Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26737
Title: Derivação e implantação semiautomática de produtos de software no contexto da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do RN
Authors: Canuto, Jackson Meires Dantas
Keywords: Linha de produto de software;Derivação de produtos;Implantação de softwares;Reengenharia de linha de produto;Geração de códigos-fonte
Issue Date: 31-Jan-2019
Citation: CANUTO, Jackson Meires Dantas. Derivação e implantação semiautomática de produtos de software no contexto da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca do RN. 2019. 125f. Dissertação (Mestrado Profissional em Engenharia de Software) - Instituto Metrópole Digital, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A engenharia de Linhas de Produto de Software (LPS), possui em uma de suas áreas a derivação de produtos, que utiliza a estratégia de implementação de produtos a partir de uma determinada seleção de features. Os seus artefatos desenvolvidos, podem ter sido gerados ou compostos durante a etapa de implementação do domínio. Apesar de sua importância, a atividade de derivação de produtos continua sendo cara e propensa a erros, que ainda é difícil de automatizar e ter suporte por meio de ferramentas. Além disso, poucos trabalhos têm sido dedicados ao processo de derivação de produtos e a aplicação de estratégias no contexto prático. Há uma falta de relatórios empíricos descrevendo a derivação de produtos em ambientes industriais e, em geral. Este trabalho de dissertação de mestrado, propõe a sistematização do processo de distribuição e implantação de sistemas em aplicações Web clonadas, através da derivação semiautomática de produtos de softwares existentes, refatorados para uma LPS. Bem como a utilização do apoio ferramental para realizar a implantação de uma instância do sistema configurado, fazendo com que o produto de software fique disponível e pronto para uso em um servidor. Além disso, foi realizado um estudo empírico para analisar quantitativamente o processo de derivação de produtos, antes e depois da utilização desta abordagem com e sem o apoio ferramental. Esta abordagem especifica um conjunto de atividades sistemáticas e bem definidas, que auxiliam aos analistas de sistemas e programadores a derivarem os produtos que foram refatorados para LPS, a partir de sistemas existentes. Através do uso desta abordagem com o apoio ferramental, será possível gerenciar os produtos e suas features, deixando-os preparados para serem produtos configuráveis de forma semiautomática, e prontos para serem derivados e implantados. O estudo realizado, fornece informações acerca dos conceitos e ações explorados na literatura, tais como: derivação de produtos de software, implantação de software, clonagem de LPS, reengenharia de software para LPS, refatoração de LPS e geração de códigos-fonte. Profissionais podem utilizar este trabalho como base para definir, adaptar ou avaliar suas próprias abordagens de derivação com implantação de produtos. Enquanto os pesquisadores podem usar este trabalho como ponto de partida para novos relatórios industriais, apresentando suas experiências com a derivação de produtos. Os resultados obtidos neste estudo mostraram que ao usar a abordagem proposta, foi possível contribuir com a derivação e implantação de produtos de software de forma mais ágil, produtiva e satisfatória. Mesmo em situações em que o usuário tenha poucas experiências com derivação e implantação de softwares, as ações realizadas para tal, ocorrerão em menos tempo e com uma boa corretude durante este processo.
Abstract: The engineering of Software Product Line (SPL) has the products derivation as one of its areas, which uses the strategy of products implementation from features previously selected. The artifacts developed, can be generated or compound during the step of domain implementation. Despite its importance, the activity of product derivation continues to be costly and error prone, and it is still difficult to automate and have support by means of tools. Furthermore, few papers have been dedicated to the product derivation process and the strategies of applying it in practical context. Thus, there is a lack of empirical reports describing the product derivation in industrial environment, in general. This Master’s dissertation, proposes the systematization of the process of system distribution of cloned web application, through the semiautomatic product derivation of existing softwares, refactoring to SPL. A well as, the use of a support tool to realize the implementation of the instance of the system previously configured, making the software product available and ready to be used in a server. Furthermore, a controlled experiment was conducted to qualitatively and quantitatively analyse product derivation process, before and after the use of this approach with and without the support tool. This approach specifies a set systematic and well-defined activities that help which will assist the system analysts and programmers to do the product derivation of the product refactored to a SPL, from a existenting system. Through the use of an approach supported by a tool, it will be possible to manage the product and its features, leaving it ready to be semiautomatic configured product, ready to be derived end deployed. The study carried out through a controlled experiment, provides information about of the concepts and actions explored in the literature, such as: derivation of softwares products, software deployment, cloning of the SPL, software reengineering of SPL, refactoring of SPL and source-code generation. IT professionals can use this work as a basis for define, adapt or evaluate theirs own derivation approaches with product deployment. While researchers can use this work, as a starting point for new industrial reports, showing yours experiences with in product derivation. The results obtained in this study showed that when using the proposed approach, it was possible to contribute with the derivation and implantation of software products in more agile, productive and satisfaction way. Even in situations where the user has few experiences with derivation and deployment of software, the actions taken to do so will occur in less time and with a good corretude during this process.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26737
Appears in Collections:MPES - Mestrado Profissional em Engenharia de Software

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Derivaçãoimplantaçãosemiautomática_Canuto_2019.pdf6.28 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.