Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26514
Title: A experiência de Branquinha: um estudo das atividades produtivas da Associação das Produtoras Agroecológicas da Zona da Mata de Alagoas - APROAGRO, conforme os princípios da Economia de Comunhão EdC
Authors: Santos, William Soares dos
Keywords: Experiência de Branquinha;Economia de Comunhão;Reciprocidade;Gratuidade
Issue Date: 14-Sep-2018
Citation: SANTOS, William Soares dos. A experiência de Branquinha: um estudo das atividades produtivas da Associação das Produtoras Agroecológicas da Zona da Mata de Alagoas - APROAGRO, conforme os princípios da Economia de Comunhão EdC. 2018. 231f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O objetivo desta tese é analisar as práticas solidárias produtivas realizadas pela Associação das Produtoras Agroecológicas da Zona da Mata de Alagoas – APROAGRO, a partir dos princípios da Economia de Comunhão EdC. Com base nas práticas socioprodutivas, será levada em consideração a eficácia dessas dinâmicas. Trata-se de uma associação de mulheres do assentamento Zumbi dos Palmares, município de Branquinha/AL, cujo caráter familiar solidário tem como objetivo gerar renda para os moradores do assentamento. As atividades desempenhadas são essencialmente agrárias, isto é, voltadas para a agricultura familiar e atividades artesanais. Têm como objetivo serem gerenciadas e comercializadas de forma comum, de acordo com o estilo de produção cooperativista. A Economia de Comunhão, mediante a ética cristã da partilha gratuita e recíproca dos bens materiais, tem o propósito de suscitar, na liberdade, a divisão de parte dos lucros obtidos por empresas que aderem a esta proposta. Intervir junto aos empobrecidos, na perspectiva de sua inclusão socioeconômica é a meta a ser atingida. Trata-se de um projeto que foi lançado no Brasil, em maio de 1991, pela italiana Chiara Lubich (1920-2008), fundadora do grupo religioso cristão católico denominado Movimento dos Focolares. A abordagem seráum estudo de caso no contexto socioeconômico da APROAGRO, como alternativa ao modelo de produção hegemônico capitalista. O embasamento teórico principal apoiou-se na perspectiva da teoria da dádiva de Marcel Mauss (1974), mediante a qual foi possível realizar uma discussão acerca dos fundamentos teóricos da Economia de Comunhão, relacionando-os às práticas produtivas do empreendimento. Ao indagarmos sobre a eficácia e a viabilidade econômica da EdC, partimos da hipótese de que os projetos de desenvolvimento econômico que foram realizados na associação, sob a égide da Economia de Comunhão, geraram melhorias socioeconômicas para os assentados. Consequentemente, o capital poderá ser considerado mais humanizado na medida em que sua aquisição e distribuição forem resultados de uma dinâmica produtiva solidária. Constatamos que o capitalismo hegemônico, que se impõem ao contexto econômico global, não é absoluto, pois existem outras dinâmicas produtivas que a ele se contrapõem, a exemplo das práticas solidárias produtivas da Experiência de Branquinha.
Abstract: The objective of this thesis is to analyze the solidary productive practices carried out by the Associação das ProdutorasAgroecológicas da Zona da Mata de Alagoas – APROAGRO, based on the principles of the Economy of Communion (EoC). Based on socio-productive practices, the effectiveness of these dynamics will be taken into account. This is a women's association of the Zumbi dos Palmares settlement, at Branquinha/AL, whose family character is aimed at generating income for the residents of the settlement. The activities carried out are essentially agrarian, that is, directed towards family farming and artisanal activities. They aim to be managed and commercialized in a common way, according to the cooperative style of production. The Economy of Communion, through the Christian ethics of free and reciprocal sharing of material goods, is intended to give rise, in liberty, to a free division of part of the profits made by companies that adhere to this proposal.Intervening with the impoverished from the perspective of their socioeconomic inclusion is the goal to be achieved. It is a project that was launched at Brazil on May, 1991, by the Italian Chiara Lubich (1920-2008), founder of the Catholic Christian religious group called the Movimento dos Focolares(Focolare Movement). The approach will be a case study in the socioeconomic context of APROAGRO as an alternative to the model of capitalist hegemonic production. The main theoretical orientation was based on the perspective of Marcel Mauss's (1974) gift theorythrough which it was possible to discuss the theoretical foundations of the Economy of Communion and relating it the productive practices of the enterprise. When we inquired about the effectiveness and economic viability of the EoC, we assume that the economic development projects that were carried out in the association, under the aegis of the Economy of Communion, it generated socioeconomic improvements for the settlers. We find that hegemonic capitalism, which imposes itself on the global economic context, is not absolute, for there are other productive dynamics that oppose it, as in the productive practices of Branquinha's Experiences.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26514
Appears in Collections:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ExperiênciaBranquinhaestudo_Santos_2018.pdf16.57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.