Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26365
Title: Ensino de segurança do paciente em ambiente virtual de aprendizagem
Authors: Pessoa, Thiago de Lima
Keywords: Segurança do paciente;Educação continuada;Educação à distância;Erros de medicação
Issue Date: 24-Sep-2018
Citation: PESSOA, Thiago de Lima. Ensino de segurança do paciente em ambiente virtual de aprendizagem. 2018. 61f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: Introduction: Medication errors are common and cause financial distress and costs that can be avoided. Mitigation of the occurrence of adverse drug events is addressed as a priority on the World Health Organization (WHO) policy agenda, which recommends including patient safety knowledge in health professions' curricula and lifelong education as measures to reduce risks and avoid harm to patients. In this context, a curricular component was developed on safety in the medication process in a virtual learning environment for the health professions. Aim: To evaluate the consistency, quality and effects of a distance education intervention, structured by open educational resources, to improve knowledge about safe medication in health professionals and students. Method: A study with an uncontrolled quasi-experimental design with the development and evaluation of a massive open online course (MOOC) in Moodle platform, with a workload of 30 hours. Two evaluation questionnaires were applied, respectively, one of satisfaction with six questions and knowledge tests (pre and post) containing seven multiple choice questions. Results: The module was made made available in the AVASUS - Virtual Learning Environment of the Brazilian Unified Health System, in February 2018, being offered to professionals and students in the health area. Of the 2,256 participants enrolled, 731 (64.7%) were included for the evaluation of the reaction and learning, answering the satisfaction questionnaire and the tests (pre and post). The questionnaire used for satisfaction assessment presented Cronbach's alpha of 0.8, which showed a good internal consistency. The satisfaction evaluation presented a median of 1.0, that is, 100% of the score, demonstrating that the method and resources used in the course were well evaluated as an educational strategy. Regarding the level of learning, after the application of the pre- and post-tests, the increase in grades from 8.2 to 8.9 (p <0.05) was observed. The relative improvement was approximately 40%, which demonstrated significant learning of participants. Pharmacy was the professional category that presented better performance in the tests, with a relative improvement of approximately 65%, (p <0.05). Conclusions: The strategy used in this MOOC, with the use of open educational resources, proved to be effective for teaching patient safety in the medication process at the levels of satisfaction and learning.
Portuguese Abstract: Introdução: Erros de medicação são comuns e causam sofrimento e custos financeiros que podem ser evitados. A mitigação da ocorrência de eventos adversos a medicamentos é tratada como prioridade na agenda política da Organização Mundial de Saúde (OMS), que recomenda a inclusão do conhecimento de segurança do paciente nos currículos das profissões de saúde e a educação permanente como medidas para reduzir riscos e evitar danos aos pacientes. Nesse contexto, foi desenvolvido um componente curricular sobre segurança no processo de medicação em ambiente virtual de aprendizagem para as profissões de saúde. Objetivo: Avaliar a consistência, qualidade e efeitos de uma intervenção de educação à distância, estruturada por recursos educacionais abertos, para a melhoria do conhecimento sobre medicação segura em profissionais e alunos da área da saúde. Método: Estudo com delineamento quase-experimental não controlado com o desenvolvimento e avaliação de um curso online aberto e massivo (MOOC) em plataforma Moodle, com carga horária de 30 horas. Dois questionários de avaliação foram aplicados, respectivamente, um de satisfação com seis perguntas e testes de conhecimento (pré e pós) contendo sete questões de múltipla escolha. Resultados: O módulo foi disponibilizado no Ambiente Virtual de Aprendizagem do Sistema Único de Saúde (AVASUS), em fevereiro de 2018, sendo ofertado para profissionais e alunos da área de saúde. Dos 2.256 participantes inscritos, 731 (64,7%) foram incluídos para a avaliação da reação e de aprendizagem, respondendo ao questionário de satisfação e aos testes (pré e pós). O questionário utilizado para avaliação de satisfação apresentou alfa de Cronbach de 0,8, o que demonstrou uma boa consistência interna. A avaliação de satisfação apresentou mediana de 1,0, ou seja, 100% do escore, demonstrando que o método e os recursos utilizados no curso foram bem avaliados como como estratégia educacional. Em relação ao nível de aprendizagem, após a aplicação do pré e pós-testes, foi observado o aumento das notas de 8,2 para 8,9 (p < 0,05). A melhoria relativa foi de, aproximadamente, 40%, o que demonstrou aprendizado significativo dos participantes. Farmácia foi a categoria profissional que apresentou melhor desempenho nos testes, com uma melhoria relativa de, aproximadamente, 65%, (p < 0,05). Conclusões: A estratégia utilizada neste MOOC, com o emprego de recursos educacionais abertos, mostrou-se efetiva para o ensino de segurança do paciente no processo de medicação nos níveis de satisfação e aprendizagem.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26365
Appears in Collections:MPEENSA - Mestrado Profissional em Ensino na Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ensinosegurançapaciente_Pessoa_2018.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.