Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/27695
Title: Atividades de retextualização entre oralidade e escrituralidade, um projeto para o 7º ano a partir de O Pequeno Príncipe
Authors: Santos, Maria Graça Manoela Pessoa dos
Keywords: O Pequeno Príncipe;Sequência didática;Contínuo de oralidade e escrituralidade;Junção;Tradições discursivas (TD)
Issue Date: 31-Jul-2018
Citation: SANTOS, Maria Graça Manoela Pessoa dos. Atividades de retextualização entre oralidade e escrituralidade, um projeto para o 7º ano a partir de O Pequeno Príncipe. 2018. 185f. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: O presente estudo fundamenta-se nos instrumentos teórico-metodológicos do modelo de Tradições Discursivas (Coseriu 1955/56; Koch 1997; Koch/Oesterreicher 1990; Kabatek 2006; Raible, entre outros). Nessa perspectiva teórica, todo discurso, seja ele veiculado fônica ou graficamente, localiza-se num espaço do contínuo de oralidade e escrituralidade (Koch/Oesterreicher 1990), que diz respeito não ao meio de veiculação dos textos, mas à sua concepção discursiva, isto é, à sua configuração linguística. De caráter interventivo e interpretativo, este trabalho busca, de um lado, desenvolver uma sequência didática (cf. Dolz e Schneuwly 2004; Lopes-Rossi 2006) para a aquisição da escrituralidade (cf. Koch/Oesterreicher 1990) no 7º. Ano do Ensino Fundamental de uma escola pública de Santa Maria (RN), a partir da elaboração e aplicação de um guia de leitura e produção de textos sobre a obra O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint Exupéry, com atividades de retextualização (cf. Marcuschi 2005), que promovam o deslocamento dos textos no contínuo de oralidade e escrituralidade. De outro lado, busca-se verificar o impacto dessa intervenção por meio da análise do deslocamento das produções dos diferentes grupos do corpus (Diagnóstico, Primeira Reescrita, Versão Final) em tal contínuo. A análise centra-se nas técnicas de junção, entendida como a expressão de relações semânticas (Raible 1992; Kabatek 2006; Castilho da Costa 2015). Na fase interventiva do projeto, as atividades de retextualização promoveram o contato dos alunos com variedades linguísticas e TD da esfera literária, que culminaram com a produção dum capítulo suplementar à obra literária em tela. Na fase de análise, verificou-se a distribuição quantitativa e qualitativa dos recursos de junção nas narrativas do corpus, isto é, com relação à sua frequência e ao tipo de relação semântica e grau de integração sintática, utilizando-se, para tanto, o programa Tradisc. Como resultado, a análise demonstrou um deslocamento das produções dos alunos em direção à escrituralidade, comprovando o impacto da intervenção para a aquisição e aprendizagem dos recursos linguísticos e tradicionalidades da escrituralidade, em específico, da esfera literária.
Abstract: The present study is based on the theoretical-methodological tools of the Discursive Traditions model (Coseriu 1955/56, Koch 1997, Koch / Oesterreicher 1990, Kabatek 2006, Raible, among others). In this theoretical perspective, all discourse, whether it is transmitted phonic or graphically, is located in a space of the continuum of orality and scripturality (Koch / Oesterreicher 1990), which concerns not the medium of the texts, but to its discursive conception, this is, to its linguistic configuration. On the one hand, this work seeks to develop a didactic sequence (Dolz and Schneuwly 2004; Lopes-Rossi 2006) for the acquisition of scripturality (see Koch / Oesterreicher 1990) in the 7th. Year of Primary Education of a public school in Santa Maria (RN), based on the preparation and application of a guide for reading and producing texts on the work The Little Prince of Antoine de Saint Exupéry, with activities of re-contextualization (see Marcuschi 2005), which promote the displacement of texts in the continuity of orality and scripturality. On the other hand, it is sought to verify the impact of this intervention by analyzing the displacement of the productions of the different corpus groups (Diagnosis, First Rewriting, Final Version) in such a continuum. The analysis focuses on the junction techniques, understood as the expression of semantic relations (Raible 1992; Kabatek 2006; Castilho da Costa 2015). In the intervention phase of the project, the activities of retextualization promoted the students' contact with linguistic and TD varieties of the literary sphere, culminating in the production of a supplementary chapter to the literary work on canvas. In the analysis phase, we verified the quantitative and qualitative distribution of the join resources in the narratives of the corpus, that is, in relation to its frequency and the type of semantic relation and degree of syntactic integration. program Tradisc. As a result, the analysis showed a displacement of students' productions towards scripturality, proving the impact of the intervention for the acquisition and learning of the linguistic resources and traditionalities of the specific literaryness of the literary sphere.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27695
Appears in Collections:PROFLETRAS - NATAL - Mestrado Profissional em Letras

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Atividadesretextualizaçãooralidade_Santos_2018.pdf2.14 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.