Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26568
Title: Política fiscal e crescimento econômico: uma análise do resultado fiscal estrutural para o Brasil no período 1995-2017
Authors: Pontes, Amanda Santos de Oliveira
Keywords: Política fiscal;Resultado fiscal estrutural;Função impulso resposta;Saldo orçamentário estrutural
Issue Date: 19-Dec-2018
Citation: PONTES, Amanda Santos de Oliveira. Política fiscal e crescimento econômico: uma análise do resultado fiscal estrutural para o Brasil no período 1995-2017. 2018. 186f. Dissertação (Mestrado em Economia) - Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: The present work aims to investigate the behavior of the discretionary fiscal policy practiced in Brazil between 1995 and 2017 and its impact on the long term economic growth of the Brazilian economy in the period. Initially, an analysis will be made of the overall performance of the economy and the main macroeconomic indicators. Then, a review of the main orthodox and heterodox theories on fiscal policy and economic growth is carried out, as well as a literature review on the evolution of fiscal policy in Brazil. In order to verify the behavior of the discretionary fiscal policy (discretionary fiscal impulse), the structural fiscal result will be calculated, that is, the fiscal result without considering the fiscal impact of the automatic stabilizers, which vary automatically due to cyclical fluctuations in GDP. Thus, the orientation of discretionary fiscal policy in relation to the direction of the impulse (expansionist or contractionary) and the cycle (anticyclical or procyclical) can be analyzed. Furthermore, from the calculated structural fiscal indicators, we will perform an evaluation of the impact of structural fiscal shocks on Brazilian economic growth in the period, through the estimation of impulse response functions, based on the methodology of Autoregressive Vectors (VAR), more specifically through the estimation of a model with Error Correction Vector (VEC), which evidenced the existence of a long-term relationship between the variables included in the model.
Portuguese Abstract: O presente trabalho tem como objetivo investigar o comportamento da política fiscal discricionária praticada no Brasil entre 1995 e 2017 e seu impacto sobre o crescimento econômico de longo prazo da economia brasileira no período. Inicialmente, será feita uma análise do desempenho geral da economia e dos principais indicadores macroeconômicos. Em seguida, realiza-se uma revisão das principais teorias ortodoxas e heterodoxas sobre política fiscal e crescimento econômico, bem como uma revisão de literatura sobre a evolução da política fiscal no Brasil. Com o intuito de verificar o comportamento da política fiscal discricionária (impulso fiscal discricionário), foi calculado o resultado fiscal estrutural, ou seja, o resultado fiscal sem considerar o impacto fiscal dos estabilizadores automáticos, o qual varia automaticamente devido a flutuações cíclicas no PIB. Com isso, foi possível analisar a orientação da política fiscal discricionária com relação à direção do impulso (expansionista ou contracionista) e com relação ao ciclo econômico (anticíclica ou pró-cíclica). Ademais, a partir dos indicadores fiscais estruturais calculados, realizou-se uma avaliação do impacto de choques fiscais estruturais sobre o crescimento econômico brasileiro no período, por meio da estimação de funções impulso resposta, com base na metodologia de Vetores Autorregressivos (VAR), mais especificamente através da estimação de um modelo com Vetor de Correção de Erros (VEC), o qual evidenciou a existência de uma relação de longo prazo entre as variáveis incluídas no modelo.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26568
Appears in Collections:PPGECO - Mestrado em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Políticafiscalcrescimento_Pontes_2018.pdf3,24 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.