Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27861
Title: Avaliação da validade convergente e reprodutibilidade do core set da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) para a saúde física de idosos comunitários
Authors: Monteiro, Isabel Oliveira
Keywords: Classificação Internacional de Funcionalidade;Incapacidade saúde;Estudos de validação;Envelhecimento
Issue Date: 29-Aug-2019
Citation: MONTEIRO, Isabel Oliveira. Avaliação da validade convergente e reprodutibilidade do core set da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) para a saúde física de idosos comunitários. 2019. 67f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Reabilitação) - Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: Introdução: A Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF) apresenta-se como estratégia de classificação que pode ser útil para a identificação dos aspectos multidimensionais que se relacionam à saúde física do idoso. Devido à extensão da CIF, os Core Sets apresentam-se como estratégias que facilitam a sua aplicação. Foi proposto um Core Set da CIF para classificação da saúde física de idosos, porém é necessário conhecer a sua validade em relação a medidas reconhecidas para esta finalidade, bem como sua reprodutibilidade. Objetivo: Avaliar a validade convergente do core set para a saúde física de idosos em relação a medidas validadas para avaliação deste domínio, bem como a sua reprodutibilidade. Métodos: Trata-se de um estudo de validade, composto por uma população de idosos residentes na cidade de Santa Cruz, Rio Grande do Norte. Foram incluídos 101 idosos acima de 60 anos, de ambos os sexos, sem alterações cognitivas. Foram avaliados: força de preensão palmar, desempenho físico na Short Physical Performance Battery (SPPB) e nível de atividade física pelo Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) versão longa. Também foi aplicado o Core Set da CIF, o qual é composto por 30 categorias (14 de funções do corpo, 4 de estruturas do corpo, 9 de atividade e participação e 3 de fatores ambientais), a partir do qual foi calculado o índice de prejuízo em cada domínio. Para avaliar a reprodutibilidade foi utilizado o Coeficiente de Correlação Intraclasse (CCI) entre duas medidas realizadas em um intervalo de 5-8 dias. A associação entre os resultados do core set e os demais instrumentos de pesquisa foi avaliada por meio dos testes Kruskal-Wallis, Mann-Whitney e pelo teste de correlação de Spearman. Em todas as etapas foram considerados alfa de 5% e IC de 95%. Resultados: Observou-se que idosos com maior nível de atividade física no IPAQ apresentam menor índice de prejuízo no domínio funções do corpo (p=0,012) e nos constructos desempenho (p=0,002) e capacidade (p=0,005) do domínio atividade e participação. Para a SPPB, notou-se que melhores resultados são relacionados a menor índice de prejuízo nos domínios funções do corpo (p<0,001), estruturas do corpo (p=0,006), atividade e participação (p<0,001), e menor o uso de dispositivos de auxílio e medicamentos (p<0,001). Quanto maior a força de preensão palmar, menor o índice de prejuízo nos domínios funções do corpo (p=0,001), estruturas do corpo (p=0,004) e atividade e participação (p<0,001), e às categorias que tratam do uso de medicamentos (p=0,002) e de dispositivos de auxílio (p=0,004). A análise do CCI indicou boa reprodutibilidade para a maioria dos domínios avaliados, sendo o mínimo 0.59 para a categoria acesso a serviços de saúde e o máximo 0.95 para a categoria uso de medicamentos. Conclusão: Os resultados obtidos demonstram que o core set é valido em relação às medidas de força de preensão manual, desempenho físico dos membros inferiores e nível de atividade física, e reprodutível, indicando que os dados obtidos através dessa ferramenta podem ser utilizados com confiança por clínicos e pesquisadores.
Abstract: Introduction: The International Classification of Functioning, Disability and Health (ICF) is presented as a classification strategy that may be useful for the identification of multidimensional aspects related to the physical health of the elderly. Due to the extension of the ICF, the Core Sets are presented as strategies that facilitate its application. A Core Set of the ICF was proposed to classify the physical health of the elderly, but it is necessary to know its validity in relation to measures recognized for this purpose, as well as its reproducibility. Objective: To evaluate the convergent validity of the core set for the physical health of the elderly in relation to validated measures for the evaluation of this domain, as well as its reproducibility. Methods: This is a validity study, composed of a population of elderly residents in the city of Santa Cruz, Rio Grande do Norte, Brazil. A total of 101 elderly individuals over 60 years old, of both sexes, without cognitive alterations were included. We evaluated palmar grip strength, physical performance in the Short Physical Performance Battery (SPPB) and physical activity level by International Physical Activity Questionnaire (IPAQ) long version. The Core Set of the ICF was also applied, which is composed of 30 categories (14 body functions, 4 body structures, 9 activity and participation, and 3 environmental factors), from which the each component. To evaluate the reproducibility, the Intraclass Correlation Coefficient (ICC) was used between two measurements performed in a range of 5-8 days. The association between the core set results and the other research instruments was evaluated using the Kruskal-Wallis, Mann-Whitney and Spearman correlation tests. In all the steps were considered 5% alpha and 95% CI. Results: It was observed that elderly individuals with higher levels of physical activity in IPAQ had lower impairment index in the components body functions (p = 0.012) and in the performance (p = 0.002) and capacity (p = 0.005) constructs of the component activity and participation. For SPPB, it was observed that better results are related to lower impairment index in the body functions (p <0.001), body structures (p = 0.006), activity and participation (p <0.001), and lower use of aid devices and medications (p <0.001). A higher palmar grip strength was related to a lower impairment index in the body functions (p = 0.001), body structures (p = 0.004) and activity and participation (p <0.001), and the categories that treated of medication use (p = 0.002) and of aid devices (p = 0.004). The ICC analysis indicated good reproducibility for most components evaluated, with a minimum of 0.59 for the category of access to health services and a maximum of 0.95 for the category of medication use. Conclusion: The results show that the core set is valid in relation to the manual grip strength, lower limbs performance and physical activity level, and reproducible, indicating that the data obtained through this tool can be used with confidence by clinicians and researchers.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/27861
Appears in Collections:FACISA - Mestrado em Ciências da Reabilitação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Avaliaçãovalidadeconvergente_Monteiro_2019.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.