Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12835
Título: Modificação superficial de filmes de poliéster usando plasma a baixa temperatura
Autor(es): Costa, Thércio Henrique de Carvalho
Palavras-chave: Plasma;Poliéster;Molhabilidade;Tensão superficial;Plasma;Polyester;Wettability;Superficial tension
Data do documento: 14-Jun-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Thércio Henrique de Carvalho. Modificação superficial de filmes de poliéster usando plasma a baixa temperatura. 2006. 89 f. Dissertação (Mestrado em Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: A polyester film has a vast application field, due some properties that are inherent of this kind of material such as, good mechanical resistance, chemical resistance to acids and bases and low production cost. However, this material has some limitations as low superficial tension, flat surface, low affinity to dyers, and poor adhesion which impede the use of the same ones for some finality as good wettability. Among the existent techniques to increase the superficial tension, plasma as energy source is the more promising technique, because of their versatility and for not polluting the environment. The plasma surface polymeric modification has been used for many researchers, because it does not affect the environment with toxic agents, the alterations remains only at nanometric layers and this technique shows expressive results. Then, due to its good acceptance, polyester films were treated with oxygen plasma varying the treatment time from 10 to 60 min with an increase of 10 min to each subsequent treatment. Also, the samples were treated with a gas mixture (nitrogen + oxygen) varying the percentage of each gas the mixture from 0 to 100%, the treatment time remaining constant to all treatments (10 min). After plasma treatment the samples were characterized by contact angle, surface tension, Raman spectroscopy, Infrared attenuated total reflection (IR-ATR) and atomic force microscopy, with the aim to study the wettability increase of treated polyester films as its variables. In the (O2/N2) plasma treatment of polyester films can be observed an increase of superficial roughness superior to those treated by O2 plasma. By the other hand, the chemical modification through the implantation of polar groups at the surface is obtained more easily using O2 plasma treatment
metadata.dc.description.resumo: Filmes de poliéster possuem um vasto campo de aplicação, devido algumas propriedades que são inerentes desse tipo de material, tais como boa resistência mecânica, resistência química a ácidos e bases e baixo custo de produção. Entretanto possuem limitações, como baixa tensão superficial, superfície não rugosa, pouca afinidade com corantes, e pouca adesão, que impedem o uso dos mesmos para algumas finalidades principalmente quando esse uso requer que o material possua uma boa molhabilidade. Dentre as varias técnicas existentes para aumentar a tensão superficial, as técnicas que utilizam o plasma, como fonte energética, são as mais promissoras pela versatilidade e por não apresentar agentes nocivos ao meio. A modificação superficial de superfícies poliméricas por plasma tem sido bastante utilizada, pois a mesma não apresenta agentes nocivos ao ambiente, as alterações promovidas no material são de escala nanométricas, e comprovadamente é a técnica que tem apresentado resultados mais expressivos. Então, tendo em vista a boa aceitabilidade do uso do plasma em materiais poliméricos, tratou-se filmes de poliéster usando plasma com atmosfera gasosa de oxigênio variando-se o tempo de tratamento de 10 - 60 min com incremento de 10 min a cada tratamento subseqüente, e também usou-se a atmosfera gasosa composta por uma mistura de nitrogênio e oxigênio, variando a concentração gasosa dos mesmos (de 0 100%), para um tempo de tratamento de 10 min. Após o tratamento por plasma as amostras foram caracterizadas por medidas de ângulo de contato, tensão superficial, espectroscopia Raman, Espectroscopia de infravermelho de reflexão total atenuada (IR-ATR), e microscopia de força atômica (AFM), onde foi caracterizado o aumento na molhabilidade dos filmes tratados por plasma bem como as variáveis que contribuíram para tal efeito. O Tratamento de filmes de poliéster com a mistura de O2 e N2, apresenta uma rugosidade superficial das amostras superior a quando se utiliza somente O2 no tratamento com plasma. Por outro lado a modificação química, isto é, a implementação de componentes químicos polares nas superfícies das amostras é obtido mais facilmente usando plasma com O2
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12835
Aparece nas coleções:PPGCEM - Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ThercioHCC.pdf944,02 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.