Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27559
Title: Um estudo sobre a trajetória de professores itinerantes na escola regular, em Natal/RN - (1971 - 2011)
Authors: Severo, Maria do Carmo de Sousa
Keywords: Educação Especial;Professor Itinerante;Inclusão Escolar
Issue Date: 17-Sep-2012
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SEVERO, Maria do Carmo de Sousa. Um estudo sobre a trajetória de professores itinerantes na escola regular, em Natal/RN - (1971 - 2011). 2012. 249f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Portuguese Abstract: O presente estudo aborda a trajetória de atuação de professores itinerantes ligados à Subcoordenadoria de Educação Especial/SEEC/RN, em escolas estaduais de Natal/RN, no período de 1971 a 2011. Neste sentido, de uma maneira específica, procuramos reconstituir, historicamente, o trabalho de professores itinerantes, realizado em escolas estaduais de Natal/RN, e assim analisar o percurso desenvolvido na rede escolar pública estadual. Para efetivação do trabalho, utilizamos como referência metodológica a abordagem qualitativa. A investigação empreendida se constituiu em uma pesquisa histórica, com base na história oral temática, que possibilitou recorrer às vozes de professores itinerantes, como principal fonte de evidência. Para tanto, utilizamos a entrevista semiestruturada e fontes documentais. Tivemos como participantes 10 (dez) professores, tendo como critério a atuação no referido serviço, na área da Educação Especial, por um período mínimo de 3 anos. O local da entrevista foi variado, segundo a conveniência dos participantes; no entanto, houve maior concentração no âmbito da Subcoordenadoria de Educação Especial/SEEC. Para organização e análise dos dados recorremos à Análise de Conteúdo, sistematizando-os em categorias temáticas. Os resultados apontaram que os professores itinerantes atentam para o fato de que as barreiras para a participação e a aprendizagem não são concentradas no aluno com deficiência e com outras necessidades educacionais especiais, mas no contexto no qual estão inseridos. Com base nesta realidade, dialogam, articulam intervenções, propõem soluções, inclusive atuam como interlocutores entre a escola e a Secretaria de Educação, evidenciando situações problemas que angustiam os educadores no cotidiano escolar. Demonstram, ainda, que têm procurado atuar como agentes de sensibilização, como articuladores, mediadores e orientadores do processo de inclusão junto à comunidade escolar. Revelam, assim, que a atuação do professor itinerante não está restrita a apoiar a prática pedagógica, mas abrange a construção de valores e atitudes coerentes com as relações inclusivas, contribuindo com o emergir de uma nova cultura no âmbito escolar, tornando-a uma opção política. Foi possível percebermos que – no caminhar desses professores por mais de quatro décadas, na Educação Especial, em Natal/RN, diante das mudanças de paradigmas que foram se instaurando – eles foram reconstituindo o seu saber e o seu fazer, com vistas ao desenvolvimento de uma educação efetivamente inclusiva, em escolas regulares de ensino.
Abstract: The present study approaches the course of action of itinerant teachers linked to the Subcoordenadoria de Educação Especial/SEEC/RN, in state schools of Natal/RN, in the period from 1971 till 2011. We seek to restore historically the work of itinerant teachers accomplished in state schools of Natal/RN, and therefore analyze the course developed in the state public school system. For this work we used, as methodological reference the qualitative approach. The study consisted on a historical research with bases on thematic oral history, which allowed to appeal to itinerant teachers voices as primary evidence. For that, we used a semi structured interview and documentary sources. We had as participants 10 (ten) teachers using as criterion their performance on the quoted service, on the Special Education, for a period of at least 3 years. The location of the interview was varied, according to the convenience of the participant, however, there was a large concentration on the Subcoordenadoria de Educação Especial/SEEC. For organization and analyze of data we used Análise de Conteúdo, systematizing them for themes. The results shows that itinerant teachers realize that the barriers and the difficulties for the participation and the learning process are not on the handicap student or on the student with another special educational necessity but on the context which they are immerse. Based on that they talk and propose solutions, including acting as interlocutors between the school and the Secretaria de Educação, revealing issues that anguish the educators on the daily school. Showing, yet, that they had act as agents of awareness, as mediators and guiding of the inclusion process with the scholar community. It was possible realize that – on the carrear of these teachers for more than four decades, on the Special Education, in Natal/RN, face the changes on paradigms that was introducing – that they were rebuild their knowledge and perform, intending to develop an education really inclusive in regular schools.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27559
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EstudoTrajetoriaProfessores_Severo_2012.pdf7,07 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.