Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27242
Title: O comentário de Tomás de Aquino ao Liber de Causis: elementos de uma metafísica negativa
Authors: Lopes, Leonardo Bernardino Rodrigues
Keywords: Ser;Causalidade;Negatividade;Neoplatonismo
Issue Date: 1-Feb-2019
Citation: LOPES, Leonardo Bernardino Rodrigues. O comentário de Tomás de Aquino ao Liber de Causis: elementos de uma metafísica negativa. 2019. 71f. Dissertação (Mestrado em Filosofia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Esta dissertação apresenta a recepção do neoplatonismo no pensamento de Tomás de Aquino, tanto de pensadores da patrística cristã quanto do influxo das traduções filosóficas provenientes de árabes e judeus que foram difundidas copiosamente no século XIII no Ocidente latino. Dentre essas obras destacaremos o Liber de Causis, os Elementos de Teologia de Proclo e o corpus dionisiano, obras essas que São Tomás de Aquino acolhe e as aproxima em sua síntese pessoal e, é a partir deste contributo neoplatônico que São Tomás constrói sua própria concepção de ser, de causalidade e de um conhecimento negativo do Ser divino. Para Tomás o ser das coisas se encontra velado e não se abarca em conceitos, desde o ente material ao próprio Ser por si subsistente. A causalidade não é reciprocidade, pois a causa primeira permanece separada, portanto, há um abismo ontológico entre tudo o que é criatural e a causa primeira incriada, portanto, o caminho que São Tomás constrói frente à absoluta transcendentalidade da causa que rege todas as coisas sem sair de sua unidade separada é a via da negatividade.
Abstract: This dissertation presents the reception of Neoplatonism in the thought of Thomas Aquinas, both thinkers of Christian patristics and the influx of philosophical translations from Arabs and Jews that were widely diffused in the thirteenth century in the Latin West. Among these works we will highlight the Liber de Causis, the Elements of Theology of Proclus and the Dionysian corpus, works that St. Thomas Aquinas welcomes and approaches in his personal synthesis and it is from this Neoplatonic contribution that St. Thomas constructs his own conception of being, of causality and of a negative knowledge of the Divine Being. For Thomas the being of things is veiled and is not encompassed in concepts, from the material being to the Being itself by subsisting. Causality is not reciprocity, because the first cause remains separate, so there is an ontological abyss between all that is creaturely and the first uncreated cause, therefore, the path that St Thomas constructs in the face of the absolute transcendentality of the cause that governs all things without leaving its separate unity is the path of negativity.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27242
Appears in Collections:PPGFIL - Mestrado em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ComentárioTomásAquino_Lopes_2019.pdf587.85 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.