Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/26403
Title: Grande mídia e a construção de uma legitimidade discursiva sobre a universidade brasileira durante a greve de 2015
Authors: Santos, Maria Stella Galvão
Keywords: Análise crítica do discurso;Campo jornalístico;Poder simbólico;Grande mídia;Greve nas Universidades
Issue Date: 28-Aug-2018
Citation: SANTOS, Maria Stella Galvão. Grande mídia e a construção de uma legitimidade discursiva sobre a universidade brasileira durante a greve de 2015. 2018. 155f. Tese (Doutorado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A pesquisa desenvolvida em torno do tema “Grande mídia e a construção de uma legitimidade discursiva sobre a universidade brasileira durante a greve de 2015” articula-se com base em questionamentos relacionados à interação entre dois campos de tensão: o educacional e o midiático. Seu objetivo central é o de analisar a produção discursiva da grande mídia sobre a universidade pública brasileira, a partir das notícias veiculadas durante a greve de docentes e servidores dessas instituições, no ano de 2015, com a finalidade de desvelar as estratégias de veiculação de pontos de vista sobre a universidade e o movimento paredista. Estas posições são representativas dos interesses de diferentes grupos sociais que constroem uma hegemonia discursiva no âmbito das disputas de sentidos produzidas no cenário e período estudados. O referencial teórico adotado se baseia, por um lado, na Sociologia Reflexiva de Pierre Bourdieu, notadamente no conceito de poder simbólico e nas produções do autor que discutem o jornalismo por seu teor homogeneizante de campos sociais, e por produzir mecanismos de construção seletiva de opiniões e representações sobre a realidade social. Os conceitos de campo social e de habitus presentes na obra de Bourdieu foram utilizados de forma a aclarar aspectos estruturais da dinâmica do campo jornalístico na sociedade brasileira e sua relação com os campos acadêmico, econômico e político. Por outro lado, também compõe o quadro teórico autores como van Dijk, Fairclough e Fowler, os quais, na mesma linha crítica de Bourdieu, embora com formulações diferenciadas, ajudam a esclarecer e expor os mecanismos entranhados na prática noticiosa que permitiram aos meios veicular um sentido hegemônico sobre a universidade no contexto sóciopolítico-econômico no qual eclodiu a greve de 2015. Integraram, portanto, a análise e interpretação dos dados, alguns conceitos chaves da teoria da comunicação como gatekeeping, agenda-setting e „valores notícia‟, estreitamente vinculados à seleção dos acontecimentos e aos critérios de relevância para a noticiabilidade dos fatos. A metodologia adotada tomou por base os pressupostos da Análise Crítica do Discurso, ferramenta conceitual e pragmática desenvolvida pelos autores citados, a qual permitiu identificar, entre os meses de maio a outubro de 2015, tanto as estratégias de produção da notícia, quanto de construção dos discursos que emergiram da cobertura de três periódicos selecionados (Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Correio Braziliense) e de um portal de notícias (G1, do Grupo Globo). Os resultados revelam não apenas os filtros que impregnam o processo de produção da notícia, como os relatos rarefeitos sobre o movimento, a cobertura limitada à superficialidade dos fatos ou a prioridade de veiculação no descenso do movimento, mas também as diferentes estratégicas discursivas apoiadas, por exemplo, na manipulação de títulos que destoam do teor da notícia ou na seleção de entrevistados cujas declarações buscaram legitimar uma dada visão sobre o movimento pesquisado e o ensino superior público no país.
Abstract: This research was developed about “Great media and the construction of a discursive legitimacy in 2015 brazilian public university strike". The research aimed to analyze the tension between two sides, the university and the media. Its goal was to analyze the discursive production of the mass media on the Brazilian public university, based on the news published during the teachers‟ and employees‟ 2015 strike, in order to find strategies both sides, university leaders and strikers had adopted to defend their points of view. These positions show distinct social groups‟ process to build a discursive hegemony in the discourse building during the studied period. The theoretical framework was based on Pierre Bourdieu's Reflective Sociology, notably on their concepts of symbolic power and of journalism as an homogenizing content of social fields, and on the production mechanisms for the selective construction of opinions and representations about social reality. The concepts of social field and habitus present in Bourdieu's work were used in order to clarify structural aspects of the dynamics of the press in Brazilian society and its relationship with the academic, economic and political fields. The theoretical framework also includes authors such van Dijk, Fairclough and Fowler, who, as Bourdieu (although with distinct formulations) help clarify and expose news practices that allowed them to create a hegemonic sense about the university during 2015 strike, in socio-political-economic context. To analyze raw data, we used key communication theory concepts, such gatekeeping, agenda-setting and 'news values'. These concepts were closely linked to the selection of events and criteria of relevance for news reporting. The methodology adopted was based on the assumptions of Critical Discourse Analysis, a conceptual and pragmatic tool developed by the aforementioned authors, which allowed identifying, between May and October 2015, both the news production strategies and the construction of the (Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo and Correio Braziliense) and a news portal (G1, from Grupo Globo). The results reveal not only the filters that permeate the process of news production, such as the rarefied reports about the movement, the coverage limited to the superficiality of the facts or the priority of placement in the decline of the movement, as well as the different discursive strategies supported, for example, in the manipulation of titles that deviate from the content of the news or in the selection of interviewees whose statements sought to legitimize a given vision about the movement surveyed and public higher education in the country.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26403
Appears in Collections:PPGED - Doutorado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Grandemídiaconstrução_Santos_2018.pdf2,28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.