Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27171
Title: Taxonomia de fungos gasteroides (Basidiomycota) em áreas de caatinga do Rio Grande do Norte e Paraíba, Brasil
Authors: Oliveira, Renan de Lima
Keywords: Biodiversidade;Conservação;Gasteromicetos;Nordeste;Semiárido
Issue Date: 18-Feb-2019
Citation: OLIVEIRA, Renan de Lima. Taxonomia de fungos gasteroides (Basidiomycota) em áreas de caatinga do Rio Grande do Norte e Paraíba, Brasil. 2019. 125f. Dissertação (Mestrado em Sistemática e Evolução) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Estima-se que existam cerca de 3,8 milhões de espécies de fungos, das quais cerca de 120 mil foram descritas até o presente. Os fungos gasteroides, atualmente, representam um grupo polifilético com cerca de 10.000 espécies, das quais 324 espécies são conhecidas e descritas para o Brasil. Desde a antiguidade, os fungos gasteroides têm demostrado importante valor, sendo utilizados pela humanidade para diversos fins como econômico, medicinal e gastronômico. A Caatinga, foco desta pesquisa, tem sido descrita como um ecossistema pobre em espécies e endemismos. Entretanto, estudos recentes têm desafiado esse ponto de vista e demonstrado a importância da Caatinga para a conservação da biodiversidade brasileira. Nesse contexto, o presente estudo objetivou ampliar o conhecimento sobre os fungos gasteroides em duas áreas de importância biológica no domínio fitogeográfico Caatinga nos estados do Rio Grande do Norte (Serra do Torreão - João Câmara) e Paraíba (Serra de Cuité - Cuité). Para isso, foram realizadas 12 excursões de campo nos períodos com maior incidência pluviométrica (fevereiro a julho de 2017 e março a abril de 2018). A metodologia de coleta foi baseada em literatura especializada para os grupos. Os basidiomas coletados foram levados ao Laboratório de Biologia de Fungos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), onde foram realizadas a herborização e o estudo dos espécimes seguindo a metodologia tradicional para os fungos gasteroides. De forma complementar foi realizado microscopia eletrônica de varredura (MEV) em espécies que necessitam de maiores detalhes morfológicos. Foram identificadas 19 espécies distribuídas em oito gêneros: Bovista (2 spp.), Calvatia (5 spp.), Cyathus (2 spp.), Disciseda (2 spp.), Geastrum (2 spp.), Podaxis (1 sp.), Sphaerobolus (1 sp.) e Tulostoma (4 spp.). Dessas, cinco são novas espécies para a ciência, quatro são primeiros registros para a América do Sul, dez primeiros registros para o Brasil, treze primeiros registros para o Semiárido, três primeiros registros para o estado da Paraíba e treze primeiros registros para o estado do Rio Grande do Norte. A Serra do Torreão e a Serra de Cuité demostraram ser propícios para estudos sobre fungos gasteroides. Assim, faz-se necessário estudos taxonômicos adicionais em áreas de Caatinga, possibilitando aumento da conservação dessas espécies.
Abstract: It is estimated that there are about 3.8 million species of fungi, of which about 120,000 have been described to date. Gasteroid fungi currently represent a polyphyletic group with about 10,000 species, of which 324 species are known and described for Brazil. Since ancient times, the gasteroid fungi have demonstrated important value, being used by the humanity for diverse purposes, like economic, medicinal and gastronomic. The Caatinga, the focus of this research, has been described as a species poor ecosystem with low level of endemism. However, recent studies have challenged this point of view and demonstrated the importance of the Caatinga for the conservation of Brazilian biodiversity. In this context, the present study aimed to increase the knowledge about gasteroid fungi in two areas of biological importance in the Caatinga phytogeographic domain, in the states of Rio Grande do Norte (Serra do Torreão - João Câmara) and Paraíba (Serra de Cuité - Cuité). For this, 12 field trips were carried out in the periods with the highest rainfall incidence (February to July 2017 and March to April 2018). The collection methodology was based in specialized literature for the group. The collected basidiomas were taken to the Fungal Biology Laboratory of the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN), where the herborization and study of the specimens were carried out following traditional methodology for the gasteroid fungi. Scanning electron microscopy (SEM) in species requiring greater morphological detail was done. Nineteen spp. were identified distributed in eight genera: Bovista (2 spp.), Calvatia (5 spp.), Cyathus (2 spp.), Disciseda (2 spp.), Geastrum (2 spp.), Podaxis (1 sp.), Sphaerobolus (1 sp.) and Tulostoma (4 spp.). Among, five are new species for science, four are first records for South America, ten first records for Brazil, thirteen first records for the semiarid, three first records for the state of Paraíba and thirteen first records for Rio Grande do Norte. The Serra do Torreão and the Serra de Cuité have been shown to be favorable for studies about gasteroid fungi. Thus, additional taxonomic studies are necessary in areas of Caatinga, allowing an increase in the conservation of these species.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27171
Appears in Collections:PPGSE - Mestrado em Sistemática e Evolução

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Taxonomiafungosgasteroides_Oliveira_2019.pdf15.25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.