Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27139
Title: Gestão Educacional e Qualidade Social: atuação de dirigentes municipais de educação em dois municípios da microrregião de Cajazeiras/PB (2015-2017)
Authors: Silva, Emanuela Alves da
Keywords: Qualidade social;Gestão municipal da educação;Dirigentes municipais de educação
Issue Date: 27-Feb-2019
Citation: SILVA, Emanuela Alves da. Gestão Educacional e Qualidade Social: atuação de dirigentes municipais de educação em dois municípios da microrregião de Cajazeiras/PB (2015-2017). 2019. 194f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A qualidade da educação é um tema que tem sido amplamente discutido nas academias e nas políticas educacionais nos últimos anos, bem como em plataformas de governos e no cotidiano da ação pedagógico-administrativa de gestões municipais de educação, sinalizando uma categoria com polissêmica, cujo cerne de compreensão relaciona-se diretamente com as intenções de governo frente à organização do Estado, Sociedade e das estruturas de Educação. Assim, evidenciam-se projetos de poder em profundas disputas, tendo como um de seus eixos estruturantes a concepção de qualidade em educação. Foi nesse contexto que o objeto de estudos dessa produção se estabeleceu a partir da atuação de dirigentes municipais de educação em relação à qualidade social. Como questão de pesquisa esse estudo está constituído com o seguinte problema: “Como se constitui a atuação de Dirigentes Municipais de Educação em dois municípios da Microrregião de Cajazeiras/PB em relação à qualidade social?” O objetivo da pesquisa foi analisar a atuação de Dirigentes Municipais de Educação em dois municípios da microrregião de Cajazeiras/PB, no período de 2015 a 2017, em relação à qualidade social. Para tanto, utilizou-se o método dialético pelo fato de que se fez necessário nesse estudo à confrontação de teses e/ou matrizes de pensamento que impedem e que se estruturam contrárias à qualidade social enquanto lógica de gestão municipal de Educação, haja vista os fins e a função social das escolas em diferentes projetos de poder em disputas. Esta pesquisa teve natureza descritiva e analítica. Em seu desdobramento foram utilizadas entrevistas semiestruturadas e análise documental. Os dados da pesquisa foram tratados por análise qualitativa de dados, coletados e organizados ao longo de todo o percurso da investigação. Parte dos resultados desse estudo demonstra que a atuação de Dirigentes Municipais de Educação está ancorada em uma relação de tensão e contradição que tem como elementos estruturantes as políticas nacionais de educação e a cultura de gestão local com forte influência dos modelos personalista e patrimonialista, além das inclinações preponderantemente gerenciais das políticas de educação do Estado da Paraíba. A concepção de qualidade que norteia as práticas de Dirigentes Municipais de Educação tem sido expressamente a da qualidade total, tendo como principais referências às políticas de educação do MEC. Os principais desafios de atuação de Dirigentes Municipais de Educação se concentram nos aspectos político, financeiro e pedagógico. Os avanços catalogados correspondem a uma tímida autonomia das Dirigentes Municipais de Educação que integram os sujeitos dessa pesquisa. Diante esses resultados, analisou-se a atuação das Dirigentes Municipais de Educação em relação à Qualidade Social, donde se identificou que as dirigentes de educação não têm um conceito circunstanciado de Qualidade Social e, por sua vez, apresentam uma perspectiva mais aproximada à lógica de gestão pautada pela qualidade total. A Qualidade Social ainda é uma concepção de que tem sido articulada mais no campo teórico e envida um potencial de estruturação de políticas mais inclusivas, referencializadas pelas condições materiais de vida para todos(as) que agreguem o respeito à diferença e qualificada participação nos rumos de desenvolvimento político-cultural e democrático dos espaços de vida com o outro.
Abstract: The quality of education is a topic that has been widely discussed in the academies and educational policies in recent years, as well as in government platforms and in the quotidian of the pedagogical-administrative action of municipal management of education, signaling a category with polysemy, whose understanding of the core is directly related with the intentions of government across the state organization, Society and Education structures. So are evident power projects in deep disputes, having as one of its structuring axes the conception of quality in education. It was in this context that the object of studies of this production was established from the performance of municipal education leaders in relation to social quality. Como questão de pesquisa esse estudo está constituído com o seguinte problema: "How is the performance of Municipal Education Officers in two municipalities of the Cajazeiras Microregion / PB in relation to social quality?" O objetivo da pesquisa foi analisar a atuação de Dirigentes Municipais de Educação em dois municípios da microrregião de Cajazeiras/PB, in the period from 2015 to 2017, in relation to social quality. Para tanto, utilizou-se o método dialético pelo fato de que se fez necessário nesse estudo à confrontação de teses e/ou matrizes de pensamento que impedem e que se estruturam contrárias à qualidade social enquanto lógica de gestão municipal de Educação, given the aims and social function of schools in different power projects in disputes. This research was descriptive and analytical in nature. In its unfolding semi-structured interviews and document analysis were used. The data of the research were treated by qualitative data analysis, collected and organized throughout the course of the investigation. Part of the results of this study demonstrates that the role of Municipal Education Directors is anchored in a relationship of tension and contradiction that has as structuring elements national education policies and local management culture with strong influence of personalistic and patrimonialist models, The advances cataloged correspond to a timid autonomy of the Municipal Directors of Education that integrate the subjects of this research. In view of these results, the work of the Municipal Education Directors in relation to Social Quality was analyzed, where it was identified that the leaders of education do not have a detailed concept of Social Quality and, in turn, present a perspective closer to the management logic based on total quality. The Social Quality is still a concept that has been most articulated in the theoretical field and shall make a potential structuring more inclusive policies, referenced by the material conditions of life for all that add respect to difference and qualified participation in the directions of political-cultural and democratic development of living spaces with the other.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27139
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gestãoeducacionalqualidade_Silva_2019.pdf2,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.