Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/1/6178
Título: Tatuagem: cultura de massas e afirmação subjetiva incorporadas
Título(s) alternativo(s): Tattoos: Mass culture and affimation subjective emerged
Autor(es): Pavan, Maria Angela
Silva, Josimey Costa
Palavras-chave: Cultura;Consumo;Corpo;Comunicação;Subjetividade
Data do documento: 13-Set-2012
Resumo: Como afirmar a própria subjetividade e pertenças identitárias num mundo em constante mudança pelo excesso de informação midiática e pela alternância de papéis sociais? Para jovens urbanos, o consumo cultural possibilita utilizar a imagem do próprio corpo como instância de incorporação de valores, símbolos midiáticos e expressão de subjetividade a partir de sua escolha por produtos simbólicos veiculados pela mídia da comunicação de massa e tatuados na pele. Com suporte principal em Hall, Canclíni, Morin e Le Breton, partimos do pressuposto de que não existe realidade sem representação da linguagem; assim, a opção por certos tipos de narradores midiáticos da cultura contemporânea põe em foco o simbolismo sobreposto à pele, que reproduz imagens icônicas de bandas, filmes e desenhos animados ou de quadrinhos. Essas imagens são resíduos de memórias individuais/coletivas ostentadas socialmente e que discursam sobre as relações de consumo dos sujeitos sociais e as novas sensibilidades originadas da convivência tecnologicamente midiatizada
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/1/6178
ISSN: 1984-5057
Aparece nas coleções:CCHLA - DECOM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010Art_Tatuagem_MariaAP_JosimeyCS.pdf248,69 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.