Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26930
Title: Cascalho de perfuração da bacia potiguar como matéria-prima no desenvolvimento de massa cerâmica para revestimento
Authors: Medeiros, Leonardo Coutinho de
Keywords: Argila;Cascalho de Perfuração;Propriedades Tecnológicas
Issue Date: 21-Mar-2014
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MEDEIROS, Leonardo Coutinho de. Cascalho de perfuração da bacia potiguar como matéria-prima no desenvolvimento de massa cerâmica para revestimento. 2014. 143f. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais) - Centro de Ciências Exatas e da Terra. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Portuguese Abstract: Na fabricação de revestimentos cerâmicos porosos as matérias-primas comumente utilizadas são as argilas, carbonatos e o quartzo. Nesse contexto, o cascalho de perfuração, obtido pela perfuração de poços de petróleo nas formações geológicas ricas em rochas calcárias, possui como elementos majoritários os óxidos de cálcio e o quartzo, conferindo-lhe características admissíveis como fonte alternativa de matéria-prima para revestimentos porosos, além de imobilizá-lo em matrizes argilosas visando amenizar o impacto ambiental. Neste trabalho, foi realizado um delineamento de misturas das matérias-primas e, após este, foram obtidas dez formulações, dentre elas, as formulações F1, F4 e F7 participaram do processo de otimização através do planejamento fatorial. As Matérias-Primas utilizadas foram caracterizadas pelas seguintes técnicas: Análise Química por Fluorescência de raios X (FRX); Análise Mineralógica por Difração de raios X (DRX); Análise Granulométrica (AG) e Análise Térmica por Termogravimetria (TG) e Termodiferencial (DTA). Após os ciclos térmicos de 1070 à 1160 °C foram analisados os resultados de retração linear de queima (RLq), absorção de água (AA), tensão de ruptura à flexão (TRF), DRX pós-queima e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) das peças sinterizadas. Os resultados obtidos concluíram que é possível com até 25% em massa do resíduo cascalho de perfuração, confeccionar produtos tecnicamente viáveis que atendam as exigências recomendadas para a produção de revestimento cerâmico.
Abstract: In the manufacture of coatings porous ceramic raw materials commonly used are the clays, carbonates and quartz. In this context, the gravel drilling, obtained by drilling of oil wells in the geological formations rich in limestone rocks, has as elements majority oxides of calcium and quartz, giving them characteristics allowable as an alternative source of raw material for porous coatings, in addition to immobilize it in arrays argillaceous aiming at diminishing the environmental impact. In this study, the authors conducted a randomized mixtures of raw materials and, after this, were obtained ten formulations, among them, three participated in the optimization process through the factorial design. Raw Materials used were characterized by the following techniques: Chemical Analysis by X-ray Fluorescence, Mineralogical Analysis by X-ray Diffraction, Sieve Analysis and Thermal Analysis by Thermogravimetry and Termodiferencial. After the thermal cycles from 1070 to 1160 °C were analyzed the results of firing linear shrinkage, water absorption, resistance to bending three points, X ray diffraction after burning and scanning electron microscopy sintered specimens. The obtained results have concluded that it is possible with up to 25% by mass of residue gravel drilling, manufacture technically viable products that meet the requirements recommended for the production of ceramic coating.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26930
Appears in Collections:PPGCEM - Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CascalhoRerfuracaoRevestimento_Medeiros_2014.pdf4.73 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.