Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/22278
Title: Relação entre função pulmonar e ângulos posturais da coluna cervical e cintura escapular de crianças asmáticas respiradores bucais
Authors: Silva, Ada Cristina Jácome Sarmento
Keywords: Asma;Respiração bucal;Postura e espirometria
Issue Date: 26-Feb-2016
Citation: SILVA, Ada Cristina Jácome Sarmento. Relação entre função pulmonar e ângulos posturais da coluna cervical e cintura escapular de crianças asmáticas respiradores bucais. 2016. 90f. Dissertação (Mestrado em Fisioterapia) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Portuguese Abstract: Introdução: Pacientes asmáticos apresentam maior tendência a desenvolverem um padrão respiratório predominantemente bucal, e a alteração do padrão respiratório pela síndrome do respirador bucal (SRB) implica em necessidades posturais adaptativas. Objetivo: O propósito do presente estudo foi verificar a relação entre a função pulmonar e os ângulos posturais da coluna cervical e cintura escapular de crianças asmáticas respiradores bucais. Método: Trata-se de um estudo transversal de caráter analítico, conduzido de acordo com as recomendações do STROBE. Foram avaliadas 31 crianças asmáticas respiradores bucais com idade compreendida entre 7 e 12 anos. A avaliação fisioterapêutica constituiu de coleta de dados antropométricos, espirometria e para captura dos pontos anatômicos demarcados foi utilizado o Sistema de Análise do Movimento Qualisys Motion Capture Systems. O Software para Avaliação Postural (SAPo) foi utilizado para fazer a medida dos ângulos posturais da coluna cervical e cintura escapular. Os dados foram analisados através do software SPSS versão 17.0 e nível de significância de 5%. A normalidade de distribuição dos dados foi testada com o teste de Kolmogorov-Smirnov (KS). A ANOVA one way seguida do Post Hoc Tukey foram utilizados para verificar diferenças nas angulações posturais e variáveis espirométricas, nos grupos etários entre 7-8; 9-10 e 11-12 anos. O teste de correlação de Pearson foi realizado para verificar a correlação entre as variáveis espirométricas (variáveis dependentes), com as variáveis independentes: altura, peso e as angulações posturais. A análise de regressão linear múltipla foi realizada para identificar as variáveis preditoras da função pulmonar de crianças asmáticas com padrão de respiração bucal. Resultados: As variáveis protrusão de ombro esquerdo, capacidade vital forçada (CVF), volume expiratório forçado no primeiro segundo (VEF1) e pico de fluxo expiatório (PFE) apresentaram diferenças significativas entre os grupos etários: 7-8 e 11-12 anos e 9-10 e 11-12 anos. Os modelos de regressão linear múltipla identificaram que: 1) as variáveis altura, alinhamento de acrômio direito, alinhamento de acrômio esquerdo são preditores da CVF nas faixas etárias de 7-8 anos; 2) as variáveis alinhamento do acrômio direito, alinhamento do acrômio esquerdo, protrusão de ombro direito, protrusão de ombro esquerdo foram preditores da CVF na faixa-etária entre 9-10 anos; 3) alinhamento de acrômio esquerdo, protrusão ombro direito e protrusão ombro esquerdo são preditores do VEF1 na faixa etária de 9-10 anos; 4) a altura, o alinhamento do acrômio direito, o alinhamento do acrômio esquerdo e protrusão de ombro esquerdo são preditores do PFE na faixa etária de 9-10 anos. Conclusão: A protrusão de ombro esquerdo, CVF, VEF1, fluxo expiratório forçado entre 25% e 75% da CVF (FEF25-75) e PFE podem ser influenciadas pela idade. O peso, altura e ângulos posturais cervicais e de cintura escapular são preditores da função pulmonar de crianças asmáticas respiradores bucais com idade entre 7 e 10 anos.
Abstract: Introduction: Patients with asthma are more likely to develop a predominantly mouth breathing pattern and a change in the breathing pattern by the mouth breathing syndrome (MBS) implies in postural adjustments. Objective: The purpose of this study was to evaluate the correlation between lung function and postural angles of mouth breathing asthmatic children. Method: This is a crosssectional study of analytical character, conducted in accordance with the STROBE recommendations. 31 mouth breathing asthmatic children aged between 7 and 12 years were evaluated. A speech therapist evaluation was performed which consisted of: Glatzel mirror test; predominantly mouth breathing confirmation during the last six months, and at least one of the following findings: skeletal crossbite, high palate, anterior open bite, shortened upper lip and lower everted and lack of lip seal. The diagnostic confirmation of oral breathing pattern was verified by otoscopy, rhinoscopy, oropharyngoscopy and fibronasopharyngolaryngoscopy. The physical therapy evaluation consisted of anthropometric data, spirometry and assessment of postural pattern by the Qualisys Motion Movement Analysis System Capture Systems. Data were analyzed using SPSS software version 17.0 with a significance level of 5%. The normality distribution of the data was tested with the Kolmogorov-Smirnov (KS) test. The one-way ANOVA followed by Tukey's Post Hoc were used to assess differences in postural angles and spirometric variables in the age groups between 7-8; 9-10 and 11-12 years. Multiple linear regression analysis was performed to identify predictors of lung function of asthmatic children with mouth breathing pattern. Results: The variables left shoulder protrusion, FVC, FEV1 and PEF showed significant differences between the age groups: 7-8 and 11-12 years and 9-10 and 11-12 years. The multiple linear regression models found that: 1) the time variable height, right acromion alignment and left acromion alignment are predictors of FVC in the age groups of 7-8 years; 2) the variable right alignment of the acromion, left alignment acromion, right shoulder protrusion, left shoulder protrusion FVC were predictors in the age group between 9-10 years; 3) Left alignment acromion, right shoulder and left shoulder protrusion are FEV1 predictors aged 9-10 years; 4) the height, right alignment of the acromion, the left alignment of the acromion and left shoulder protrusion are predictors of PFE in the age group of 9-10 years. Conclusion: The left shoulder protrusion, FVC, FEV1, FEF25-75% and PEF may be influenced by age. The weight, height, and the cervical and the shoulder girdle posture angles are predictors of lung function of mouth breathing asthmatic children aged 7 and 10 years.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22278
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AdaCristinaJacomeSarmentoSilva_DISSERT.pdf1.87 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.