Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27140
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorFreitas, Alessandra Cardozo de-
dc.contributor.authorFernandes, Gildene Lima de Souza-
dc.date.accessioned2019-06-05T22:04:41Z-
dc.date.available2019-06-05T22:04:41Z-
dc.date.issued2019-02-28-
dc.identifier.citationFERNANDES, Gildene Lima de Souza. Aprendizes de ficção: a construção de histórias por crianças do ensino fundamental. 2019. 192f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27140-
dc.description.abstractThe dissertation discusses literature reading and the process of story production by elementary school children. It aims to analyze the contributions of literary reading and mediation among peers to support the construction of stories by children. It has as the study purpose the production of stories, configured in the genre story, by elementary school children. In methodological terms, a qualitative research - a pedagogical intervention, was taken place, in which the dual role of teacher and researcher is assumed, with the students themselves as subjects - a group of 18 children in the 5th grade of elementary school (in the year of 2017) in a university school at the Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (School of Practices of Federal University of Rio Grande do Norte) - Brazil, the research locus. The relevance of this study is to promote the discussion about the formation of competent readers and writers in groups of children already literate, whose need is pointed out by national reference documents, such as the Base Nacional Curricular Comum (National Curricular Common Base) - BNCC, and reveal that it is important for the children to revisit their texts in order to improve the constitution of their characters and / or entanglements or other elements of the narrative, in order to promote greater identification and satisfaction with their own text. The investigative course is guided by the following assumptions: literature allows those who read an aesthetic experience, sharpens senses and emotions and multiplies experiences; literature is an important food for imagination and creative activity; children are able to express in their texts qualities proper to fictional productions, constituting themselves "apprentices of fiction"; children who undergo the experience of writing can be able to become readers of their own text, share it with colleagues and teachers and revisit it, aiming its improvement. The research is theoretically based on studies on fiction (CANDIDO, 2002; ECO, 1994; HELD 1980), reading and literature (AMARILHA, 2013 e 1997; BOJUNGA, 2007; CULLER, 1999; FREITAS, 2002 e 2005; YUNES, 2010), textual production (CALKINS, 1989; GERALDI, 1997) and pedagogical mediation (FONTANA, 2005; VYGOTSKY, 2007). The research design includes the following steps: planning of the reading sessions and discussion of the book Fazendo Ana Paz, by Lygia Bojunga; constitution of a bank of fiction stories produced by the subjects before the reading sessions; presentation of the work to be read, including the biography of the mentioned writer and discussion on what are fiction stories; development of the reading and discussion sessions of Fazendo Ana Paz; production of a second fiction story by the subjects; conferences to present; typing sections and improve texts produced among students. The analysis of the data shows how much the contact with the literary text and the dialogue with the peers contribute to the creation and the improvement of the stories elaborated by the children, boosting their creativity and helping them recognize their potential to write.pt_BR
dc.languagept_BRpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectProdução de históriaspt_BR
dc.subjectLeitura literáriapt_BR
dc.subjectMediação pedagógicapt_BR
dc.titleAprendizes de ficção: a construção de histórias por crianças do ensino fundamentalpt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.initialsUFRNpt_BR
dc.publisher.programPROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃOpt_BR
dc.contributor.authorID00061435473pt_BR
dc.contributor.advisorID70399239472pt_BR
dc.contributor.referees1Carvalho, Diógenes Buenos Aires de-
dc.contributor.referees1ID48191639300pt_BR
dc.contributor.referees2Campelo, Maria Estela Costa Holanda-
dc.contributor.referees2ID83844929487pt_BR
dc.contributor.referees3Sampaio, Maria Lucia Pessoa-
dc.contributor.referees3ID66444217415pt_BR
dc.contributor.referees4Amarilha, Marly-
dc.contributor.referees4ID10790926172pt_BR
dc.description.resumoA dissertação discute a leitura de literatura e o processo de produção de histórias por crianças do ensino fundamental. Objetiva analisar as contribuições da leitura literária e da mediação entre os pares para subsidiar a construção de histórias pelas crianças. Tem por objeto de estudo o processo de produção de histórias, configuradas no gênero conto, por crianças do ensino fundamental. Em termos metodológicos, procede-se, nesta pesquisa – que é de natureza qualitativa –, a uma intervenção pedagógica, na qual se assume o duplo papel de professora e pesquisadora, tendo como sujeitos os próprios alunos – um grupo de 18 crianças do 5º ano do ensino fundamental (ano de 2017) de um Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Brasil, locus da investigação. A relevância deste estudo está no fato de fomentar a discussão acerca da formação de leitores e escritores competentes, em turmas de crianças já alfabetizadas, cuja necessidade é apontada por documentos de referência nacional, como a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e revelar a importância de as crianças revisitarem seus textos para aprimorarem a constituição dos seus personagens e/ou enredos, ou outros elementos da narrativa, de modo a promover uma maior identificação e satisfação delas mesmas com o seu próprio texto. O percurso investigativo orienta-se pelos seguintes pressupostos: a literatura permite a quem lê uma experiência estética, aguça sentidos e emoções e multiplica as experiências; a literatura se constitui em importante alimento para a imaginação e a atividade criadora; as crianças são capazes de expressar, em seus textos, qualidades próprias de produções ficcionais, constituindo-se “aprendizes de ficção”; as crianças que vivenciam a experiência da produção escrita podem tornar-se leitoras do seu próprio texto, compartilhá-lo com os colegas e professores e revisitá-los com vistas ao seu aprimoramento. A investigação fundamenta-se, teoricamente, nos estudos sobre ficção (CANDIDO, 2002; ECO, 1994; HELD 1980), literatura (AMARILHA, 2013 e 1997; BOJUNGA, 2007; CULLER, 1999; FREITAS, 2002 e 2005; YUNES, 2010), produção textual (CALKINS, 1989; GERALDI, 1997) e mediação pedagógica (FONTANA, 2005; VYGOTSKY, 2007). O desenho da pesquisa compreende as seguintes etapas: planejamento das sessões de leitura e discussão do livro Fazendo Ana Paz, de Lygia Bojunga; constituição de um banco de histórias de ficção, produzido pelos sujeitos antes das sessões de leitura; apresentação da obra a ser lida, incluindo a biografia da referida escritora, e discussão sobre o que são histórias de ficção; desenvolvimento das sessões de leitura e discussão do livro Fazendo Ana Paz; produção de uma segunda história de ficção pelos sujeitos; realização de conferências de apresentação; realização de sessões de digitação e aprimoramento dos textos produzidos entre os alunos. A análise dos dados evidencia o quanto o contato com o texto literário e a interlocução com os pares contribui para a criação e o aprimoramento das histórias elaboradas pelas crianças, impulsinando a criatividade e contribuindo para que estas reconheçam o seu potencial para escrever.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpt_BR
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aprendizesficçãoconstrução_Fernandes_2019.pdf2,05 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.