Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27509
Title: Controle de qualidade nas ações de vigilância em saúde: análise de melhorias e incentivos financeiros em um quadriênio de gestão municipal
Authors: Bezerra, Aline Patricia dos Santos
Keywords: Vigilância em saúde pública;Controle de qualidade;Qualidade da assistência à saúde
Issue Date: 8-Feb-2019
Citation: BEZERRA, Aline Patricia dos Santos. Controle de qualidade nas ações de vigilância em saúde: análise de melhorias e incentivos financeiros em um quadriênio de gestão municipal. 2019. 51f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: As ações de vigilância em saúde no Brasil têm sido alvo de um programa nacional de gestão da qualidade que inclui o estabelecimento de metas, indicadores, avaliação anual e incentivo financeiro baseado no desempenho. Porém, existem muitos desafios quanto ao monitoramento oportuno dos indicadores durante o ano, dificultando a tomada de decisão para alcance das metas propostas e conseqüente perda do incentivo financeiro associado. Objetivos: Avaliar a qualidade das ações de vigilância em saúde em um município brasileiro sob a perspectiva do Programa de Qualificação das Ações de Vigilância em Saúde (PQAVS) como também analisar o alcance de metas anual e a melhoria no quadriênio; analisar a viabilidade do uso de runcharts para identificar tendências de melhoria no monitoramento mensal e analisar ganho de incentivos financeiros associado ao desempenho no programa.Metodologia: Estudo ecológico de série temporal, retrospectivo, descritivo e analítico. Foram analisados os resultados dos 14 indicadores do PQA-VS previstos para o município de Natal, Rio Grande do Norte, com base nos sistemas de informações oficiais. Foi calculada a melhoria absoluta alcançada durante o quadriênio 2014-2017 e também foram construídos gráficos de tendência (runchart) mediante monitoramento mensal dos indicadores. Adicionalmente, foram analisados os recursos financeiros fixos e variáveis anuais para as ações de vigilância em saúde, estimando o custo da má qualidade relacionado à perda de possíveis incentivos financeiros voltados para a qualidade das ações de vigilância em saúde. Resultados: Após quatro anos, a qualidade ainda é insatisfatória, pois apenas seis de 14 indicadores atingiram a meta anual preconizada. Os indicadores que apresentaram melhorias foram a alimentação oportuna dos sistemas de informação sobre óbitos, nascimentos e vacinação, encerramento oportuno de doenças de notificação imediata, além do número de testes de HIV realizados por ano e preenchimento do campo ocupação nas fichas de notificações de doenças e agravos relacionados ao trabalho (DART).Foram identificados padrões significativos de variação (p<0,05) em nove indicadores, o que definem os processos ligados a ele como instáveis e alvos de diagnóstico e intervenção. Em 2014, foi recebido 40% do incentivo e em 2017 foi incorporado 60% deste recurso. O município deixou de ganhar no quadriênio R$1.566.255,63 em incentivos variáveis voltados para a qualificação da Vigilância em Saúde. Conclusões: A evolução na qualidade das ações de VS em Natal tem sido lenta, apesar do programa nacional e dos incentivos financeiros pelo desempenho. As metodologias disponíveis para monitoramento e avaliação das práticas de VS têm-se mostrado insuficientes, razão pela qual a implantação de monitoramento com runcharts mensais pode oportunizar a tomada de decisão em tempo mais oportuno, durante o ano, para guiar os projetos e ações de melhoria desenvolvidas pela VS.
Abstract: Introduction: Health surveillance actions in Brazil have been the target of a national quality management program that includes setting targets, indicators, annual evaluation and performance-based financial incentive. However, there are many challenges regarding the timely monitoring of indicators during the year, making it difficult to make a decision to reach the goals proposed and consequent loss of the associated financial incentive.Objectives: To evaluate the quality of health surveillance actions in a Brazilian municipality under the perspective of the Program for Qualification of Health Surveillance Actions (PQA-VS), as well as to analyze the annual goal achievement and improvement in the four-year period; analyze the feasibility of using run charts to identify improvement trends in monthly monitoring and analyze the gain of financial incentives associated with performance in the program.Methodology: Ecological study of a time series, retrospective, descriptive and analytical. The results of the 14 indicators of the PQA-VS predicted for the city of Natal, Rio Grande do Norte, based on the official information systems, were analyzed. The absolute improvement achieved during the four-year period 2014- 2017 was calculated and trend charts were also constructed by monthly monitoring of the indicators. In addition, we analyzed the fixed financial resources and annual variables for health surveillance actions, estimating the cost of poor quality related to the loss of possible financial incentives focused on the quality of health surveillance actions. Results: After four years, the quality is still unsatisfactory, since only six out of 14 indicators reached the annual target. The indicators that showed improvements were timely feeding of information systems on deaths, births and vaccination, timely closure of immediate notification diseases, in addition to the number of HIV tests carried out per year and filling of the occupational field in the reports of diseases and (DART). Significant patterns of variation (p <0.05) were identified in nine indicators, which define the processes related to it as unstable and targets for diagnosis and intervention. In 2014, 40% of the incentive was received and in 2017 60% of this resource was incorporated. The municipality stopped earning in the four-year period R $ 1,566,255.63 in variable incentives aimed at the qualification of Health Surveillance Conclusions: The evolution in the quality of VS actions in Natal has been slow, despite the national program and financial incentives for performance. The methodologies available for monitoring and evaluation of VS practices have proved to be insufficient, which is why the implementation of monitoring with monthly run charts can allow decision making in a more timely manner during the year to guide the projects and actions of improvements developed by VS.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27509
Appears in Collections:QUALISAÚDE - Mestrado Profissional Gestão da Qualidade em Serviços de Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Controlequalidadeações_Bezerra_2019.pdf609 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.