Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/55622
Title: Ilha Bela, espaços da recordação: entre ruínas, memórias e o direito de narrar (Ceará-Mirim, 2002-2022)
Authors: Martins, Maria José Félix
Advisor: Oliveira, Margarida Maria Dias de
Keywords: Ceará-Mirim, RN;Memória;Identidade;Ilha Bela;Patrimônio;Ruínas
Issue Date: 30-Aug-2023
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: MARTINS, Maria José Félix. Ilha Bela, espaços da recordação: entre ruínas, memórias e o direito de narrar (Ceará-Mirim, 2002-2022). Orientadora: Dra. Margarida Maria Dias de Oliveira. 2023. 130f. Dissertação (Mestrado em História) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2023.
Portuguese Abstract: Este trabalho tem como objetivo analisar a memória que vem sendo construída sobre uma comunidade que se encontra em processo de arruinamento, a Ilha Bela, localizada na zona rural da cidade de Ceará-Mirim, que faz parte da região metropolitana da capital do Rio Grande do Norte. Mais especificamente, o estudo aqui analisado parte das memórias dos reminiscentes da Ilha Bela no tempo presente, o tempo das ruínas, tendo como fonte principal de análise para a pesquisa o livro de recordações escrito por um reminiscente do espaço ilhabelense, o Sr. Francisco Canindé Dias. A comunidade entrou em processo de arruinamento na década de 1990, quando seus últimos moradores foram obrigados a deixar suas residências, que em seguida foram demolidas, restando apenas as ruínas do prédio da usina de açúcar, que foi a base econômica da população ilhabelense e parte importante da produção açucareira na cidade de Ceará-Mirim. A partir da década de 1990, quando as casas foram demolidas, o grupo de reminiscentes que vivenciou o lugar no tempo em que a usina ainda produzia e servia de vínculo empregatício sentiu a necessidade de continuar a se reunir para rememorar os anos de prática e experiência no local que faz parte de suas histórias de vida. Os encontros de ex-moradores da Ilha Bela se iniciaram no ano de 2002, e a partir de então acontecem todos os anos, no mês de dezembro, reunindo sujeitos que hoje habitam diferentes estados do país. As reuniões possibilitaram a escrita do livro do Sr. Dias a partir de suas memórias e das rememorações coletivas que acontecem todos os anos nos encontros de ex-moradores da Ilha Bela. O livro compõe as fontes principais analisadas neste estudo sobre as memórias de Ilha Bela no tempo presente e as memórias que vêm sendo construídas com o passar dos anos nas reuniões anuais e que servem de objeto de representação para o grupo que persiste em recordar o espaço.
Abstract: This work aims to analyze the memory that has been constructed about a community that is in the process of ruin, Ilha Bela, located in the rural area of the city of Ceará-Mirim, which is part of the metropolitan region of the capital of Rio Grande do Sul. North. More specifically, the study analyzed here starts from the memories of the reminiscent of Ilha Bela in the present time, the time of the ruins, having as the main source of analysis for the research the book of memories written by a reminiscent of the space of Ilhabela, Mr. Francisco Canindé Dias. The community went into ruination in the 1990s, when its last residents were forced to leave their homes, which were then demolished, leaving only the ruins of the sugar mill building, which was the economic base of the population of Ilhabela and part important part of sugar production in the city of Ceará-Mirim. From the 1990s onwards, when the houses were demolished, the group of reminiscent people who experienced the place in the time when the plant still produced and served as an employment bond felt the need to continue to meet to recall the years of practice and experience in the place that is part of their life stories. The meetings of ex-residents of Ilha Bela began in 2002, and since then they have been held every year, in December, bringing together individuals who now live in different states of the country. The meetings enabled the writing of Mr. Days based on his memories and the collective remembrances that take place every year in the meetings of former residents of Ilha Bela. The book composes the main sources analyzed in this study on the memories of Ilha Bela in the present time and the memories that have been built over the years in the annual meetings and that serve as a representation object for the group that persists in remembering the space.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/55622
Appears in Collections:PPGH - Mestrado em História

Files in This Item:
File SizeFormat 
IlhaBelaespacos_Martins_2023.pdf2.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.