of indebtedness and economic policies for the national economy in the 1990s. In this sense, the following question is intended to be answered: How recent transformations in capitalism have influenced evolution of the Brazilian public debt since 1990? The research will be elaborated from a bibliographical review and historical analytical approach, with the analysis of pertinent data and graphs. In order to develop the three specific objectives proposed, a bibliography was read about the subject, a critical analysis of the authors making the appropriate comparison of ideas and, later, the database of the Inter-Union Department of Statistics and Social Studies (DIEESE) , The National Bank for Economic and Social Development (BNDES) and the Central Bank (BACEN), to follow the evolution of the Brazilian public debt. It is argued here that the Brazilian public indebtedness since the 1990s has been the inducement of growth, first, the monetary policy inaugurated by the Real Plan inaugurated after the Brazilian government's acceptance of the conditions imposed in the Brady plan and, second, by all the governments that followed the government of Fernando Henrique Cardoso.
Portuguese Abstract: O presente trabalho busca discutir em linhas gerais os aspectos relativos às mudanças no endividamento econômico no sistema capitalista nos últimos anos e as mudanças do capitalismo no Brasil. Mais especificamente, o trabalho objetiva expor o endividamento brasileiro, suas origens e as consequências do endividamento e das políticas econômicas para a economia nacional na década de 90. Nesse sentido, pretendese responder ao seguinte questionamento: como as transformações recentes no capitalismo influenciaram na evolução da composição da dívida pública brasileira a partir de 1990? A pesquisa será elaborada a partir de uma revisão bibliográfica e de uma abordagem histórica analítica, com a análise de dados e gráficos pertinentes. Para desenvolver os três objetivos específicos propostos foi realizada a leitura da bibliografia a respeito do tema, análise crítica dos autores fazendo o devido confronto de ideias e, posteriormente, utilizou-se da base de dados do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Sociais (DIEESE), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Banco Central (BACEN), para acompanhar o processo de evolução da dívida pública brasileira. Aqui defende-se que o endividamento público brasileiro a partir da década de 1990 tem por indutor do seu crescimento, primeiro, a política monetária inaugurada pelo Plano Real inaugurada após a aceitação do governo brasileiro das condições imposta no plano Brady e, segundo, continuidade dessa política por todos os governos que se seguiram ao governo de Fernando Henrique Cardoso.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26150
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Endividamentobrasileirocontexto_Leite_2018.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.