Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27390
Title: Atividades e biografias laborais de recuperandos da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado de Macau/RN: entre o crime e o trabalho
Authors: Fidelis, Sinara Thereza dos Santos
Keywords: Trabalho;Prisões;Sentidos do trabalho;Psicologia social do trabalho
Issue Date: 17-May-2019
Citation: FIDELIS, Sinara Thereza dos Santos. Atividades e biografias laborais de recuperandos da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado de Macau/RN: entre o crime e o trabalho. 2019. 114f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O presente estudo se debruçou sobre o lugar ocupado pelo trabalho na vida de pessoas privadas de liberdade. O trabalho é aqui entendido enquanto componente de socialização humana, sendo central na constituição dos indivíduos e exercendo uma função psicológica, por permitir a construção de sentidos e significados. Essa pesquisa está ancorada na Psicologia Social do Trabalho, uma área com orientadores epistemológicos-políticos, que entende o trabalho como uma categoria material, histórica e central, situada nas relações intersubjetivas. Trata-se de um estudo de caso descritivo, transversal e qualitativo, tendo características etnográficas e disposição de uma observação participante. O lócus do estudo foi a Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (APAC) de Macau/RN e os participantes foram 11 sujeitos em estado de privação de liberdade. Os instrumentos/técnicas utilizadas foram: entrevistas narrativas individuais, registros fotográficos e diário de campo. As temáticas das entrevistas versaram sobre os seguintes eixos: história de vida laboral, trabalho na prisão (prisão comum e APAC) e perspectivas de futuro em relação ao trabalho. As narrativas foram analisadas considerando tais eixos, sendo submetidas a análises textuais de Classificação Hierárquica Descendente (CHD) com auxílio de um software. Além das narrativas, os registros fotográficos e o diário de campo se somaram aos resultados de modo a compor uma análise global. Os resultados revelaram os seguintes atributos da relação com o trabalho no período antes do encarceramento: precária, exaustiva, limitante e marcada por sujeição. As poucas experiências foram em formato de bicos. Após a entrada na prisão comum, o contato com o trabalho continuou sendo pequeno, raro e não acessível às pessoas como um todo. Quando ele aconteceu, foi sob um regime cruel, de humilhação, com cargas horárias exaustivas, sem qualificação e sem teor profissionalizante. Com a inserção na APAC, a percepção trazida do trabalho, apesar das limitantes, é dele enquanto fonte de realização, prazer, meio de aprendizagem e instrumento terapêutico, mas sem perspectiva de continuidade no mundo extra-muros. Pós-encarceramento, os planos de futuro laboral se mostraram incertos e indeterminados, havendo uma única certeza: a de não querer voltar para a criminalidade. Para essa nova etapa da vida, os indivíduos colocam os estigmas e o baixo nível de escolaridade como grandes desafios. Com isso, o estudo esperou contribuir para a discussão em torno da relação sujeito e trabalho em contexto prisional, em situação de vulnerabilidade e fragilização social, visando repensar o ambiente prisional, assim como o papel do trabalho e das políticas públicas nesse contexto.
Abstract: The present study focused on the place occupied by work in the life of people deprived of liberty. Work is here understood as a component of human socialization, being central in the constitution of individuals, and exerting a psychological function, because it allows the construction of meanings and senses. This research is anchored in the Social Psychology of Work, a field with epistemological-political orientations that understands work as a material, historical and central category, situated in intersubjective relations. It is a descriptive, transversal and qualitative case study, having ethnographic characteristics and a participant observation layout. The locus of the study was the Association of Protection and Assistance to the Condemned (APAC) of Macau/RN and the participants were 11 subjects in a state of deprivation of liberty. The instruments/techniques used were: individual narrative interviews, photographic records and field diary. The themes of the interviews were the following: work life history, prison work (common prison and APAC) and future perspectives in relation to work. The narratives were analyzed considering such axes, being submitted to textual analysis of Descending Hierarchical Classification (CHD) with the help of software. In addition to the narratives, the photographic records and the field diary were added to the results in order to compose a global analysis. The results revealed the following attributes of the relationship to work in pre-incarceration time: precarious, exhaustive, limiting and marked by submission. The few experiences were in “bicos” (informal short-period work). After entering the common prison, contact with work continued to be small, rare and not accessible to people as a whole. When it happened, it was under a cruel regime of humiliation, with exhausting hours, without qualification and without professional perspective. With the insertion in APAC, work is perceived, in spite of the limitations, as a source of fulfillment, pleasure, learning medium and therapeutic instrument, but without perspective of continuity in the outside world. Postincarceration, future work plans were uncertain and indeterminate, with only one certainty: that of not wanting to return to crime. For this new stage of life, individuals put the stigmata and low level of schooling as major challenges. With this, the study hoped to contribute to the discussion about the relation between subjects and work in a prison context, in a situation of vulnerability and social frailty, aiming to rethink the prison environment, as well as the role of work and public policies in this context.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27390
Appears in Collections:PPGPSI - Mestrado em Psicologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atividadesbiografiaslaborais_Fidelis_2019.pdf2,22 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.