Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26151
Title: Política, mediação e conflitos: a construção social de lideranças indígenas Pitaguary (CE)
Authors: Gonçalves, Cayo Robson Bezerra
Keywords: Pitaguary;Lideranças;Faccionalismo;Movimento indígena;Ceará;Mediação;Emoções
Issue Date: 25-Jun-2018
Citation: GONÇALVES, Cayo Robson Bezerra. Política, mediação e conflitos: a construção social de lideranças indígenas Pitaguary (CE). 2018. 341f. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: This research aims at analyzing how the Pitaguary (CE) indigenous leaderships are constructed, modeled and acted upon and, consequently, how they maintain their legitimacy both in a local sphere and in a translocal scenario of ethnic mobilizations. In this way, I approach the process of social and political organization Pitaguary, giving shape to internal factional conflicts. From a procedural and historical perspective, taking into account the dynamics and processes of territorialization of the aforementioned ethnic group, we can see how these subjects become central mediating agents in the negotiation of demands and dialogue with the State. The performance and recognition of these actors both in their communities and in terms of the indigenous movement, in which they also participate, is based on their political involvement in different fields of contention, among them: education, retakes, ethnic mobilization political and even factional dynamics. In this way, the leaderships of the four Pitaguary villages trigger distinct supports, influences, powers and prestige, including varied institutional agents.
Portuguese Abstract: Esta pesquisa tem o objetivo de analisar como se constroem, modelam e agem as lideranças indígenas Pitaguary (CE) e, consequentemente, como elas mantêm sua legitimidade tanto em uma esfera local quanto em um cenário translocal de mobilizações étnicas. Dessa forma, abordo o processo de organização social e política Pitaguary, dando contorno aos conflitos faccionais internos. A partir de uma perspectiva processual e histórica, levando em consideração as dinâmicas e os processos de territorialização do referido grupo étnico, podemos perceber como esses sujeitos transformam-se em agentes mediadores centrais na negociação de demandas e no diálogo com o Estado. A atuação e o reconhecimento desses atores tanto em suas comunidades quanto em termos do movimento indígena, no qual eles também participam, se faz a partir de seus envolvimentos políticos em diferentes campos de disputa, entre eles: na educação, nas retomadas, na mobilização étnico-política e até mesmo nas dinâmicas faccionais. Dessa forma, as lideranças das quatro aldeias Pitaguary acionam apoios, influências, poderes e prestígios distintos, inclusive com agentes institucionais variados.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26151
Appears in Collections:PPGAS - Mestrado em Antropologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Políticamediaçãoconflito_Gonçalves_2018.pdf12,69 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.