Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/28406
Title: Embalagens ativas: síntese de filmes antimicrobianos à base de Polietileno de baixa densidade e zeólita A contendo prata
Authors: Araújo, Luís Otávio de
Keywords: Embalagens ativas;Zeólita;Prata;Filme polimérico;Embalagem antimicrobiana
Issue Date: 29-Oct-2019
Citation: ARAÚJO, Luís Otávio de. Embalagens ativas: síntese de filmes antimicrobianos à base de Polietileno de baixa densidade e zeólita A contendo prata. 2019. 61f. Dissertação (Mestrado em Química) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: As embalagens ativas antimicrobianas são materiais dotados da capacidade de inibição e eliminação de microrganismos que deterioram alimentos. Tendo em vista a grande importância de práticas que visem à obtenção de alimentos mais seguros, menor desperdício e maior vida de prateleira desses produtos, o presente trabalho teve por objetivo sintetizar filmes compósitos à base de Polietileno de baixa densidade e zeólita A substituída com diferentes teores de prata para uso como embalagem ativa. Foram inseridos 1%, 5% e 10% de prata, por meio de troca catiônica, na estrutura da zeólita A. Os materiais de partida foram caracterizados por meio de difração de raios X, Microscopia Eletrônica de Varredura, Análise termogravimétrica e Fluorescência de raios X. A inserção de prata na zeólita não alterou a sua estrutura. A atividade antibacteriana da zeólita substituída com prata foi realizada por meio da concentração inibitória mínima utilizando-se Escherichia coli como bactéria alvo. A concentração inibitória mínima (CIM) da zeólita com 1% de prata e concentração 0,05 mg de zeólita/mL não foi capaz de inibir o crescimento visível da bactéria, entretanto, com o aumento da concentração houve inibição total no período de 24h. Os teores de 5% e 10% apresentaram CIM igual a 0,05 mg de zeólita/mL. Os filmes de Polietileno de baixa densidade (PEBD) adicionados de zeólita A substituída com prata foram sintetizados por via úmida. O teor mássico de zeólita nos filmes variou de 1% a 5% em massa. Os filmes não apresentaram mudanças significativas nos perfis de degradação térmica com o aumento do teor mássico de zeólita/Ag presente no compósito. Os filmes que apresentaram melhor atividade antibacteriana frente à Escherichia coli e Staphylococcus aureus foram aqueles preparados com a zeólita substituída com 5% e 10% de prata e com teor mássico de 5% (m/m), mostrando grande potencial para aplicações como embalagens ativas na preservação de alimentos.
Abstract: Active antimicrobial packagings are materials endowed with the ability to inhibit and eliminate microorganisms that deteriorate food. Considering the great importance of practices aimed at obtaining safer food, less waste and longer shelf life of these products, the present work had the objective of synthesizing low density Polyethylene and zeolite A composite films substituted with different contents of silver for use as active packaging. 1%, 5% and 10% silver were inserted by means of cation exchange in the structure of zeolite A. The starting materials were characterized by X-ray powder diffractometer, scanning electron microscopy, thermal gravimetric analysis and X-ray Fluorescence diffractometer. The silver insertion in the zeolite did not change its structure. The antibacterial activity of the silver-substituted zeolite was performed by the minimum inhibitory concentration using Escherichia coli as target bacterium. The MIC of the zeolite with 1% silver and concentration of 0,05 mg zeolite/mL was not able to inhibit the visible growth of the bacterium, however, with the increase of the concentration there was total inhibition in the period of 24h. The contents of 5% and 10% showed MIC equal to 0,05 mg of zeolite/mL. The LDPE films added with silver-substituted zeolite A were synthesized by wet-casting. The zeolite mass content in the films ranged from 1% to 5% by mass. The films did not show significant changes in the thermal degradation profiles with the increase of the zeolita/Ag mass content present in the composite. The films with best antibacterial activity against Escherichia coli and Staphylococcus aureus were those prepared with 5% and 10% silver substituted zeolite and with a mass content of 5% (w/w), showing great potencial for applications such as active packaging in food preservation.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/28406
Appears in Collections:PPGQ - Mestrado em Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Embalagensativassintese_Araújo_2019.pdf2.04 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.