Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12441
Título: Escarcéu e escassez no teatro de Mossoró: percursos e percalços de uma dramaturgia na rua
Autor(es): Costa, Raimundo Nonato Santos da
Palavras-chave: Apropriação;Dramaturgia;Teatro de rua;Processo colaborativo;Cultura popular;Appropriation;Dramaturgy;Street theatre;Collaborative process;Popular culture
Data do documento: 19-Ago-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Raimundo Nonato Santos da. Escarcéu e escassez no teatro de Mossoró: percursos e percalços de uma dramaturgia na rua. 2011. 155 f. Dissertação (Mestrado em LINGUAGENS DA CENA E PEDAGOGIAS DA CENA) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: This research is a result of the theatrical Street show named A Árvore dos Mamulengos, an appropriation of the drama text by Vital Santos, this presentation was done from 1989 to 2001, with the Companhia Escarcéu de Teatro, in the city of Mossoró/RN, Brazil. The intention here is to mapping the voices and memories of actors and actresses who have experienced the performance, the developments and achievements which resulted from twelve years of the season. In our study, we consider the importance of the choice for the open space such as streets and squares as the main local for representation considering it as a catalyst factor of aesthetic choice. However, we`ve consider the option for the collaborative process as the methodology staging by interpreters, as well as, the social and cultural determinants that were taking place deeming the realization of the spectacle
metadata.dc.description.resumo: A pesquisa que ora apresentamos é resultado da análise da montagem do espetáculo teatral de rua intitulado A Árvore dos Mamulengos, decorrente da apropriação do texto dramatúrgico de autoria de Vital Santos, mantido em temporada durante os anos de 1989 e 2001, pela Companhia Escarcéu de Teatro, na cidade de Mossoró/RN. Mapeamos a partir das vozes e memórias dos atores e atrizes que vivenciaram a experiência da encenação, os desdobramentos e conquistas decorrentes dos doze anos da temporada. Em nosso estudo consideramos a importância da opção pelo espaço aberto de ruas e praças, local da representação do espetáculo, como fator catalisador das escolhas estéticas do grupo e da adoção do processo colaborativo como metodologia de trabalho pelos realizadores da encenação, bem como, os determinantes sócios culturais locais em que o espetáculo foi realizado
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12441
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EscarcéuEscassezTeatro_Costa_2011.pdf3,8 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.