Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26852
Title: Biodiversidade algal e análise dos serviços ecossistêmicos em uma salina do Nordeste, Brasil
Other Titles: Macroalgae biodiversity and analysis of ecosystem services in a Northeast salt, Brazil
Authors: Soares, Rodrigo Herico Rodrigues de Melo
Keywords: Macroalgas;Salina;Serviços ecossistêmicos;Gradiente de salinidade;Distribuição espacial
Issue Date: 8-Jun-2018
Citation: SOARES, Rodrigo Herico Rodrigues de Melo. Biodiversidade algal e análise dos serviços ecossistêmicos em uma salina do Nordeste, Brasil. 2018. 65f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: A produção de sal por evaporação de água do mar é uma das mais antigas das indústrias. Em várias regiões costeiras áridas do mundo, este processo é realizado de forma natural, ou, mais comumente em tanques interligados. As salinas têm elevado valor ecológico para diversas espécies da fauna e flora. Essas áreas fornecem habitat estável, local de reprodução, assim como áreas de forrageio para diversas espécies. Dentro dos tanques onde é produzido o sal, comunidades de vertebrados, invertebrados e algas (macro e micro) são comparáveis a ambientes hipersalinos, as quais apresentam modelos de distribuição em função do gradiente de salinidade. O presente estudo foi realizado em uma salina industrial (Salinor - Salinas do Nordeste S.A) localizada no litoral do Rio Grande do Norte. Esse estudo teve como objetivo analisar a composição e estrutura das comunidades macroalgais em relação ao gradiente de salinidade e identificar os serviços ecossistêmicos potenciais associados à área de estudo. A pesquisa foi dividida em dois capítulos. O primeiro capitulo faz referência à caracterização e distribuição das macroalgas e os fatores ambientais que influenciam a presença ou ausência desses organismos em uma área restrita da salina (evaporadores). No segundo capitulo, dada a importância ecológica e econômica da salina, o estudo teve como enfoque a análise dos serviços ecossistêmicos prestados por esses ambientes. Para o estudo das macroalgas foram demarcadas 17 estações na área dos evaporadores onde as macroalgas se fazem presentes. Um total de 32 espécies de macroalgas foram identificadas, das quais 59% pertenciam ao grupo das algas vermelhas (Rhodophyta), 38% as algas verdes (Chlorophyta) e 3% as algas marrons (Ochrophyta). A distribuição espacial esteve relacionada a vários parâmetros ambientais. Dentre eles a salinidade foi considerada como o fator chave que determinou direta ou indiretamente a composição e a distribuição das macroalgas nos diferentes setores estudados. No entanto, a interação de diferentes fatores, tais como, profundidade, pH, temperatura e nutrientes, influenciaram de maneira distinta sobre os diferentes grupos taxonômicos. Quanto a análise dos serviços ecossistêmicos prestados pela biodiversidade da salina, foi possível identificar um total de 41 serviços ecossistêmicos gerados pelos diferentes habitats (manguezal, apicum, caatinga, evaporadores e cristalizadores). Os serviços analisados se encontram nas quatro categorias existentes (provisão, suporte, regulação e cultural), com diversas funções como por exemplo, fornecimento de alimento, manutenção da biodiversidade, sequestro de carbono, pesquisa e ecoturismo. Assim, os serviços ecossistêmicos desempenhados pela salina demonstram a importância dessa salina não só na manutenção da biodiversidade, mas também do ponto de vista econômico.
Abstract: The salt production by evaporation of sea water is one of the oldest processing activities. In several arid coastal regions, this process is carried out naturally, or artificially in interconnected tanks. The saltwork areas have high ecological value for several species of fauna and flora. These areas provide stable habitat, reproduction grounds, as well as feeding areas for various species. In the tanks where salt is produced, communities of vertebrate, invertebrate and algae (macro and micro) are comparable to hypersaline environments, presenting distribution models as a function of the salinity gradient. The present study was carried out in an industrial salt work (Salinor - Salinas do Nordeste S.A) located on the northern coast of Rio Grande do Norte. This study aimed to analyze the composition and structure of macroalgal communities in relation to the salinity gradient and to identify the potential ecosystem services associated with the study area. This research was divided into two chapters. The first chapter refers to the macroalgae characterization and distribution and environmental factors that influence the presence or absence of these organisms in a restricted saltwork area (ponds). In the second chapter, taking into account the ecological and economic importance of saltwork areas, the study was concerned with the ecosystem services analysis provided by these areas. For the macroalgae distribution study, were delimited 17 stations into the salt work area where the macroalgae are was present. A total of 32 macroalgae species were identified, of which 59% belonged to the group of red algae (Rhodophyta), 38% the green algae (Chlorophyta) and 3% the brown algae (Ochrophyta). The spatial distribution was associated to several environmental parameters. Among all the factors, salinity was considered as the principal, that determined the macroalgae composition and distribution. However, the interaction of different factors, such as depth, pH, temperature and nutrients, had a different influence on the different taxonomic groups. As for the ecosystem services analysis, provided by the saltwork biodiversity, it was possible to identify a total of 41 ecosystem services generated by the different habitats (mangrove, hypersaline tidal flats, caatinga, evaporators and crystallizers). The ecosystem services analyzed were classified in four categories (provision, support, regulation and cultural), with different functions such as food supply, biodiversity maintenance, carbon sequestration, research and ecotourism. Thus, the ecosystem services performed by saltwork areas demonstrate the importance of this areas not only in the biodiversity maintenance, but also from the economic approach.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26852
Appears in Collections:PRODEMA - Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
RodrigoHericoRodriguesDeMeloSoares_DISSERT.pdf1.6 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.