Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26566
Title: Ensino da segurança do paciente: percepções e vivências de docentes da saúde
Other Titles: Teaching of patient safety: perceptions and experiences of teachers of health
Authors: Bezerril, Manacés dos Santos
Keywords: Segurança do paciente;Educação em saúde;Docentes
Issue Date: 5-Dec-2018
Citation: BEZERRIL, Manacés dos Santos. Ensino da segurança do paciente: percepções e vivências de docentes da saúde. 2018. 83f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Na perspectiva de estimular uma formação profissional mais ampla no que concerne à segurança do paciente, a Organização Mundial de Saúde lançou o Guia Curricular Multiprofissional de Segurança do Paciente para impulsionar a introdução da temática nas atividades desenvolvidas pelos docentes nas instituições formativas e incitar sua inserção no ensino. Destarte, torna-se relevante compreender como se dá o entendimento da segurança do paciente pelos docentes e quais os desafios do ensino da segurança do paciente segundo a Teoria da Complexidade proposta por Edgar Morin. Por conseguinte, a questão norteadora desse estudo foi: quais as percepções e vivências de docentes da área da saúde de uma universidade pública sobre o ensino da segurança do paciente? E, teve como objetivo, identificar as percepções e vivências de docentes da área da saúde de uma universidade pública sobre o ensino da segurança do paciente. Trata-se de uma pesquisa descritiva de métodos mistos com estratégia de triangulação concomitante; o cenário de pesquisa foi a Universidade Federal do Rio Grande do Norte e envolveu os docentes dos departamentos do Centro de Ciências da Saúde, a amostra foi do tipo estratificada e contou com 96 participantes. Para a coleta de dados utilizou-se o Google Forms e/ou formulário impresso composto pelos dados de caracterização dos participantes e por questões abertas acerca das vivências e percepções dos docentes para com a segurança do paciente. A análise dos dados foi realizada de forma descritiva simples e utilizou-se a Classificação Hierárquica Descendente e a análise de similitude com auxílio do software Interface de R pour Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionneires. O estudo está em conformidade com os preceitos éticos estabelecidos pela Resolução Nº 466, de 12 de dezembro de 2012, do Conselho Nacional de Saúde e teve sua aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa, Certificado de Apresentação para Apreciação Ética: 80929617.1.0000.5537. Dentre os participantes por cursos obteve-se representatividade da educação física (7,4%), enfermagem (8,3%), farmácia (7,4%), fisioterapia (7,4%), fonoaudiologia (3,1%), medicina (42,7%), nutrição (6,0%), odontologia (12,5%) e saúde coletiva (5,2%). A partir do processamento da Classificação Hierárquica Descendente, emergiram cinco classes: percepções sobre a segurança do paciente; ações para a inclusão da segurança do paciente na formação acadêmica; dificuldades para implementação da segurança do paciente no processo formativo; aprimoramentos teóricos e práticos para o ensino da segurança do paciente; vivências com a segurança do paciente no ensino e na pesquisa. Concluiu-se que os docentes da área da saúde compreendem a relevância de inserir a segurança do paciente como tema transversal no processo ensino-aprendizagem nos mais diversos níveis acadêmicos, como uma forma de potencializar a formação dos futuros e atuais profissionais da saúde, e, por conseguinte, propiciar um cuidado efetivo, seguro e de qualidade.
Abstract: With a view to stimulating broader professional training in patient safety, the World Health Organization launched the Multiprofessional Curriculum Guide on Patient Safety to encourage the introduction of the theme in the activities carried out by teachers in the training institutions and encourage their inclusion in the teaching. Thus, it is relevant to understand how the understanding of patient safety by teachers and what challenges the teaching of patient safety according to the Theory of Complexity proposed by Edgar Morin. Therefore, the guiding question of this study was: what are the perceptions and experiences of health professors of a public university about the teaching of patient safety? And, it aimed to identify the perceptions and experiences of teachers of the health area of a public university on the teaching of patient safety. It is a descriptive research of mixed methods with concomitant triangulation strategy; the research scenario was the Federal University of Rio Grande do Norte and involved the teachers of the departments of the Health Sciences Center, the sample was stratified type and had 96 participants. For data collection, we used the Google Forms and / or printed form composed of the characterization data of the participants and for open questions about the experiences and perceptions of the teachers for the safety of the patient. Data analysis was carried out in a simple descriptive way and we used the Descending Hierarchical Classification and similarity analysis with the aid of the Interface Software of R for Multidimensionnal Analyzes of Textes et de Questionneires. The study is in accordance with the ethical precepts established by Resolution No. 466, of December 12, 2012, of the National Health Council and had its approval from the Committee of Ethics in Research, Certificate of Presentation for Ethical Appreciation: 80929617.1.0000.5537. Among the participants in the courses, physical education (7.4%), nursing (8.3%), pharmacy (7.4%), physiotherapy (7.4%), speech therapy (3.1%) , medicine (42.7%), nutrition (6.0%), dentistry (12.5%) and collective health (5.2%). From the processing of the Descending Hierarchical Classification, five classes emerged: perceptions about patient safety; actions to include patient safety in academic training; difficulties to implement patient safety in the training process; theoretical and practical improvements in teaching patient safety; experiences with patient safety in teaching and research. It was concluded that the health professors understand the relevance of inserting patient safety as a cross-cutting theme in the teaching-learning process at the most diverse academic levels, as a way to enhance the training of future and current health professionals, therefore, provide effective, safe and quality care.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26566
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ManacesDosSantosBezerril_DISSERT.pdf3,45 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.