Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26700
Title: Análise da situação epidemiológica das arboviroses dengue, chikungunya e zika no estado do Rio Grande do Norte, Brasil
Other Titles: Analysis of the epidemiological situation of dengue, zika and chikungunya arboviruses in the state of Rio Grande do Norte, Brazil
Authors: Barreto, Vanessa Pinheiro
Keywords: Infecções por Arbovírus;Epidemiologia;Educação em saúde
Issue Date: 20-Dec-2018
Citation: BARRETO, Vanessa Pinheiro. Análise da situação epidemiológica das arboviroses dengue, chikungunya e zika no estado do Rio Grande do Norte, Brasil. 2018. 87f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O acompanhamento do comportamento epidemiológico das arboviroses é de extrema relevância, tendo em vista que o conhecimento acerca da circulação simultânea dos vírus da dengue, zika e chikungunya ainda é incipiente. Diante da necessidade de investigações que abranjam sintomas, agentes etiológicos e fatores sociais e ambientais que possam estar associados às epidemias, este estudo objetiva proceder uma análise da série temporal, perfil epidemiológico e distribuição espacial dos casos de dengue, chikungunya e zika no Estado do Rio Grande do Norte A população foi composta pela série histórica dos casos notificados de dengue no período de 2007 a 2016 disponíveis no Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde e por todos os casos confirmados de dengue, chikungunya e zika notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação durante o período de 2015-2017 e obtidos, respectivamente, através da plataforma Datasus e das fichas de notificação e investigação dos casos disponíveis na Secretaria da Saúde Pública do Estado do Rio Grande do Norte. O estudo foi aprovado e seguiu todos os preceitos da Resolução nº 466 de 2012 do Conselho Nacional de Saúde e obteve parecer favorável do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte sob número 2.445.935, além do Certificado de Apresentação para Apreciação Ética 80007217.0.0000.5537. A região em que foram registrados mais casos notificados de dengue durante a série temporal foi a região Metropolitana (VII) com 93.424 casos notificados. O ano em que houve maior acometimento em concomitância das três arboviroses foi 2016 e a região de saúde que mais obteve casos confirmados no período de 2015-2017 foi a região de Mossoró (II), com o total de 12.253 casos confirmados de dengue, chikungunya e zika. Sobre a caracterização sociodemográfica, o sexo mais acometido foi o feminino, a faixa etária com maior incidência da série temporal foi 60-69 anos e dos casos confirmados das três arboviroses nos anos 2015-2017 foi 20-34 anos. De acordo com os sinais clínicos os que obtiveram maior frequência relativa foram: cefaleia, febre, mialgia e artralgia intensa. Referente a variável hospitalização, houve o predomínio de informações preenchidas como ignorado/branco, os percentuais obtiveram valores acima de 56% e, sobre a evolução do caso, aproximadamente 63% evoluíram para cura. Percebeu-se que durante o ano 2016 houve uma substancial melhora no preenchimento dessas fichas, o qual obteve mais informações sobre as variáveis que estão presentes nas fichas e os dados analisados foram mais condizentes com as informações contidas nos boletins epidemiológicos. Portanto, encoraja-se o desenvolvimento de ações para capacitação dos profissionais que são responsáveis pelo preenchimento das fichas de notificação e, a partir disto, haver mais efetividade no preenchimento havendo, consequentemente, a melhoria da qualidade da informação.
Abstract: Monitoring the epidemiological behavior of arboviruses is extremely relevant, since knowledge about the simultaneous circulation of dengue, zika and chikungunya viruses is still incipient. The objective of this study is to analyze the time series, epidemiological profile and spatial distribution of dengue, chikungunya and zika cases in the State of Rio de Janeiro, Brazil, Grande do Norte The population was composed of the historical series of reported cases of dengue in the period from 2007 to 2016 available in the Department of Informatics of the Unified Health System and for all confirmed cases of dengue, chikungunya and zika reported in the Aggravated Disease Information System during the period 2015-2017, and obtained through the Datasus platform and the fact sheets of notification and investigation of cases available at the Public Health Secretariat of the State of Rio Grande do Norte. The study was approved and followed all the precepts of Resolution No. 466 of 2012 of the National Health Council and obtained a favorable opinion from the Research Ethics Committee of the Federal University of Rio Grande do Norte under number 2,445,935, in addition to the Certificate of Presentation for Ethics Assessment 80007217.0.0000.5537. The region in which most reported cases of dengue fever were recorded during the time series was the Metropolitan Region (VII) with 93,424 reported cases. The year in which the three arboviruses were most affected was 2016 and the health region with the highest number of confirmed cases in the period 2015-2017 was the region of Mossoró (II), with a total of 12,253 confirmed cases of dengue, chikungunya and zika. Regarding the sociodemographic characterization, the sex most affected was the female, the age group with the highest incidence of the time series was 60-69 years and the confirmed cases of the three arboviruses in the years 2015-2017 was 20-34 years. According to the clinical signs, the ones that obtained the highest frequency were: headache, fever, myalgia and intense arthralgia. Regarding the variable hospitalization, there was a predominance of information as ignored / blank, the percentages obtained values above 56% and, on the evolution of the case, approximately 63% evolved to cure. It was noticed that during the year 2016 there was a substantial improvement in the completion of these records, which obtained more information about the variables that are present in the records and the data analyzed were more in keeping with the information contained in the epidemiological bulletins. Therefore, it is encouraged the development of actions to qualify professionals who are responsible for completing the notification forms and, from this, there is more effectiveness in completing it, consequently, improving the quality of information.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26700
Appears in Collections:PPGE - Mestrado em Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Análisesituaçãoepidemiológica_Barreto_2018.pdf1,75 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.