Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/1/3116
Título: Caracterização socio-econômico-cultural de raizeiros e procedimentos pós-colheita de plantas medicinais comercializadas em Maceió, AL
Autor(es): Araújo, Afranio Cesar
Silva, J. P.
Cunha, J. L. X. L.
Araújo, J. L. O.
Palavras-chave: Etnobotânica;Saber popular;Medicina natural;Conhecimento tradicional
Data do documento: 2009
Editor: Revista Brasileira de Plantas Medicinais
Citação: ARAÚJO, A.C.; SILVA, J.P.; CUNHA, J.L.X.L. ; ARAÚJO, J.L.O. (2009)
Resumo: Objetivou-se, com este trabalho, estabelecer o perfil sócio-econômico-cultural de raizeiros, bem como executar um levantamento dos procedimentos pós-colheita para as plantas medicinais comercializadas em feiras e mercados ao ar livre na cidade de Maceió, AL. Foram abordados aspectos sociais, econômicos e culturais de 46 raizeiros, bem como os procedimentos pós-colheita adotados para a conservação das plantas medicinais comercializadas no município.Os raizeiros entrevistados eram, na maioria, naturais de Maceió, católicos, casados e arrecadavam, em geral, mais de um salário mínimo por mês, predominando, com relação à raça, indivíduos pardos e negros. A maior parte trabalhava com ervas medicinais há mais de 10 anos e adquiriram conhecimento sobre as plantas, principalmente através de informações passadas pelos pais e/ou avós. Cerca de 30,43% concluíram o ensino fundamental. A forma de secagem mais adotada foi a exposição ao sol e à sobra, alternadamente. Os tempos máximos de secagem e armazenamento mais encontrados foram quatro dias e um ano, respectivamente. A secagem e o armazenamento geralmente ocorriam na própria barraca, bem como o acondicionamento após o expediente de trabalho. Há falhas no tocante as práticas adotadas, o que pode comprometer a eficicácia dos princípios curativos das plantas. ABSTRACT: Cultural, economic and social characterization of herb sellers and post-harvest procedures of medicinal plants commercialized in Maceió, Alagoas State, Brazil. The aim of this work was to stablish the cultural, economic and social profile of herb sellers, as well as to survey postharvest procedures for medicinal plants commercialized in open-air markets from Maceió, Alagoas State, Brazil. Social, economic and cultural aspects from 46 herb sellers were evaluated, as well as the postharvest procedures adopted for conservation of medicinal plants commercialized in Maceió. Most of the interviewed herb sellers were born in Maceió, catholic, married, predominantly mulatto and black, and usually received more than one minimum wage per month. The majority of them had been working with medicinal plants for more than 10 years and their knowledge on the plants was mainly acquired from parents and grandparents. Around 30.43% concluded elementary studies. The mostly adopted method for plant drying was the alternated exposure to sun and shadow. The maximum drying and storage times were four days and one year, respectively. Drying and storage usually occurred in the seller’s tent after work. There are failures regarding the adopted methods, which can compromise the efficacy of the plant curative compounds.
Descrição: ARAUJO, Afranio Cesar de et al. Caracterização socio-econômico-cultural de raizeiros e procedimentos pós-colheita de plantas medicinais comercializadas em Maceió, AL. Rev. Bras. Pl. Med, Botucatu, v. 11, n. 01, p.81-91, 2009. Disponível em: <http://www.sigaa.ufrn.br/sigaa/public/docente/producao.jsf?siape=1554468>. Acesso em: 04 out. 2010.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/1/3116
Aparece nas coleções:EAJ - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2009Art_Caracterizacao socio-economico-cultural de raizeiros_AfranioCA.pdf100 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.