Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26280
Título: Gaston Bachelard e a educação
Autor(es): Sousa, Tairone Lima de
Palavras-chave: Gaston Bachelard;Pedagogia científica;Formação
Data do documento: 8-Jun-2018
Referência: SOUSA, Tairone Lima de. Gaston Bachelard e a educação. 2018. 186f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: Gaston Bachelard’s epistemology criticizes the traditional forms of education by understanding education with the sense of formation, defending a permanent formation of the human beings. This sense of formation, in Bachelardian thought, runs through the two strands of his work - scientific and poetic - emphasizing the unpredictable need to experience the real and the unreal for the formation of the individual. It is by a copious process of disillusionment, rectification of errors, and removal of the obstacles, which Bachelard understands the permanent formation of man, which never presents itself a priori objective, but with a past of rectified errors. Therefore, the present research has as its general purpose to investigate the contributions of Gaston Bachelard’s epistemology to the field of education, highlighting the idea of a scientific pedagogy in teaching as a foundation for the development and the formation of a new scientific spirit, opposing the traditional forms of teaching. Its specific objectives are to situate Gaston Bachelard’s thought within the French academic-philosophical-cultural context; to investigate the main concepts of the epistemology of Gaston Bachelard; and to analyze contributions of the bachelardian thought to the field of education, besides clarifying the reason of the necessity of a new pedagogy in the teaching, defended by the author. This research is based on the assumption that Gaston Bachelard's epistemology has a "pedagogical background" that is still little explored, expressed when the author highlights the "pedagogical aspect" that scientific notions carry. It is a research of a theoretical nature on the work of the French philosopher, therefore, taking the form of a bibliographical research. In this sense, we explain the main concepts derived from his epistemology, such as: the notions of applied rationalism; of regional rationalisms; of integral rationalism; of epistemological obstacles; of epistemological profile; of philosophy of the not to be, besides the collective character of the scientific activity and aspects of the role of the imagination. Next, we analyze the contributions of Gaston Bachelard's thought to the field of education in order to clarify why the need for a new pedagogy in teaching. Another aspect evidenced was the possible relationship between regional rationalisms and discussions in the field of school interdisciplinarity, which, as we understand it in this work, "preserves" the epistemological field of each area, but seeking dialogue with other disciplines in order to seek not to let go of the complex reality to which the subjects are inserted. We conclude that Bachelardian scientific pedagogy sheltersthe presuppositions of its epistemology when worrying about the foundations and the requirements for the development of the scientific spirit, cultivating the desire to construct in the teaching the development of a new, scientific pedagogy from a pedagogy of formation.
Resumo: A epistemologia de Gaston Bachelard critica as formas tradicionais de ensino ao entender a educação com o sentido de formação, defendendo uma formação permanente dos sujeitos. Esse sentido de formação, no pensamento bachelardiano, percorre as duas vertentes da sua obra – a científica e a poética – ressaltando a impreterível necessidade da vivência do real e do irreal para a formação do sujeito. É por um processo copioso de desiludir-se, retificar os erros e afastar os obstáculos que Bachelard entende a formação permanente do homem, que nunca se apresenta a priori objetivo, mas com um passado de erros retificados. Nesse contexto, a presente pesquisa tem como objetivo geral investigar contribuições da epistemologia de Gaston Bachelard para o campo da educação, destacando a ideia de uma pedagogia científica no ensino como fundamento para o desenvolvimento e a formação de um novo espírito científico, contrapondo-se às formas tradicionais de ensino. Seus objetivos específicos consistem em situar o pensamento de Gaston Bachelard dentro do contexto acadêmico-filosófico-cultural francês; investigar os principais conceitos da epistemologia de Gaston Bachelard; e analisar contribuições do pensamento bachelardiano para o campo da educação, além de clarear o porquê da necessidade de uma pedagogia nova no ensino, defendida pelo autor. Essa pesquisa parte do pressuposto de que a epistemologia de Gaston Bachelard tem um “fundo pedagógico” ainda pouco explorado, expresso quando o autor destaca o “aspecto pedagógico” que as noções científicas carregam. Trata-se de uma pesquisa de natureza teórica sobre a obra do filósofo francês, portanto, assumindo a forma de uma pesquisa bibliográfica. Neste sentido, explicitamos os principais conceitos oriundos da sua epistemologia, como: as noções de racionalismo aplicado; de racionalismos regionais; de racionalismo integrante; de obstáculos epistemológicos; de perfil epistemológico; de filosofia do não, além do caráter coletivo da atividade científica e aspectos do papel da imaginação. Em seguida, analisamos as contribuições do pensamento de Gaston Bachelard para o campo da educação visando clarear o porquê da necessidade de uma pedagogia nova no ensino. Outro aspecto evidenciado foi a possível relação entre os racionalismos regionais e as discussões no campo da interdisciplinaridade escolar que, na forma como a entendemos neste trabalho, “preserva” o campo epistemológico de cada área, mas procurando o diálogo com as outras disciplinas a fim de buscar não se desprender da complexa realidade à qual os sujeitos estão inseridos. Concluímos que a pedagogia científica bachelardiana alberga os pressupostos de sua epistemologia ao se preocupar com os fundamentos e os requisitos para o desenvolvimento do espírito científico, cultivando o desejo de construir no ensino o desenvolvimento de uma pedagogia nova, científica a partir de uma pedagogia da formação.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26280
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GastonBachelardeducação_Sousa_2018.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.