Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27224
Title: Resiliência e trauma na trajetória de três gerações de mulheres do Coque, Recife-PE
Authors: Peres, Juliana de Morais
Keywords: Resiliência;Trauma;Mulher;Periferia;Psicologia;Transpessoal
Issue Date: 22-Feb-2019
Citation: PERES, Juliana de Morais. Resiliência e trauma na trajetória de três gerações de mulheres do Coque, Recife-PE. 2019. 225f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: A resiliência pode ser compreendida como processo intersubjetivo, relacionado à capacidade de retomar o desenvolvimento após o encontro com situações traumáticas. O trauma (ou situação traumática) é um impacto externo que perturba o universo psíquico, enquanto o traumatismo é a sua representação e consequência internas. A resiliência é, neste trabalho, instrumento para a compreensão das vivências de mulheres de periferia de forma não determinista, sem negar as adversidades, mas voltando o olhar para construções de perspectivas de enfrentamento das incongruências sociais. Assim, este estudo teve como objetivo compreender de que forma traumatismos e resiliência perpassam a trajetória de vida de três gerações de mulheres da comunidade do Coque, Recife-PE. A pesquisa, de cunho qualitativo, teve como quadro teórico a Psicologia Transpessoal, em abordagem de Pesquisa Orgânica. As participantes foram oito mulheres moradoras do Coque, sendo três avós, três mães e duas filhas, de três diferentes famílias. Foram utilizados diário de pesquisa e entrevista narrativa. A análise se pautou na hermenêutica. Propõe-se um entendimento integral do processo resiliente nas mulheres de periferia, considerando que os resultados apontam para uma construção subjetiva, comportamental, cultural e social. Os resultados sugerem a necessidade de observar as desigualdades de gênero e também o amparo das mulheres entre si para a construção do processo resiliente. Compreende-se que as famílias e a comunidade funcionaram como ninhos de suporte ao desenvolvimento de resiliência, de forma integrada ao contexto, frente às violências. Ainda, a resiliência pode ser lida na sua interseção com a espiritualidade como uma forma de crescimento que modifica a existência das mulheres por inteiro, incluindo e transcendendo as adversidades.
Abstract: Resilience can be understood as an intersubjective process, related to the ability to resume development after encountering traumatic situations. The trauma (or traumatic situation) is the external impact that disturbs the psychic universe, while traumatism is its internal representation and consequence. Resilience is assumed as an instrument to understand experiences of women from the outskirts in a non-deterministic way, without denying the adversities, but looking at the construction of perspectives to face social inconsistencies. Thus, this study aimed to understand how trauma and resilience permeate the life trajectory of three generations of women in the community of Coque, Recife-PE. This qualitative research was based on Transpersonal Psychology, and on its Organic Inquiry approach. The participants were eight women who live in Coque: three grandmothers, three mothers and two daughters, from three different families. Research diary and narrative interview were used. The analysis was based on hermeneutics. An integral understanding of the resilient process in outskirts women is proposed, considering that the results point to a subjective, behavioural, cultural and social construction. The results suggest the need to observe gender inequalities and also the support of women among themselves for the construction of the resilient process. It is understood that families and the community functioned as nests to support the development of resilience, in an integrated way to the context, in the face of violence. Yet, resilience can be read in its intersection with spirituality as a form of growth that modifies the entire existence of women, including and transcending adversity.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27224
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Resiliênciatraumatrajetória_Peres_2019.pdf3,04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.