Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26400
Título: Avaliação do índice de desenvolvimento da educação básica (IDEB): um estudo em municípios do Rio Grande do Norte (2011- 2015)
Autor(es): Rocha, Maria das Vitórias Ferreira da
Palavras-chave: Política pública;Avaliação de política pública;Ideb;Qualidade da Educação
Data do documento: 12-Set-2017
Citação: ROCHA, Maria das Vitórias Ferreira da. Avaliação do índice de desenvolvimento da educação básica (IDEB): um estudo em municípios do Rio Grande do Norte (2011- 2015). 2017. 330f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Resumo: Concerning several concepts that are related to evaluation, the idea of education predominates as a space of greater privilege of evaluation. Evaluation beyond learning, especially in public policies, as a social research, and it will be the approach of this research. About evaluation of public policies in education, it takes on an increasing social importance, that goes beyond the daily classes in schools and the evaluation of learning by teachers. When is extended and goes beyond school learning, it has shown relevant meanings in the political goals of governments for the creation of public policies. Although it is in the process of outspread and is considered by various perspectives, conceptual and methodological approaches. What we intend in this research, is to retake the evaluation as a test, based on the literature of evaluation in public policies in the educational field. So, this thesis addresses the evaluation of the Basic Education Development Index results (Ideb) in the state of Rio Grande do Norte. So, two municipalities that present the higher and lower results, based on arithmetic mean over the past three public schools indexes in middle school (basic education), respectively: Santana do Seridó and São José do Campestre. In its formal aspect, the Ideb was created as an indicator to measure the quality of education in Brazilian public schools, to reach the designed goals, such as governmental control and regulation of the brazilian state reforms for education. Thereby, this study aimed to answer the question: What do the results of Ideb explain in the state of Rio Grande do Norte? The main objective of this research is to understand the results of Ideb in middle school education in the state of Rio Grande do Norte, from 2011 to 2015. The general hypothesis or a guide for the research was that Ideb does not addresses all the central elements of learning that result in an effective improvement in quality of education.This hypothesis was based in general and in important topics, from the analysis of field research, when we noticed several central aspects and limiting elements of learning, which are not considered when analysing the quality of education by the policies of evaluation in Brazil, in particular, Saeb and Ideb. The methodology included creation of Ideb evaluation indicators and quality of education, literature review, documentary research, secondary data collection and field research with visits to the observed municipalities as well as interviews with groups of students and parents. Also, semi-structured interviews with the subcoordination for the educational evaluation of the State Secretariat for Education (SEEC), school management, teachers, parents and students.This study was developed by a process of evaluation, based on multiple case study, with a qualitative approach.
metadata.dc.description.resumo: Dos vários conceitos que integram o campo da avaliação, predomina a ideia da educação como espaço de maior privilégio da avaliação. A avaliação para além da aprendizagem, em especial no campo das políticas públicas, enquanto pesquisa social, será o campo de abordagem desta pesquisa. Ao que concerne à avaliação de políticas públicas na educação, esta assume uma crescente importância social, que vai além do cotidiano de sala de aula e da avaliação da aprendizagem pelos professores. Quando estendida e ultrapassando o âmbito da aprendizagem escolar, tem evidenciado dimensões relevantes na agenda política dos governos para elaboração de políticas públicas. Embora em processo de desdobramento e considerada por várias perspectivas e enfoques conceituais e metodológicos, o que pretendemos nesta pesquisa é resgatar a avaliação como teste, sob a égide da literatura de avaliação de políticas públicas no campo educacional. Desse modo, consiste a presente tese em avaliar os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb, no Rio Grande do Norte. Para tanto, foram selecionados dois municípios que apresentaram maior e menor resultado, com base na média aritmética dos três últimos índices das escolas públicas dos anos finais do ensino fundamental da educação básica, respectivamente: Santana do Seridó e São José do Campestre. No seu aspecto formal, o Ideb foi formulado como indicador para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas brasileiras, com vistas ao alcance das metas projetadas, como controle governamental e regulação das ditas reformas do Estado brasileiro para a área da educação. Este estudo buscou responder ao seguinte problema de pesquisa: o que explica os resultados do Ideb no Estado do Rio Grande do Norte? O objetivo central da pesquisa, por sua vez, é compreender os resultados do Ideb, nos anos finais do ensino fundamental, no Estado do RN, no período de 2011 a 2015. A hipótese geral ou norte para guiar a pesquisa foi que o Ideb não contempla todos os elementos centrais da aprendizagem, que resultam numa efetiva melhoria da qualidade da educação. Hipótese essa que foi verificada no geral e em pontos importantes a partir da análise da pesquisa de campo, quando encontramos uma série de pontos e elementos centrais limitantes da aprendizagem, que não são considerados ao aferir-se qualidade da educação pelas políticas de avaliação no Estado brasileiro, em específico, o Saeb e Ideb. O processo metodológico utilizado incluiu a elaboração de indicadores de avaliação do Ideb e da qualidade da educação, além da revisão bibliográfica, pesquisa documental, coleta de dados secundários e pesquisa de campo com visitas aos municípios pesquisados e realização de entrevistas com grupos focais de alunos e pais/responsáveis e entrevistas semiestruturadas com a subcoordenação estadual de avaliação da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura – SEEC, gestão escolar, professores, pais/responsáveis e alunos. O estudo desenvolveu-se por meio de uma avaliação de processo a partir do estudo de casos múltiplos com abordagem qualitativa.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26400
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo TamanhoFormato 
Avaliaçãoíndicedesenvolvimento_Rocha_2018.pdf6,33 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.