Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/54680
Title: Reconstrução tridimensional de feridas utilizando descritores de pontos: um estudo comparativo
Other Titles: Reconstructing three-dimensional wounds using point descriptors: a comparative study
Authors: Souto, José Renato de Araújo
Advisor: Carvalho, Bruno Motta de
Keywords: Computação;Feridas crônicas;Descritores de pontos;Reconstrução 3D
Issue Date: 31-Jan-2023
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SOUTO, José Renato de Araújo. Reconstrução tridimensional de feridas utilizando descritores de pontos: um estudo comparativo. Orientador: Bruno Motta de Carvalho. 2023. 105f. Dissertação (Mestrado em Sistemas e Computação) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2023.
Portuguese Abstract: Úlcera é o nome genérico dado a qualquer lesão no tecido cutâneo ou mucoso. Essas lesões culminam com a ruptura do epitélio, acarretando exposição de tecidos mais profundos. O problema completo a ser solucionado pelo projeto, no qual este trabalho se insere, está relacionado ao desenvolvimento de ferramentas computacionais acuradas e eficientes, visando o acompanhamento do tratamento de feridas crônicas. Este acompanhamento é de fundamental importância para a determinação do quadro de evolução no tratamento do paciente. Assim, neste trabalho é proposta uma avaliação quantitativa das reconstruções tridimensionais obtidas usando Structure from Motion com o auxílio de 6 diferentes descritores de pontos. O problema específico atacado é o de determinar qual(is) o(s) descritor(es) de pontos mais eficientes e acurados para a reconstrução tridimensional de feridas crônicas, tendo sido escolhidos os descritores SIFT, SURF, ORB, BRIEF, FREAK e DRINK. Os resultados alcançados presumem que a medição das áreas das feridas crônicas pode ser obtida por meio da utilização de um smartphone através da metodologia abordada. Em relação ao tempo de processamento os descritores baseados em pontos flutuantes, o SIFT e o SURF foram os que obtiveram o maior custo computacional. No cálculo da área nas superfícies das feridas, os descritores obtiveram erros médios de 2,61% na utilização com o SIFT, 3,36% para o SURF, 10,03% no BRIEF, 6,33% para o ORB, 6,27% no FREAK e 3,74% com o DRINK, numa configuração utilizando 8 imagens.
Abstract: Ulcer is the generic name given to any lesion in the skin tissue or mucous. These lesions culminate in the rupture of the epithelium, resulting in the exposure of deeper tissues. The complete problem to be solved by the project in which this work is inserted refers to the development of accurate and efficient computational tools aimed at monitoring of treating chronic wounds. This fundamental follow-up importance for the determination of the evolution picture in the treatment of patient. Thus, in this work, a quantitative evaluation of the three-dimensional reconstructions obtained using Structure from Motion with the aid of 6 different point descriptors. The specific problem tackled is the to determine which point descriptor(s) are most efficient and accurate for the three-dimensional reconstruction of chronic wounds, having been chosen the descriptors SIFT, SURF, ORB, BRIEF, FREAK and DRINK. The results achieved assume that the measurement of chronic wound areas can be obtained through the use of a smartphone through the methodology addressed. Regarding processing time, descriptors based on floating points, SIFT and SURF were the ones with the highest cost computation. In calculating the area of wound surfaces, the descriptors obtained average errors of 2.61% when using the SIFT, 3.36% for the SURF, 10.03% for the BRIEF, 6.33% for the ORB, 6.27% for the FREAK and 3.74% for the DRINK, when using a configuration with 8 images.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/54680
Appears in Collections:PPGSC - Mestrado em Sistemas e Computação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Reconstrucaotridimensionalferidas_Souto_2023.pdf12.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.